Campeonato Cearense Sub/20 – Pacatuba heroicamente empata com o Fortaleza em 1 a 1


Em partida válida pela segunda rodada do certame cearense da categoria sub20, nesta tarde de sábado, 28, os Guerreiros da Aratanha arrancaram de forma heroica o empate diante da equipe leonina, no Centro de Treinamentos Ribamar Bezerra. 

O Fortaleza, logo nos minutos iniciais, teve duas oportunidades claras de gols que, graças à estupenda atuação do goleiro Diogo, evitou que a sua cidadela caísse. Na sequência, mais precisamente aos 8 minutos, o meio campista Alessandro interceptou um recuo de bola da zaga tricolor para o goleiro Kenedy e tocou no canto rasteiro esquerdo, fazendo a alegria do escrete pacatubano. 

Após a feitura do gol, o Pacatuba se resguardou, adotando a proposta de jogar no contra-ataque. O que vinha dando certo, até que o meio campista Jeivesson, em uma disputa de bola, atingiu o zagueiro tricolor Guilherme. Com isso, o árbitro não titubeou e o expulsou quando era decorrido 28 minutos da etapa primeira. 

Após a expulsão, ocorreu o que se pode denominar de uma reforma agrária injusta, posto que um enorme latifúndio de terras ficara de posse do time tricolor, restando ao Pacatuba apenas a pequena faixa de terra de sua linha defensiva. 

No entanto, o que parecia difícil, toma contornos de impossível com a segunda expulsão, ainda na primeira etapa de jogo. O atacante Walesson, após cometer uma falta, reclamou veementemente da arbitragem por conta dessa marcação. Não conseguindo conter os ânimos, o atleta pacatubano chutou a bola para fora do campo. Com essa atitude, o jogador foi aquinhoado com cartão amarelo, como já havia recebido amarelo em uma jogada anterior, foi posto para fora do jogo. Pacatuba com dois homens a menos em campo ... 

Lembram da reforma agrária injusta ??? 

O que passou a ocorrer não encontro denominação: era jogo em apenas uma parte do campo. Lógico que no campo do time do pacatuba. 

Mesmo com as duas expulsões, o elenco diminuto do Pacatuba Esporte Clube resistiu bravamente ao bombardeio tricolor. Final de primeiro tempo: Pacatuba 1 x 0 Fortaleza. 

Na etapa complementar, o cenário não foi diferente. Logo aos 4 minutos, a zaga do Pacatuba comete pênalti sobre o meio campista Rogério. Ele mesmo se candidatou à cobrança, pôs a pelota embaixo do braço e colocou na marca da cal ... 

Tomou distância, descansou as mãos nos quadris, correu lentamente, brecou e bateu no canto esquerdo à meia altura ... O magnânimo goleiro Diogo se esticou todo e agasalhou a pelota, evitando aquele que seria o gol do empate do escrete leonino. 

Seguindo à máxima: água mole em pedra dura, tanto bate até que fura. 

O Fortaleza consegue o seu gol de empate, aos 15 minutos, em bola alçada pela esquerda na área, o centroavante Kenedy subiu mais que todos e escorou de cabeça. Desta feita, o excelente goleiro Diogo nada pode fazer ... Gol tricolor !!! 

Após o empate, o técnico Bira Lopes, inteligentemente, processou uma série de substituições em sua equipe a fim de fechar ainda mais o cinturão defensivo. Obtendo pleno êxito. 

Ao final da peleja, os bravos Guerreiros da Aratanha comemoraram extenuados o exponente resultado. 

Ficha Técnica do Jogo

Fortaleza: Kenedy; Berg; Guilherme; Zanati; Talisson; João Filho (Tião); Iago (Alisson); Rogério (Gabriel); Wesley; Romarinho e Vitor Jacaré.

Técnico: Marcone

Pacatuba: Diogo; Ronald; Hugo; Kelton; Diego (Jonatan); Vitor Guaiúba; Camurça (Gabriel); Alessandro (Maranhão); Walesson; Jeiveson; Leleco (Israel).

Técnico: Bira Lopes

Gols: Pacatuba: Alessandro ( 8 min/1º tempo); Fortaleza: Kenedy ( 15 min/2º tempo)

Expulsões: Pacatuba: Jeiveson; Walesson; Fortaleza: Kenedy

Crédito da Foto: Pedro Chaves - FCF 

Pacatuba Em Foco