Defesa de Lula pede suspeição de Moro. É óbvia, mas não darão



O pedido da defesa de Lula para que o Superior Tribunal de Justiça decrete a suspeição de Sérgio Moro para julgar o ex-presidente , embora cheio de razões jurídicas, não tem a menor possibilidade de ser aceito.

Destina-se a provar, mais adiante, que a parcialidade do juiz Sérgio Moro, embora evidente, atravessa impunemente todas as camadas do Judiciário.

Juridicamente, o que a defesa de Lula está fazendo, menos que esperar que seus apelos sejam atendidos, é obter dos tribunais superiores uma chancela das ilegalidades praticadas por Sérgio Moro para que se faça o pré-questionamento exigido pelos tribunais superiores para o reexame das questões de direito envolvidas nas decisões judicais, a fim de que elas possam subir a instâncias superiores.

Juridicamente corretas, entretanto, são um nada perto do que vai ocorrer amanhã.

A batalha jurídica está começando e é cruel, porque é a de um homem contra um império.

.

Pages