Alunos ricos da Faculdade de Medicina de Campos recebem bolsas que deveriam ser para alunos pobres


Uma suposta fraude no sistema de bolsas sociais da Faculdade de Medicina de Campos (FMC) veio à tona nos últimos dias e chocou grande parte da população campista. Segundo informações de alunos da universidade, estudantes com condições de pagar a mensalidade estão ganhando bolsas de estudo que deveriam ser destinadas a pessoas que não têm condição de pagar.

A denúncia foi feita pelo canal SBT, que investigou as supostas irregularidades e encontrou pelo menos duas alunas que possuem condições de arcar com os custos da faculdade, mas possuem bolsa de estudo fornecida pelo Governo Federal por meio do Ministério de Educação. Uma dessas alunas é filha de um fazendeiro do interior de Minas Gerais, que é filiado ao Partido da República (PR).

Os alunos da FMC fizeram uma denúncia ao Ministério Público Federal, que ainda não se pronunciou sobre o assunto. A Faculdade alegou que reconhece que existem falhas no sistema de seleção das bolsas de estudo, mas que segue todas as normas estabelecidas pelo MEC para o sistema de bolsas sociais e nega ma fé dos funcionários no processo seletivo.

Enquanto alguns alunos que possuem condições de pagar mensalidade recebem o benefício, outros que não tem a mesma sorte ou possuem conhecimento na política se viram como pode. Exemplo disso, é o estudante Cristian Herald Amaral Meireles, que no final do ano passado, começou a vender doces nas áreas mais movimentadas de Campos para iniciar o sonho de cursar medicina na FMC. O rapaz que também é músico, pegou o seu violino, contou com a ajuda dos familiares na preparação dos doces e foi as ruas da cidade batalhar pelo seu sonho. Em pouco mais de quinze dias, Cristian conseguiu a quantia e pôde pagar a matricula para conseguir fazer o processo seletivo, que garantiu ao estudante uma bolsa integral na faculdade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.

Pages