Bolsonaristas tentam intimidação fascista contra Alexandre de Moraes e são presos em São Paulo (vídeo)

Um grupo de apoiadores de Jair Bolsonaro adotou um método fascista de intimidação contra o ministro do Supremo Tribunal Federal e foi preso neste sábado

Insuflados pelos ataques de Jair Bolsonaro e seus apoiadores, um grupo usou o método fascista de intimidação e realizou um buzinaço em frente ao apartamento de Alexandre de Moraes em São Paulo, neste sábado (2).

A ação acontece dias depois do ministro suspender a nomeação de Alexandre Ramagem para o cargo de diretor-geral da Polícia Federal.

Com camisetas e bandeiras do Brasil o grupo de cerca de 20 pessoas gritavam: "Advogado do PCC, eu vim aqui só pra te ver", repetindo a tese da deputada Carla Zambelli (PSL-SP).

Duas pessoas foram encaminhadas à delegacia.

Confira a reportagem do DCM.


.

Pages