Tecnologia do Blogger.

Featured Post

Pronunciamento do Ver. Ênio Medeiros | " remédios vencidos são queimados no lixão de Pacatuba "

Confira o Pronunciamento: Confira o Vídeo do Flagrante dos Medicamentos Vencidos no Lixão: Crédito do Vídeo: Lucivaldo Co...

APEOC

Postagens Populares

Sample Text

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation test link ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate another link velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur.

Arquivo do blog

Categories

Definition List

Definition list
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.
Lorem ipsum dolor sit amet
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.

Pages

Support

Need our help to upload or customize this blogger template? Contact me with details about the theme customization you need.

Ordered List

  1. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  2. Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  3. Vestibulum auctor dapibus neque.

Unordered List

  • Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  • Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  • Vestibulum auctor dapibus neque.

Pesquisar este blog

Pacatuba Em Foco

Pacatuba Em Foco - A Melhor Calçada Virtual

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2019

Documento do Ministério da Saúde dá aval ao eletrochoque

Retrocesso: Documento do Ministério da Saúde dá aval ao eletrochoque e internação de crianças em hospital psiquiátrico. Ministro diz desconhecer texto e transfere responsabilidade


O Ministério da Saúde publicou nesta semana um documento que permite a compra de aparelhos de eletrochoques para o Sistema Único de Saúde (SUS).

O texto de 32 páginas ainda reforça a possibilidade da internação de crianças em hospitais psiquiátricos e prega a abstinência para o tratamento de dependentes de drogas.

O documento sobre as mudanças na Política de Saúde Mental, Álcool e outras Drogas da pasta tira o protagonismo da redução de danos, adotada há pelo menos 30 anos no País.


As mudanças foram criticadas por especialistas. “Trata-se de retrocesso sem precedentes e uma amostra da preferência por intervenções autoritárias nessa área. No documento, a abstinência passa a ser o ponto central. E a redução de danos aparece camuflada”, afirma Andrea Gallassi, professora da Universidade de Brasília (UnB).

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, disse não conhecer o documento. E ao ouvir os temas abordados, emendou: “Sem dúvida as medidas são polêmicas”.

A nota técnica é assinada por Quirino Cordeiro, coordenador Geral de Saúde Mental, Álcool e Outras Drogas do Ministério da Saúde.

A ideia, de acordo com ele, é orientar gestores do SUS sobre a política de saúde mental, o que passa por abordar o uso da eletroconvulsoterapia (eletrochoques) – nome técnico do tratamento, já considerado obsoleto.

O Conselho Municipal de Saúde se disse surpreendido pela Nota Técnica, publicada pelo Ministério da Saúde, que incentiva o retorno dos manicômios e, ao mesmo tempo, libera a compra de aparelhos de eletroconvulsoterapia, os ultrapassados choques elétricos para tratar portadores de transtornos mentais.

“As pessoas com problemas mentais estão sendo cuidadas por suas famílias, reintegradas à comunidade. Isso é um retrocesso absurdo. Essas clínicas saqueavam o Estado com as internações. É preciso que a sociedade diga não a esse retorno à Idade Média”, declarou o Conselho.
A história do Eletrochoque

Em entrevista ao médico Drauzio Varella, médica psiquiatra Márcia de Macedo Soares explicou a origem do eletrochoque na medicina. Ela trabalha no Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo:

Nos anos 1930, existia a crença de que pacientes epiléticos que tinham convulsões não apresentavam psicoses e alguns pesquisadores se interessaram pelo assunto. Von Meduna, um médico húngaro, começou a estudar a cânfora que injetava nos pacientes para provocar convulsão e constatou que ocorria melhora.

A partir de 1938, dois médicos da Universidade de Roma – Ciarleti e Bini – começaram a usar estímulos elétricos cerebrais para induzir convulsões. A experiência piloto foi realizada com um paciente conhecidíssimo em Roma por sua história de internações e que vivia perambulando pelas ruas com um discurso repleto de fantasias.

A melhora que ele apresentou depois da aplicação do eletrochoque, reforçou a tese de que realmente o estímulo elétrico poderia ser usado para induzir convulsões com fins terapêuticos.

No Brasil, sobretudo na década de 1960, o eletrochoque foi usado para fins de tortura e punição. Lembro-me de que quando apliquei o primeiro eletrochoque nos anos 1980, saí horrorizada.


←  Anterior Proxima  → Inicio

Pacatuba Em Foco

Ouça-nos !

Agenda de Jogos da Semana


Taça Fares Lopes
Segunda-Feira, 14, 15h30
Floresta x Caucaia - PV

Campeonato Brasileiro A
Quarta-Feira, 16, 20h00
Fortaleza x Flamengo - Castelão

Campeonato Brasileiro A
Sábado, 19, 17h00
Fortaleza x Grêmio - Castelão

Campeonato Cearense C
Domingo, 20, 15h30
Pacatuba x Verdes Mares - Domingão

Mais Acessadas

Total de Transeuntes

Votar ao Topo