Queiroz é preso no interior de São Paulo

O ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro Fabrício Queiroz foi preso na manhã desta quinta-feira (18) em Atibaia (SP). Movimentou R$ 1,2 milhão em sua conta de maneira "atípica", segundo relatório do antigo Conselho de Atividades Financeiras (Coaf). Judiciário investiga um esquema de lavagem de dinheiro na Assembleia Legislativa do Rio

O ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro Fabrício Queiroz foi preso na manhã desta quinta-feira (18) em Atibaia (SP), região do Vale do Paraíba. Ele estava no imóvel do advogado do parlamentar. Policial Militar aposentado, Queiroz movimentou R$ 1,2 milhão em sua conta de maneira considerada "atípica", segundo relatório do antigo Conselho de Atividades Financeiras (Coaf).

A Justiça do Rio de Janeiro expediu o mandado de prisão no âmbito das investigações sobre um esquema de corrupção e lavagem de dinheiro na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) - o filho de Jair Bolsonaro era deputado estadual. A prisão foi feita numa operação da Polícia Civil e o Ministério Público de São Paulo.

Ainda segundo o Coaf, Queiroz movimentou R$ 7 milhões de 2014 a 2017.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.

Pages