A Rádio


Desde a minha tenra idade, sempre acalentei o desejo em falar aos microfones, aquele universo me encantava.

Criei uma tímida Webrádio, nas horas de folga fazia locuções com informações e músicas.

Eis que em um dado momento, tive de empunhar um microfone meio que na marra no campo de jogo ...

Idos do ano de 2012, o time de nossa cidade figurava no Campeonato Cearense da Série B, não se sabia nada, absolutamente nada, acerca dos jogos. E eu juntamente com muita gente ficávamos a ver navios sobre isso.

Como se sabe, há uma rádio na cidade, no entanto, por querelas políticas, negligenciava essa cobertura. Pois bem, sem muitos recursos, tomei então a iniciativa de tentar fazer a transmissão de um jogo: Arsenal de Caridade x Pacatuba, numa quarta-feira, à noite, no Estádio Moraisão, na cidade de Maranguape.

Lá cheguei com um notebook velhinho, aquele fone de ouvido que tem um microfone, daqueles que se usa para falar em chat da internet.

Já na primeira transmissão, houve uma boa audiência, posto que eu havia feito a divulgação em minha página do Facebook. A partir de então, esse desejo foi aumentando, eu tinha que fazer um up grade no meu material de trabalho.

Comprei à prestação uma mesinha de som de apenas 2 canais. Ganhei de presente um microfone muito bom do meu amigo Ailkson Santana. Pronto já tinha uma qualidade melhor.

Com o passar do tempo, introduzi também a transmissão dos jogos pela minha Webtv. Era muita audiência ! Porém, como não tinha autorização da Federação do Estado, esse adereço foi banido.

Fiquei somente transmitindo e gravando os jogos, depois editava o vídeo e disponibilizava os melhores lances e os gols em meu canal no youtube. Porém narrar e gravar era muito complicado, decidi apenas narrar.

Hoje, tenho o registro profissional, fiz o curso de radialista e exerço com muito empenho a profissão de radialista, cobrindo tudo relacionado ao esporte alencarino.

Aproveitando o ensejo, gostaria de agradecer aqueles seres humaninhos que, de forma direta ou indireta, contribuíram para o êxito de minha trajetória: Ailkson Santana, Raimundinho Costa e também a minha esposa Suely .

.

Pages