Tecnologia do Blogger.

Featured Post

DIÁRIO DO BOLSO || Vai acabar em pizza, Diário, mas antes ainda vai voar muito macarrão

Pô, Diário, o almoço de família desse domingo teve mais briga que convenção de partido de esquerda Por José Roberto Torero Tudo c...

APEOC

Postagens Populares

Sample Text

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation test link ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate another link velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur.

Arquivo do blog

Categories

Definition List

Definition list
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.
Lorem ipsum dolor sit amet
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.

Pages

Support

Need our help to upload or customize this blogger template? Contact me with details about the theme customization you need.

Ordered List

  1. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  2. Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  3. Vestibulum auctor dapibus neque.

Unordered List

  • Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  • Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  • Vestibulum auctor dapibus neque.

Pesquisar este blog

Pacatuba Em Foco


Pacatuba Em Foco - A Melhor Calçada Virtual

Retroativo: conquistamos! É lei! Faremos cumprir!

Reunião entre nossa entidade e as Secretarias da Fazenda, Educação, Planejamento, Coordenadoria de Movimentos Sociais e Gabinete do Governador com a pauta motivada pela exigência do Sindicato Apeoc do imediato pagamento retroativo, relativo à aplicação da LEI DO PISO em 2015, ocorreu na manhã da segunda-feira, 31 de agosto, no Palácio do Governo.

Foram apresentados no referido encontro os estudos concluídos na manhã da sexta-feira, 28 de agosto, pelas comissões técnicas da Seduc, Sefaz e do Sindicato APEOC, em relação aos impactos financeiros para desembolso dos valores devidos aos professores.

O retroativo dos efetivos ativos e temporários, a ser pago pelo FUNDEB, é aproximadamente 26 milhões de reais, e o retroativo dos aposentados, a ser pago com recursos do tesouro estadual, é aproximadamente 19 milhões de reais.

O governo argumentou, como entrave ao pagamento imediato do retroativo, que já se encontra no limite de alerta (43,74%) da Lei de Responsabilidade Fiscal e que a projeção para dezembro de 2015, sem o retroativo, é passar dos 47% de gasto com pessoal, ultrapassando assim o limite prudencial (46,17%).

Depois da apresentação das equipes técnicas, a representação da Seplag e Sefaz reafirmou posição de dificuldades de fluxo de caixa, queda de arrecadação e LRF. Neste sentido, TAIS representantes externaram o posicionamento inicial do governo de apresentar na mesa a proposta de pagamento dos valores retroativos em parcelas que fossem diluídas em até 16 cotas.

Após caloroso e qualificado debate, no qual nossa direção, com argumentações jurídicas, financeiras e políticas, se contrapôs aos argumentos governamentais, foi reafirmada nossa reivindicação de liquidação da CONTA DO RETROATIVO EM 2015 de forma imediata.

Para superar o impasse e diante da posição do Sindicato, foi encaminhado novo encontro para dia 8 de setembro, quando do retorno do Governador Camilo Santana ao estado.

VALORES APROXIMADOS DE RETROATIVO POR NÍVEL

40 hs
Nível Retroativo
Graduado 1 779,50
Graduado 2 818,48
Graduado 3 859,40
Graduado 4 902,37
Graduado 5 947,49
Graduado 6 994,86
Graduado 7 1.044,60
Graduado 8 1.096,83
Especialista 9 1.151,68
Especialista 10 1.209,26
Especialista 11 1.269,72
Especialista 12 1.333,21
Mestre 13 1.527,13
Mestre 14 1.603,49
Mestre 15 1.683,66
Doutor 16 2.062,49
Doutor 17 2.165,61
Doutor 18 2.273,89

 

Campeonato Cearense C–Pacatuba vence, convence e assume a vice-liderança

Em partida realizada, na tarde deste domingo (30), válida pelo certame  cearense da terceira divisão, o Pacatuba aplicou uma retumbante goleada no Juazeiro: 6 a 1 .

A partida começou com o Pacatuba ditando  as normas do jogo, porém a primeira chance de gol foi do adversário que, em uma jogada de contra ataque quase abre o marcador.Parecia, portanto, uma reprise do jogo anterior. Só parecia !

O Pacatuba logo abriu o marcador através do atacante Estrela que pegou um rebote do goleiro Lucas e empurrou pro fundo das redes. Juazeiro 0 x 1  Pacatuba.

Logo na saída de bola,  o Pacatuba roubou a bola e novamente marcou, desta feita através do atancate Longa.  No decorrer ainda da primeira etapa de jogo, Longa faz mais um. O Juazeiro descontou já nos acréscimos do primeiro tempo através do atacanto Carlos Henrique que  acertou um pertado no gol de Jorge Luís que nada pode fazer. O Primeiro tempo terminou assim: Juazeiro 1 x 3  Pacatuba.

Já na etapa complementar, Pacatuba faz mais três gols, em tarde inspirada Longa faz  mais dois e Handerson, de pênalti, fecha o placar: Juazeiro 1 x 6  Pacatuba.

O que se viu foi o Pacatuba apresentando um belíssimo futebol com jogadas trabalhadas em que se percebia, claramente,  a intervenção do Treinador Maurício Santos que fazia a sua estreia à frente do time. Além deste, estrearam também: o goleiro Jorge Luís, o zagueiro Moisés, os laterais Emerson e Dener e o meio campista Paulista. Cabe também mencionar o retorno do zagueiro Rafael que retornara de contusão.

Com o resultado, Pacatuba assume a vice-liderança do Grupo A1.

Ficha Técnica do jogo:

Juazeiro 1 x 6  Pacatuba

Juazeiro: Lucas, Lucas Freitas, Erin (Yuri), Bruno, Carlos, Dahlin, Henrique, Neto, Otávio (Patrick) e Carlos Herinque.
Técnico: Júlio Araújo

Pacatuba: Jorge Luís, Emerson, Rafael, Moisés, Dener (Fabinho), Bezinga, Thiago (Handerson), Glauber, Paulista, Estrela e Longa (Leandro).
Técnico: Maurício Santos

Gols: Longa (4), Estrela e Handerson (Pacatuba) e Carlos Henrique (Juazeiro)

Próximos Jogos dos Times

As duas equipes voltam a se enfrentar no jogo de volta da tabela, na quarta-feira, às 15h30, no Estádio Presidente Vargas.

O Pacatuba fará a sua estreia na competição Fares Lopes, no próximo domingo (06), às 15h30, diante do Fortaleza no Estádio Presidente Vargas.

Já o Pacatuba na competição Sub17, foi novamente derrotado. Perdeu para o Calouros do Ar por 2 a 0 em partida realizada no sábado (29), no Estádio Elzir Cabral.



Pacatuba Em Foco

A importância simbólica do gesto de Manu ao ‘matar’ o Lula inflado.

Por Paulo Nogueira

Que você faz diante de um boneco que para você simboliza o que há de pior – preconceito, ignorância, vulgaridade, calúnia e achincalhe?

A líder estudantil Manu Thomazielli descobriu uma resposta simples e eficaz: fura.

Manu, com a ousadia típica da juventude e de quem tem convicções, aplicou assim, com um furo, um contragolpe extraordinário nos extremistas de direita que estavam usando o boneco de Lula presidiário como um símbolo de sua campanha insolente contra a democracia.

Manu, que milita na União da Juventude Socialista, a UJS, virou instantaneamente, na tarde de sexta, uma vagaba comunista para os direitistas e uma heroína para os progressistas.

Isso ficou patente em sua conta no Facebook.

A Folha publicou seu nome, e os revoltados descobriram sua página no Facebook.

Manu sofreu um linchamento virtual. Os insultos mostram, acima de tudo, a mente tumultuada dos militantes arquiconservadores.

O local escolhido pelos fanáticos foram os comentários sob a foto de perfil que Manu postou depois de furar o boneco. Nela, está abraçada a Lula.

Demorou algum tempo para que simpatizantes da causa de Manu fossem em seu socorro no Facebook.

Mas eles chegaram, e a polarização que domina hoje o país se reproduziu, em escala reduzida, na página de Manu.

A mensagem mais expressiva pró-Manu veio de uma amiga sua de UJS.

Ela avisou: “E se encherem o boneco a gente fura de novo.”

Eis aí a força maior do gesto de Manu. Ela deixou clara a vulnerabilidade do Pixuleco, uma fragilidade tão grande quanto seu tamanho.

Um furo e a festa acaba.

Tudo indica, por isso, que o Pixuleco morreu ontem.

Era uma vez

Era uma vez

Sobrou a zoeira típica da internet. O Sensacionalista anunciou que com a morte do boneco assume o Aécio de Papelão.

Um outro meme afirmou o seguinte. “Boneco inflado de Lula: 12 mil reais. Ver as minas da UJS acabar com a palhaçada: não tem preço.”

Entre as histórias, a maior delas ainda não confirmadas, em torno do episódio, uma é o retrato dos manifestantes.

O que contam é que os donos do boneco foram prestar queixa na polícia contra Manu por destruição de bem privado.

Um policial teria pedido a nota fiscal para formalizar a queixa. Mas cadê a nota fiscal?

Sonegação é um dos piores tipos de corrupção, mas isso parece ser um detalhe para os radicais da direita.

Para os progressistas, o gesto de Manu tem um forte significado simbólico. Finalmente alguém deu uma resposta, e que resposta, aos conservadores.

Manu deixou claro que não há motivo para os militantes progressistas ficarem de braços cruzados diante da escalada da extrema direita.

Sozinha, ela colocou de joelhos dezenas, centenas de fanáticos.

Duas fotografias contam tudo sobre a história.

Numa delas, está o boneco miseravelmente esvaziado.

Na outra, protegida por policiais da fúria dos revoltados, Manu aparece sorrindo, plácida, tranquila no meio do fragor que provocou.

Seu sorriso é de quem cumpriu uma missão, e muito bem.

Era como se ela dissesse aos que vociferavam xingamentos, como o grande general romano Mário diante de um bárbaro que o desafiara para um duelo: “Estão com raiva? Se matem. Eu estou muito bem.”

 

http://www.diariodocentrodomundo.com.br/a-importancia-simbolica-do-gesto-de-manu-ao-matar-o-lula-inflado-por-paulo-nogueira/

Temos que lutar para melhorar a democracia, não para sepultá-la, diz Mujica

O ex-presidente do Uruguai e atual senador, José Pepe Mujica, defendeu o aperfeiçoamento da democracia e repudiou golpes de Estado no continente. Ele foi aclamado por cerca de 5 mil pessoas, durante palestra na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), na noite desta quinta-feira (27). S estimativa do número de presentes é da assessoria da universidade.

O ex-presidente e senador do Uruguai José Mujica durante encontro com estudantes na concha acústica da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), no campi do Maracanã Fernando Frazão/Agência Brasil

Aos 80 anos de idade, o político uruguaio foi intensamente festejado pela plateia, majoritariamente formada por jovens, que ouviam entre momentos de completo silêncio ou de palmas entusiasmadas ao discurso de Mujica, marcadamente contra o materialismo capitalista e a favor da solidariedade humana. Ao ouvir dos presentes gritos de “não vai ter golpe”, o político uruguaio fez uma acalorada defesa da democracia.

“Tenho dificuldade para entender, no momento, o que se passa aqui, porque não me corresponde. Porém, se tenho que ser claro, aventura com o uniforme dos milicos, por favor! Golpe de Estado, por favor! Este filme já vimos muitas vezes na América Latina. Esta democracia não é perfeita, porque nós não somos perfeitos. Mas temos que defendê-la para melhorá-la, não para sepultá-la”, disse Mujica, e, mais uma vez, ouviu a plateia gritar: “Não vai ter golpe”.

Estudantes durante encontro com o ex-presidente e senador do Uruguai José Mujica na concha acústica da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), no campus do Maracanã (Fernando Frazão/Agência Brasil)

Estudantes durante encontro com o ex-presidente e senador do Uruguai José Mujica, na concha acústica da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), no campi do MaracanãFernando Frazão/Agência Brasil

A palestra, inicialmente programada para ocorrer no Teatro da Uerj, foi feita no anfiteatro, ao ar livre, com a colocação de telões em outros espaços do campi, para comportar todo o público. Mujica ressaltou a importância de os jovens seguirem com a luta política e defendeu a necessidade de serem solidários uns com os outros.

“Meus queridos, ninguém é melhor do que ninguém. Tenho que agradecer a sua juventude pelas recordações de tantos e tantos estudantes que foram caindo pelos caminhos de nossa América Latina. Vocês têm que seguir levantando a bandeira. Na vida temos que defender a liberdade. E ela não se vende, se conquista. Fazendo algo pelos outros. Isto se chama solidariedade. E sem solidariedade não há civilização.”

Um dos assuntos abordados pelo público, que pôde fazer perguntas ao ex-presidente, foi a questão da liberação do consumo de maconha no Uruguai, com base em lei aprovada no seu governo. Mujica fez questão de frisar que nenhum vício é bom, “exceto o amor”, e explicou porque decidiu tomar tal atitude em seu país.

Estudantes durante encontro com o ex-presidente e senador do Uruguai José Mujica na concha acústica da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), no campus do Maracanã (Fernando Frazão/Agência Brasil)

Estudantes durante encontro com o ex-presidente do Uruguai José Mujica, na concha acústica da Universidade do Estado do Rio de JaneiroFernando Frazão/Agência Brasil

“Se queremos mudar algo, não podemos fazer do mesmo. No meu país, tomamos uma decisão. Como não podemos vencer o narcotráfico, pois de cada três presos, um é relacionado às drogas, ou por tráfico ou por delito que cometeu para conseguir dinheiro para comprar a droga, decidimos arrebatar o mercado. Isto não é legalização. É regulação”, disse.

“Nós não cremos que nenhum vício seja bom, salvo o do amor, todos os demais são ruins. Mas se o vício vai dominar uma pessoa, temos tempo de atendê-la, porque a temos identificada e conhecida. Se a deixo no mundo clandestino, ela vai seguir se aprofundando no vício,” acrescentou.

A vinda de Mujica ao Brasil foi patrocinada pela Federação das Câmaras de Comércio e Indústria da América do Sul (Federasur), que o homenageou em evento na manhã de hoje na sede da Associação Brasileira de Imprensa (ABI), no centro do Rio, onde discursou para cerca de 400 pessoas. Mujica foi presidente do Uruguai entre 2010 e 2015. Militante do grupo de esquerda Tupamaro, ele foi preso político por 14 anos.

http://www.ebc.com.br/2015/08/temos-que-lutar-para-melhorar-democracia-nao-para-sepulta-la-diz-mujica

APEOC-Retroativo: Pagamento, já!

Dando prosseguimento à agenda definida com o Gabinete do Governador, reuniram-se, na tarde de hoje, quarta-feira (26/08), o Sindicato APEOC e a SEDUC.

A reunião teve como objetivo levantar as informações e dados sobre impactos financeiros e marco legal pertinente à efetivação do pagamento do retroativo.

O governo, através de seus técnicos, tem colocado problemas com a LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal) e de fluxo de caixa do governo.
O Sindicato APEOC tem reafirmado sua posição de cobrar o pagamento em parcela única, tendo como eixo a quitação ainda no ano letivo de 2015.


O Sindicato APEOC entende que a conquista em lei garante o pagamento dentro do ano em curso e rechaça antecipadamente proposta contrária.


Ficou agendada uma reunião de natureza técnica entre as equipes do governo e do Sindicato APEOC, para sexta-feira (28/08), com o objetivo de fechamento de dados e preparação da audiência entre SEFAZ, SEPLAG, SEDUC, Gabinete do Governador e nosso Sindicato, que se realizará no dia 31/08.


Representaram o Sindicato APEOC nesta reunião: o Presidente do Sindicato APEOC, Prof. Anízio Melo; o Vice-Presidente, Prof. Reginaldo Pinheiro; a Diretora de Finanças, Profa. Penha Alencar, o Secretário Geral, Prof. Helano Maia; a Diretora de Formação, Profa. Gorete Leandro; e o Assessor em Finanças Públicas, André Carvalho. Representando a SEDUC, participou a Secretária Executiva da Educação, Dalila Saldanha, acompanhada de sua Equipe.

Youssef reafirma que Aécio recebia mensalão: “Eu confirmo que Aécio recebeu dinheiro de corrupção”

O doleiro Alberto Youssef reafirmou nesta terça-feira (25) durante depoimento à CPI da Petrobras que Aécio recebeu dinheiro de corrupção de Furnas, subsidiária da Eletrobras.

“Eu confirmo (que Aécio recebeu dinheiro de corrupção) por conta do que eu escutava do deputado José Janene, que era meu compadre e eu era operador dele”, disse o doleiro, de acordo com matéria da Reuters.

Aécio não pôde ser imediatamente contatado para comentar o assunto, disse a Reuters.

Em março desse ano, Youssef já havia dito em depoimento para o juíz Sérgio Moro que Aécio recebia de 100 a 120 mil dólares por mês, num esquema que durou durante quase todo o governo FHC e envolvia a empresa Bauruense e a estatal Furnas (leia aqui).

http://br29.com.br/youssef-reafirma-que-aecio-recebia-mensalao-eu-confirmo-que-aecio-recebeu-dinheiro-de-corrupcao/

Transexual assume a Secretaria de Direitos Humanos da República

Você precisa conhecer a paraense Symmy Larrat, que assumiu a função de coordenadora-geral de Promoção dos Direitos LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais) da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República.

Formada em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Pará, Symmy faz parte de uma minoria de trans que conseguiu superar os obstáculos do preconceito para estudar e ocupar um lugar no mercado de trabalho. Até de chegar ao escritório político em Brasília, percorreu um longo caminho.

De família católica, ela afirma que desde criança já tinha noção de que não era como a maioria, e os parentes e colegas de escola percebiam. “Eu sabia que se falasse como eu me sentia eu seria recriminada ou tratada de forma diferente. Mas eu não tinha nitidez de que eu era uma menina no corpo de um menino, até porque a criança não trata a questão dessa forma”, disse ela em entrevista à Agência Brasil. “Meu gênero é feminino e eu sou mulher. A minha genitália não me faz homem”, ressaltou.

Mesmo formada, Symmy relembra que foi difícil conseguir uma colocação no mercado de trabalho. “Era explícito, o tempo todo. Eu andava na rua durante o dia e as pessoas me recriminavam porque achavam que aquele horário não era pra mim, é como se tivesse um toque de recolher para os diferentes”. Ela não conseguiu trabalho. “Tive que me prostituir com o diploma no bolso. Só me restavam as duas opções que eram dadas às trans. Ou eu ia montar um salão – mas nunca tive aptidão – ou ia pra esquina”.

Nessa época, Symmy trabalhava como prostituta de madrugada e era voluntária do Centro de Referência LGBT de Belém pela manhã, onde recebia denúncias de homofobias – homofobia, lesbofobia e transfobia – e encaminhava as vítimas para a polícia. Ela também sempre esteve envolvida com movimentos sociais e com a vida política.

Direitos

Por achar que o acolhimento das mulheres e dos homens trans é a única maneira de permitir que se tornem médicos, professores ou tenham qualquer outra profissão, e assim ganhem espaço na sociedade, Symmy diz que uma das suas prioridades na Secretaria de Direitos Humanos é fazer com que os serviços públicos, principalmente escolas e hospitais, entendam as necessidades desse grupo.

Segundo ela, muitos trans não encontram acolhimento, e nesse contexto, a escola sai de cena. “É imenso o número de pessoas trans de 14, 15 anos, na rua, já se drogando, já se prostituindo, vivenciando toda essa mazela”, lamenta.

A Associação Nacional de Travestis e Transexuais (Antra) estima que 90% das travestis e transexuais brasileiras estejam envolvidas com prostituição.

Symmy disse que é prioridade da sua coordenação lutar para que a sociedade brasileira trate essas pessoas de forma igualitária. “Falta esse olhar nos profissionais de todo o serviço público. Isso só muda com o convívio, por isso também é tão importante que as travestis frequentem a escola, para que possam conviver e aprender a se relacionar”. Symmy acredita que essa convivência pode fazer o preconceito diminuir e mudar a forma de tratamento de quem é trans. “Precisamos com urgência transformar as escolas em locais acolhedores. Hoje, quando uma aluna diz que não quer usar o banheiro junto com uma travesti, a escola não sabe como lidar, não sabe o que fazer e tem medo dos pais.”

Outra pauta prioritária é o acesso ao Processo Transexualizador, que já é um direito pelo Sistema Único de Saúde (SUS), mas não está capilarizado nos estados.

O processo transexualizador é um conjunto de procedimentos que auxilia travestis e transexuais, como psicoterapia, tratamento hormonal e cirurgias de mudança de sexo para as mulheres transexuais interessadas.

“Hoje, pela Portaria 2.803, uma travesti deveria poder chegar a um hospital público e fazer o tratamento. Mas o SUS está lutando para conseguir disseminar hospitais nos estados e municípios que queiram se credenciar, e é difícil.”

Segundo Symmy, há poucos médicos preparados e interessados em trabalhar com complementação hormonal, etapa importante do processo. “Não é porque a gente conquistou a portaria que o processo está garantido. A dificuldade de acesso ainda é muito grande. Precisamos levar o acesso para todo o Brasil”.

http://www.superpride.com.br/2015/08/transexual-assume-a-secretaria-de-direitos-humanos-da-republica.html

MORO ACIONA BLOGUEIROS POR NOTÍCIAS 'FALSAS E CALUNIOSAS'

Em representação contra juiz federal contra o Portal I9, de Fabiano Portilho, e o blog Limpinho & Cheiroso, de Miguel Baia Bargas, juiz federal Sergio Moro, responsável pelos processos Lava Jato, aponta que “principalmente em alguns blogs da internet de reputação duvidosa têm sido pontualmente veiculadas informações falsas, caluniosas, difamatórias e injuriosas a respeito do ora Requerente”

O juiz federal Sergio Moro, responsável pelos processos da operação “lava jato”, fez uma representação ao Ministério Público Federal no Paraná contra dois jornalistas por crimes contra a honra de servidor público no exercício da função (no caso, o próprio Moro). O juiz afirma que notícias falsas e caluniosas foram publicadas por Fabiano Portilho, do Portal I9, e Miguel Baia Bargas, do blog Limpinho & Cheiroso, segundo informações do próprio blog.

Na peça, Moro diz que, desde o início da “lava jato”, diversas notícias têm sido veiculadas sobre o caso, com “abordagem majoritariamente favorável aos trabalhos realizados”. O juiz diz acreditar que as liberdades de imprensa e expressão são “fundamentais” ao exercício da democracia, mesmo quando incluem críticas duras e injustas a autoridades públicas.

Porém, ele aponta que “principalmente em alguns blogs da internet de reputação duvidosa têm sido pontualmente veiculadas informações falsas, caluniosas, difamatórias e injuriosas a respeito do ora Requerente”. Segundo o Moro, as notícias falsas podem ser uma ação isolada ou eventualmente algo maior, visando afetar a condução dos processos judiciais.

Para Moro, o Portal I9 tem o objetivo de incriminar pessoas próximas a ele, como sua mulher, Rosângela Wolff Moro, ou o advogado com quem trabalhou antes de ingressar na magistratura. A ideia por trás disso seria apontar que o juiz “estaria ou prevaricando, crime do artigo 319 do Código Penal, já que motivados os atos judiciais por interesses políticos partidários, ou estaria associado a criminosos, crime do artigo 288 do Código Penal”.

Uma das notícias que ele afirma serem falsas, publicada em dezembro de 2014 e de autoria de Portilho, é a de que a Rosângela seria assessora jurídica de Flávio José Arns, filiado ao PSDB e então vice-governador do Paraná. De acordo com o juiz, essa ligação foi feita para dar a impressão de que ele promove vazamentos de informações, mas só quando os depoimentos citam alguém do PT ou do PMDB. Porém, ele sustenta que sua mulher nunca defendeu Arns, apenas o representou em um evento por ser procuradora da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae).

No mesmo texto, o jornalista declara que Rosângela teria ligações com a Shell, sugerindo que a atuação de Moro na “lava jato” visaria enfraquecer a Petrobras em benefício da petroleira anglo-holandesa. Na representação, o juiz garante que sua mulher nunca advogou para essa multinacional, e que a participação dela no escritório Zucolotto Advogados Associados visa apenas à partilha de honorários, não assegurando que ela tenha trabalhado diretamente para todos os clientes da banca.

O Portal I9 teria publicado mais uma mentira sobre Rosângela quando a acusou de ter cometido crimes falimentares, argumenta Moro ao MPF. Isso porque “jamais foi cogitado o envolvimento dela” em qualquer delito desse tipo.

Outra notícia falsa, de novo de autoria de Portilho, afirma que um advogado ex-colega do juiz federal estaria envolvido no desvio de R$ 500 milhões da Prefeitura de Maringá (PR). O texto aponta que o procurador teria sido preso por isso, e que somente teria sido solto após Moro depor em seu favor.

Essa reportagem foi reproduzida pelo Limpinho & Cheiroso com o título “Paraná: Quando Moro trabalhou para o PSDB, ajudou a desviar R$ 500 milhões da Prefeitura de Maringá”. Na visão do juiz, tal enfoque foi “ainda mais além”, ao classificá-lo como responsável pelo suposto delito.

Isso tudo mostra que Portilho e Bargas agiram com má-fé, diz o juiz federal: “Destaco que, em todos esses casos, além da falsidade flagrante das notícias, nenhuma delas com qualquer base na realidade ou em qualquer prova, a malícia e o dolo dos envolvidos é evidenciado pelo fato de que, para nenhuma delas, houve preocupação, antes da divulgação das matérias, em consultar os envolvidos, o que é básico em jornalismo exercido com o mínimo de profissionalismo e seriedade”.

Moro diz que ele, sua mulher e seu antigo colega foram vítimas de “fatos caluniosos, difamantes, e injuriosos” divulgados em sites de “reputação duvidosa”. Por ter sido alvo desses crimes contra a honra por sua atuação na “lava jato”, o juiz pede ao MPF que tome as providências necessárias para processar criminalmente Portilho e Bargas. Contudo, ele deixa claro que não deseja “qualquer providência de censura ou interdição das matérias” por ser contra essas medidas.

Bargas, do Limpinho & Cheiroso, foi intimado a prestar esclarecimentos sobre o caso na última quarta-feira (26/8), em São Paulo (SP).

Ficha suja

Portilho, do Portal I9, tem um histórico de acusações criminais. O jornalista foi condenado por tentativa de estelionato em 2014 pelo Tribunal de Justiça do Mato Grosso do Sul. De acordo com a corte, ele garantiu às vítimas que iria inserir propagandas em um jornal informativo, mas não o fez, mesmo depois de ter recebido R$ 900. A pena foi extinta por prescrição.

De acordo com o Diário do Estado, Portilho foi indiciado em fevereiro pela Polícia Civil do MS por ter ofendido a honra do jornalista Derick Willi Fernandes e por ter falsificado documentos de um carro que não era e seu para comunicar o furto dele. O jornal ainda informa que o dono do Portal I9é investigado por ter fingido um sequestro e ter prestado depoimento falso a um escrivão.

https://www.brasil247.com/pt/247/parana247/194202/Moro-aciona-blogueiros-por-not%C3%ADcias-'falsas-e-caluniosas'.htm

Em Pacajus, torre da Rádio Mont Mor FM cai e deixa um morto

torresNa manhã desta segunda feira 24-08, a torre de transmissão da rádio FM Montemor 95,1 localizada na Rua Tabelião José Gama Filho, em Pacajus - CE, quebrou-se e caiu, no momento em que dois técnicos faziam a manutenção.

Os técnicos identificados como Rogério e Nenem, estavam retirando a antena e cabos, da torre velha, para coloca-los em uma nova torre, erguida ao lado.

No momento da manutenção, a torre velha quebrou-se e derrubou os dois técnicos. Um deles, Rogério, morreu no local, o outro, Nenem, foi levado para o IJF em Fortaleza.

A manutenção começou por volta das 9:10 da manhã.

A torre que caiu, tinha cerca de 80 metros de altura e já apresentava sinais de desgaste.

A emissora já estava fora dor ar, e deve permanecer por tempo indeterminado, foi o que disse o diretor, Amaral Chaves.

 

http://www.loucosporradio.com.br/2015/08/torre-da-radio-mont-mor-fm-cai-e-deixa.html

Prefeita de 25 anos é procurada pela polícia

Jovem é acusada de desviar quase R$ 1 milhão da merenda escolar das escolas de Bom Jardim; ela desapareceu após pedido de prisão

Acusada de desviar quase R$ 1 milhão dos cofres públicos, a prefeita de Bom Jardim, no Maranhão, Lidiane Leite desapareceu após ter a prisão decretada. A jovem de 25 anos é acusada de desviar o dinheiro da merenda escolar das escolas da cidade.

Lidiane já tinha sido afastada do cargo outras três vezes, mas conseguiu voltar para a prefeitura após recursos na justiça.

A jovem foi eleita em 2012 quando tinha 22 anos. Ela assumiu a candid

atura no lugar do namorado que foi enquadrado na Lei da Ficha Limpa.

A prefeita levantou suspeita após aparecer com roupas cada vez mais luxuosas, expondo a vida nas redes sociais. Em alguns momentos, ela até mandou "recado" para os críticos, como "eu compro o que eu quiser", "gasto sim com o que eu quero", "gasto meu dinheiro porque não está faltando", entre outras frases.

Site hackeado

Página da prefeitura da cidade foi hackeado

O site oficial da prefeitura de Bom Jardim, no Maranhão, foi hackeado em “apoio a população” e “em resposta às denúncias de corrupção” da prefeita Lidiane.

No final, a mensagem fala que os “corruptos não passarão batidos”. Ainda no site, os hackers colocaram um foto da jovem com a legenda “procurada pelas autoridades”.

Reprodução/Prefeitura Bom Jardim

http://noticias.band.uol.com.br/brasil/noticia/100000767876/ma-prefeita-de-25-anos-e-procurada-pela-policia.html

Campeonato Cearense C - Pacatuba é goleado pelo Calouros do Ar

DSC00516Na tarde deste domingo (23), no Estádio Presidente Vargas, o Pacatuba não resiste ao Calouros do Ar e sofre mais uma goleada no Campeonato Cearense da Série C.

A julgar pelo início da partida, acreditava-se que o Calouros do Ar seria presa fácil para o Pacatuba. Logo nos minutos iniciais, o Pacatuba carimbou por duas vezes a trave do goleiro Rodrigo e era detentor de maior posse de bola.

No entanto, a desorganização tática e, sobretudo, as substituições equivocadas culminaram na derrota vexatória da equipe pacatubana. Se não vejamos, o time não apresentou, ainda, um padrão de jogo. O que se vê é tão somente a boa atuação isolada de alguns jogadores. O melhor jogador até então na partida, Glauber, fora substituído na segunda etapa. Perdendo assim, o poder de criação no meio de campo.

Louva-se também o nó tático que o treinador do Calouros do Ar, Clits Jones, implantou ao adversário. Fazendo com que sua equipe explorasse, sabiamente, toda a fragilidade tática do Pacatuba.

Não nos esqueçamos também da excelente atuação de dois pilares do Calouros do Ar que juntos destruíram o adversário: o meio Naim e o atacante Richelmy.

O atacante Richelmy deu baile particular e fez os dois primeiros gols. Estrela que, na verdade, é meio campista, mas que vem atuando no ataque, fez o gol único do Pacatuba. Em seguida, em uma falha individual do lateral Wellington, que falhou ao tentar dominar a bola, Alisson ampliou o marcador. Já nos minutos finais, em mais uma excelente jogada de Richelmy diante do zagueiro Branco, sofreu penalidade máxima e Naim cobrou, convertendo em gol. 


Ficha Técnica do Jogo:

Pacatuba 1 x 4 Calouros do Ar
Pacatuba: Paulo Neto; Carpegiane; Pará; Branco; Wellington; Bezinga; Glauber (Júlio); Thiago (Fábio Guerreiro); Leandro (Handerson); Estrela e Fabinho.
Técnico: Betinho

Calouros do Ar: Rodrigo; Diogo; Douglas; Nilton; Henrique (Joel); Áquila; Alisson; Rômulo; João Bosco (Matheus); Naim e Richelmy.
Técnico: Clits Jones

Expulsões: Carpegiane e Branco (Pacatuba); Nilton (Calouros do Ar)
Gols: Richelmy (2); Alisson e Naim (Calouros do Ar); Estrela (Pacatuba)

Próximos jogos das equipes

O Pacatuba volta a jogar no domingo (30), às 15h30, diante do Juazeiro no Estádio Presidente Vargas. Ao passo que o Calouros do Ar só voltará a jogar na competição no dia 09, às 20h15, repetindo o confronto com o Pacatuba, no Estádio Presidente Vargas.





Pacatuba Em Foco

Campeonato Cearense Sub17– Pacatuba é derrotado pelo União

20150822_152417Em partida realizada ontem (22), no Estádio Antônio Estite (Cascavel), o Pacatuba foi derrotado pelo placar de 4 a 2 pela equipe do União.

O Pacatuba começou bem melhor e logo fez 2 a 0, através de Jardel e Hamilton. Porém, o adversário se manteve tranquilo e virou o placar. Ainda na primeira etapa  de jogo o União passou à frente do marcador, com gols assinalados por Wesley, Saulo e Pelezinho. Aliás, este último se houve muito bem durante todo o jogo.

Já na segunda etapa, o União manteve o ritmo e o lateral João Vicente deu números  finais à partida.

Ficha Técnica do Jogo:

União 4 x 2 Pacatuba

União: Ronald, João Vicente, Saulo, Anderson, João Victor (Vinícus), Marcão (Igor), James, Ferrer, Pelezinho, Tales (Leozinho) e Wesley.
Técnico: Darlan

Pacatuba: Anderson, Valmir (Daniel), Aldaciano, Thales, Hamilton, Zé Carlos, Israel, Jardel, Keven (Pedrinho), Breno (Nicolas) e Mackson.
Técnico: Ivanildo

Gols: Jardel e Hamilton (Pacatuba) e Wesley, Saulo, Pelezinho e João Vicente (União)

Arbitragem: Alexandre Peixoto, Ramon Machado e George Genuca

Próximos Jogos:

O Pacatuba enfrentará o Calouros do Ar, no próximo sábado, às 13h40, no estádio Elzir Cabral. Ao passo que o União receberá o Tiradentes em seu estádio Antônio Estite, com jogo marcado para às 15h30.



Pacatuba Em Foco

Premiê Alexis Tsipras renuncia e Grécia terá eleições antecipadas

Alexis Tsipras vinha enfrentando rebelião dentro de seu próprio partido.
Divisão do partido Syriza enfraqueceu governo politicamente.

O primeiro-ministro da Grécia, Alexis Tsipras, anunciou sua renúncia no final desta quinta-feira (20), abrindo caminho para eleições antecipadas.

Tsipras, eleito em janeiro, fez o anúncio num discurso transmitido pela TV. "Estou renunciando porque esgotei o mandato que o povo me deu na eleição geral de janeiro", disse Tsipras.

Ele afirmou que uma fase difícil das negociações de resgate econômico passou, mas admitiu que não conseguiu o acordo que queria -- foi o melhor que havia, segundo o premiê.

As novas eleições possivelmente devem ocorrer no dia 20 de setembro.

Turbulência política
O líder grego tem enfrentado uma rebelião dentro de seu partido, o esquerdista Syriza, desde a aprovação do
acordo para o terceiro pacote de ajuda financeira ao país.

Ao menos 44 parlamentares não apoiaram o governo na votação que aprovou o resgate, no valor de € 86 bilhões.

O antecipação eleitoral tem sido esperada desde a aprovação do resgate no parlamento, que evidenciou a divisão no seio do partido de Tsipras, culminando em seu enfraquecimento político.

O  anúncio da renúncia foi feito depois que a Grécia recebeu, nesta quinta-feira, a primeira parte do empréstimo europeu de 13 bilhões de euros, o que permitiu ao país pagar imediatamente e no prazo os 3,4 bilhões de euros ao Banco Central Europeu (BCE), assim como um empréstimo-ponte de 7,3 bilhões de euros da União Europeia (UE) e do Fundo Monetário Internacional (FMI), acordado com a Grécia em meados de julho.

Com o acordo concluído resgate, a Grécia deixou uma zona de alta turbulência financeira, mas entrou em uma dura fase de cortes.

O ministro de Energia da Grécia, Panos Skurletis, afirmou que as eleições antecipadas se transformaram em uma opção necessária porque o Syriza "perdeu poder e, por extensão, o governo e também por uma questão de legitimidade democrática".
Tsipras teve de contar com o apoio da oposição para aprovar o resgate no Parlamento e outro ministro argumentou que eleições seriam uma maneira de conseguir estabilidade política.
As turbulências políticas na Grécia têm alimentado incerteza sobre como o governo vai implementar o acordo de resgate, que exige profundas reformas econômicas e medidas de austeridade rígidas, sem uma maioria viável.

RESUMO DO CASO
- A Grécia enfrenta uma forte crise econômica por ter gastado mais do que podia.
- Essa dívida foi financiada por empréstimos do Fundo Monetário Internacional (FMI) e do resto da Europa.
- Em 30 de junho, venceu uma parcela de € 1,6 bilhão da dívida com o FMI. Então, o país entrou em "default" (situação de calote), o que pode resultar na sua saída da zona do euro. Essa saída não é automática e, se acontecer, pode demorar. Não existe um mecanismo de "expulsão" de um país da zona do euro. No dia 13 de julho, outra dívida com o FMI deixou de ser paga, de € 450 milhões.
- Como a crise ficou mais grave, os bancos estão fechados para evitar que os gregos saquem tudo o que têm e quebrem as instituições.
- A Grécia depende de recursos da Europa para manter sua economia funcionando. Os europeus, no entanto, exigem que o país corte gastos e aumente impostos para liberar mais dinheiro. O prazo para renovar essa ajuda também venceu em 30 de junho.
- Em 5 de julho, os gregos foram às urnas para decidir se concordam com as condições europeias para o empréstimo, e decidiram pelo "não".
- Os líderes europeus concordaram em fazer um terceiro programa de resgate para a Grécia, de até € 85 bilhões, mas ainda exigem medidas duras, como aumento de impostos, reformas no sistema previdenciário e mais privatizações.
- O parlamento grego aprovou na quarta-feira (15) o primeiro pacote de reformas para conseguir dinheiro para saldar parte do que deve aos credores. Com isso, o Eurogrupo deu aval prévio ao empréstimo.
- Em 17 de julho, a União Europeia aprovou uma antecipação de € 7,16 bilhões do pacote de ajuda que vem sendo negociado, para que o país não dê "calote" no pagamento de € 3,5 bilhões que tem que fazer na segunda-feira ao Banco Central Europeu (BCE).
- No dia 20 de julho, a Grécia pagou os recursos devidos ao FMI e foi declarada adimplente pelo órgão.
- A Europa pressionou para que a Grécia aceitasse as condições e fique na zona do euro. Isso porque uma saída pode prejudicar a confiança do mundo na região e na moeda única.
- O Eurogrupo aprovou no dia 14 de agosto o terceiro programa de resgate para a Grécia de até € 96 bilhões por um período de três anos.

http://g1.globo.com/economia/noticia/2015/08/premie-da-grecia-renuncia-ao-cargo-e-pais-tera-eleicoes-antecipadas.html

←  Anterior Proxima  → Inicio

Pacatuba Em Foco

Ouça-nos !

Agenda de Jogos da Semana

Campeonato Brasileiro C
Sábado, 24, 17h00

Campeonato Brasileiro A
Domingo, 25, 19h00

Mais Acessadas

Total de Transeuntes

Votar ao Topo