Tecnologia do Blogger.

Featured Post

Demora na justiça fez prescrever ação que investigava Edir Macedo por lavagem de dinheiro

Além do bispo da Igreja Universal, ação do MPF investigava outras três pessoas; processo estava pronto para ter uma sentença desde 2018, o ...

APEOC

Postagens Populares

Sample Text

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation test link ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate another link velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur.

Arquivo do blog

Categories

Definition List

Definition list
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.
Lorem ipsum dolor sit amet
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.

Pages

Support

Need our help to upload or customize this blogger template? Contact me with details about the theme customization you need.

Ordered List

  1. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  2. Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  3. Vestibulum auctor dapibus neque.

Unordered List

  • Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  • Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  • Vestibulum auctor dapibus neque.

Pesquisar este blog

Pacatuba Em Foco

Pacatuba Em Foco - A Melhor Calçada Virtual

segunda-feira, 22 de julho de 2019

Presidente do Inpe reforça que Bolsonaro não passa de ‘pusilânime e covarde’

Bolsonaro voltou a criticar o presidente do Inpe. Disse que Ricardo Galvão não falará diretamente com ele, mas pretende designar um ministro para discutir os dados de desmatamento que, na sua opinião, não correspondem à verdade.

Com mandato assegurado de quatro anos à frente do Instituto Nacional de Pesquisas (Inpe), o seu presidente, Ricardo Osório Galvão, voltou a frisar nesta segunda-feira, que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) teve uma atitude “pusilânime e covarde” ao acusar a instituição de mentir sobre o desmatamento na Amazônia. E, mais uma vez, Bolsonaro voltou a afirmar que “há uma propaganda negativa do Brasil”.

Osório Galvão já havia rebatido, no sábado 20, as críticas de Bolsonaro que o acusou de mentir sobre os dados referentes ao desmatamento e atuar a serviço de uma ONG.

— A questão do Inpe, eu tenho a convicção que os dados são mentirosos, e nós vamos chamar aqui o presidente do Inpe para conversar sobre isso, e ponto final nessa questão — disse Bolsonaro, na véspera.

E emendou:

— Se for somado o desmatamento que falam dos últimos 10 anos, a Amazônia já acabou. Eu entendo a necessidade de preservar, mas a psicose ambiental deixou de existir comigo.
Piada

Bolsonaro, então, voltou a criticar o presidente do Inpe. Disse que Ricardo Galvão não falará diretamente com ele, mas pretende designar um ministro para discutir os dados de desmatamento que, na sua opinião, não correspondem à verdade.

— Eu não vou falar com ele. Quem vai falar com ele vai ser o ministro Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia) e talvez também ali o Ricardo Salles (Meio Ambiente). O que nós não queremos é uma propaganda negativa do Brasil. A gente não quer fugir da verdade, mas aqueles dados pareceram muito com os do ano passado — acrescentou.

Galvão, por sua vez, reafirmou nesta manhã que sustenta cada palavra dita, anteriormente e não pretende se demitir do cargo.

— Quando ele tem essas entrevistas com a imprensa ou mesmo em outras manifestações, ele tem um comportamento como se estivesse em botequim. Ou seja, ele fez acusações indevidas a pessoas do mais alto nível da ciência brasileira, não estou dizendo só eu, mas muitas outras pessoas. Isso é uma piada de um garoto de 14 anos que não cabe a um presidente da República fazer — afirmou o cientista, inicialmente.
Série histórica

Galvão também comentou sobre a série histórica de dados produzidos no Inpe:

— Esses dados sobre desmatamento da Amazônia, feitos pelo Inpe, começaram já em meados da década de 70 e a partir de 1988 nós temos a maior série histórica de dados de desmatamento de florestas tropicais respeitada mundialmente.

O pesquisador novamente criticou Bolsonaro:

— Ele já disse que os dados do Inpe não estavam corretos segundo a avaliação dele, como se ele tivesse qualidade ou qualificação de fazer análise de dados.
Filé mignon

O especialista defendeu a sua trajetória de pesquisas e ainda alfinetou o presidente em relação aos benefícios concedidos a um dos filhos, Eduardo Bolsonaro, a quem pretende dar o cargo de embaixador nos EUA.

— O presidente Bolsonaro tem que entender que eu sou um senhor de 71 anos, professor titular da Universidade de São Paulo (USP), membro da Academia Brasileira de Ciências; fui presidente da Sociedade Brasileira de Física durante três anos, membro do Conselho Científico da Sociedade Europeia de Física durante três anos — frisou.

E emendou:

— Todos os diretores dessas unidades de pesquisa não são escolhidos por indicação política ou porque o pai deles quis dar um filé mignon pra eles.

Galvão lembrou, ainda, que o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, o vem atacando desde o início do mandato, sobre os dados do Inpe e a suspeita é de que haja intenção de transferir o trabalho do órgão para alguma empresa privada.

←  Anterior Proxima  → Inicio

Pacatuba Em Foco

Ouça-nos !

Agenda de Jogos da Semana



Mais Acessadas

Total de Transeuntes

Votar ao Topo