Vacinação em escola gera longa fila e aglomeração de idosos em Maracanaú, na Grande Fortaleza

Foto: Almir Gadelha/ SVM
Prefeitura afirma que o atendimento dos idosos estava agendado, porém a maior parte do público-alvo buscou o local de vacinação no início da manhã, antes do horário marcado.

Uma longa fila foi registrada durante a vacinação de idosos na Escola Senador Carlos Jereissati, em Maracanaú, na Grande Fortaleza, na manhã desta quinta-feira (25). Idosos com acompanhantes se aglomeraram no local em busca de receber a primeira dose da vacina contra a Covid-19.

A Prefeitura de Maracanaú afirma que o mutirão de vacinação contra o Covid-19 para idosos acima de 75 anos foi previamente agendado, com atendimento em horários diferentes para cada um dos 2.570 idosos, das 8 às 17 horas em oito locais diferentes, justamente para evitar aglomeração.

Entretanto, de acordo com a prefeitura, mesmo tendo sido feito o agendamento por horário diferentes, a maior parte do público-alvo a ser vacinado buscou os locais de vacinação no começo da manhã, o que gerou a grande quantidade de pessoas.

Espera

Devido à grande demanda de idosos, a fila da vacinação se estendeu pelas dependências do colégio. Alguns idosos aguardaram sentados em cadeiras colocadas no salão da escola, já outros tiveram que esperar em pé a vez de serem vacinados.

É o caso do pai de Amsterdan Gomes, um idoso de 86 anos, que chegou ao local por volta de 7h40. Segundo Amsterdan, até 9h30 o pai ainda estava na fila e não aguentou esperar, pois possui dificuldade para se locomover. Para o idoso não ficar sem tomar a vacina, foi necessário o irmão dele levar o pai em outro local de vacinação.

"Ele foi em outra escola, de outro bairro, que aparentemente estava mais organizada, aí deram prioridade por conta dele ter dificuldade para se locomover", disse.