Amistoso - Ferroviário 1 x 0 Pacatuba na Barra do Ceará


Na manhã deste sábado, 12, na Vila Olímpica Elzir Cabral, partida amistosa entre Ferroviário e Pacatuba. O primeiro, campeão brasileiro da Serie D, primeiro colocado na primeira fase da taça Fares Lopes e a caminho da Copa do Brasil 2019. 

Do outro lado o Pacatuba, pequeno clube da região metropolitana de Fortaleza se preparando para estrear na série C cearense 2018 o que acontecerá na tarde da próxima quarta feira, 17, no Estádio Presidente Vargas, diante do Calouros do Ar.


Iniciado o “amigável”, como se diz nas terras lusitanas, os donos da casa mais qualificado, mais organizado taticamente, com maior entrosamento, avançava célere em busca do gol, porém a equipe pacatubana se fechava muito bem e fazia de sua defesa um verdadeiro paredão, evitando as investidas corais e, vez por outra, buscava de maneira rápida e concisa contra ataques interessantes, levando perigo à meta de Glebson. No outro lado Marcelo, goleiro pertencente ao Ferrão, porém emprestado para as disputas da série C ao Pacatuba, mostrava suas qualidades, efetuando “portentosas” defesas. Graças a estes detalhes o placar de 0x0 persistiu até o final da primeira etapa, embora toda a equipe do Pacatuba tenha ido para os vestiário, reclamando um penal (toque de mão dentro da área) não assinalado pelo árbitro Rogério Magalhães.

De volta para a segunda etapa, as duas equipes retornaram com as mesmas equipes que iniciaram a partida, porém a luta pela posse da bola se tornou mais disputadas, incluindo aí, vez por outra, até de forma bastante ríspidas, o que provocou um rápido desentendimento entre os atletas Isaac do Ferroviário e Walker do Pacatuba, levando o árbitro a excluir os dois atletas da partida. 

Serenado os ânimos, a partida voltou ao ritmo normal e sem violência. A duas equipes começaram a testar seus atletas que se encontravam no banco de reserva e, apesar das muita mudança, o ritmo não caiu.

Aos 27 minutos, o primeiro e único gol da partida, em uma bela jogada o lateral direito Gustavo, após dois cortes espetaculares dentro da área do “Azulão da Serra da Aratanha,” foi ao solo e o arbitro não titubeou, assinalou pênalti. Edson Cariús foi para a cobrança e converteu. 

Com um gol à frente, o técnico Coral Marcelo Villar preferiu administrar a partida tocando a bola e esperando o adversário atrás da linha da bola, esperando um erro do adversário, com esta nova tática apesar do maior número de posse de bola do Tubarão, o Pacatuba cresceu e foi em busca do empate em duas oportunidades poderia ter marcado: a primeira quando, desta feita sem dúvida, Gustavo tocou a bola com o braço dentro da área de defesa coral e o arbitro não viu e na segunda, de forma duvidosa, o Pacatuba marcou, porém o auxiliar marcou impedimento, considerado pela comissão técnica dos visitantes com muito duvidoso. E assim, neste diapasão, as duas equipes não conseguiram mais chegar ao gol e o placar final de 1x0 para o Ferroviário soou um pouco injusto para o Pacatuba, muito provavelmente um empate seria o resultado mais justo.

Após a partida, aproveitando o dia consagrado a elas, as crianças presentes a Vila Olímpica se esbaldaram. Com brincadeiras, presentes, pula-pula e cama elástica. A brincadeira foi garantida.

FICHA TÉCNICA

FERROVIARIO 1X0 PACATUBA

Amistoso

Local: Vila Olímpica Elzir Cabral
Data: 12/10/2018
Arbitro: Rogério Magalhães
GOL: Edson Cariús 27/2T
Cartões amarelos:
FER- Jhony
PAC- Marcelo Bispo, Simplício.
Vermelhos: Isaac (FER) e Walker (PAC).

FERROVIÁRIO: Glebson (Edson), Gustavo (Alonso), Da Silva (Túlio), Afonso (Erandir), e Ítalo (Marcelo Bispo): Simplício (Piauí), Toni Galego (Mazinho) e Isaac (Kel Baiano): Edson Cariús (Lira) e Valdeci (Guedes).
Técnico: Marcelo Vilar

PACATUBA: Marcelo, Walker (Neto), Rilbert, Jhony, e Aquila: Gleiton (Bruno Ceasa), Mateus Sorriso, e Ricardo (Kaká), Mateus Pacatuba, Gaúcho (Leozinho) e Conrado (Daniel).
Técnico: Bira Lopes