DECIDIDO! ATUAL TEMPORADA DO NBB É ENCERRADA

Paralisada há exatamente um mês e nove dias, a atual temporada do NBB 12 foi oficialmente encerrada. Decerto, a decisão em finalizar o certame aconteceu nesta segunda-feira (4), por meio de uma videoconferência entre diretores da Liga Nacional de Basquete (LNB) e representantes dos times. Vale lembrar que em março passado a Liga havia cancelado as três últimas semanas da temporada regular, afirmando que a competição retornaria a partir dos playoffs. 

Por Luciano Massi

Sem dúvida, a resolução foi a mais sensata possível, tendo em vista o vertiginoso aumento de infectados com o novo coronavírus no Brasil. Desse modo, os 11 times participantes do torneio, em conjunto a alta cúpula da LNB, optaram em o encerrar a temporada 2019/2020. O melancólico fim do NBB pode ter ocorrido não apenas pelo avanço da covid-19 no país, mas também deve ter sido considerado os problemas financeiros vividos por algumas equipes. Só para ilustar, o Bauru, 12º colocado, abriu mão de disputar o restante do torneio, o tradicional Pinheiros demitiu todo o elenco via carta e o Botafogo não paga os salários de seus jogadores há mais de 4 meses.

Após o término da assembleia, que culminou no fim do NBB 12, Nilo Guimarães, presidente interino da LNB, falou sobre o assunto:
“Nós fomos até o estouro do cronômetro. Ouvimos todos os personagens que fazem do NBB uma das competições mais admiradas do Brasil. Sentamos semanalmente com todos os clubes, atletas, técnicos, árbitros, patrocinadores, parceiros de mídia, e criamos um projeto para retomar a competição. É triste ter que encerrar a temporada e não queríamos isso, mas saímos dessa experiência convictos que fizemos tudo o que foi possível.”

A Liga Nacional de Basquete montou uma equipe multidisciplinar afim de colocar em pauta um possível retorno do NBB 12. As reuniões, todas elas realizadas via videoconferência, debateram medidas estruturais, logísticas, e um plano de preparação para os times. Ademais, também foram feitos estudos financeiros com o intuito de guiar as equipes caso a competição fosse retomada.

Vale lembrar que dois atletas do NBB testaram positivo para o novo coronavírus. O primeiro deles foi Dikembe, jogador do Paulistano. Em seguida foi a vez de Leandrinho Barbosa, ex-jogador da NBA e atualmente no Minas Tênis Clube. Já recuperado da covid-19, na segunda-feira (28) o Brazilian Blur afirmou ao jornal The New York Times que era favorável ao cancelamento do NBB.
“Eu peguei o vírus. Eu sei como é isso. É impossível que a liga continue. No momento, não se trata de negócios, é sobre a nossa saúde.”

VAGAS NAS COMPETIÇÕES CONTINENTAIS

Outro importante assunto debatido na reunião foram as competições continentais. Conforme previamente estipulado, o basquetebol brasileiro tem direito a seis vagas. Ou seja, três para a Basketball Champions League Américas e três destinadas a Liga Sul-Americana. Todavia, o título do Botafogo na Sula, e a conquista do Franca na Copa Super 8 mudaram o cenário. Assim, além de Flamengo, Franca e Botafogo, a equipe do São Paulo também estará na próxima BCLA. Já Minas TC, (4º), Mogi (5º) e Pinheiros (6º) jogarão a Liga Sul-Americana no ano de 2021.

SAIBA COMO FICOU A CLASSIFICAÇÃO GERAL



.

Pages