Tecnologia do Blogger.

Featured Post

Dodge diz que só Flávio Bolsonaro deve ser blindado

A Procuradora-Geral da República afirma que a decisão de Toffoli não poderia abranger todas investigações abrangendo o COAF no país, apenas...

APEOC

Postagens Populares

Sample Text

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation test link ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate another link velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur.

Arquivo do blog

Categories

Definition List

Definition list
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.
Lorem ipsum dolor sit amet
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.

Pages

Support

Need our help to upload or customize this blogger template? Contact me with details about the theme customization you need.

Ordered List

  1. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  2. Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  3. Vestibulum auctor dapibus neque.

Unordered List

  • Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  • Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  • Vestibulum auctor dapibus neque.

Pesquisar este blog

Pacatuba Em Foco


Pacatuba Em Foco - A Melhor Calçada Virtual

O decreto de Dilma que extinguiu a pena de Dirceu. Pizza?

 
Há poucos dias, as manchetes dos principais meios de comunicação do país anunciavam que a presidenta Dilma Rousseff tinha assinado, às vésperas do natal, um decreto para favorecer seus ex-aliados políticos, perdoando, com isso, suas penas.

Em rápida consulta, verificamos as seguintes manchetes: Dilma concede indulto que pode livrar Dirceu de pena (ESTADÃO); Dilma assina decreto que pode perdoar penas de Dirceu e Delúbio (G1) e Dilma assina decreto que pode perdoar penas de Dirceu, Delúbio e Jefferson (Folha de São Paulo).

Logo, milhares de internautas começaram a compartilhar tais notícias como se isto fosse um grande escândalo e atribuindo à presidenta os piores adjetivos possíveis, afirmando, tais internautas, que tudo estava acabando em pizza, mais uma vez e que ela estava favorecendo os corruptos do PT.

Ao que parece, pelo teor dos comentários nestas notícias e em milhares de postagens nas redes sociais, quem desconhece vai imaginar que a presidenta elaborou um decreto com o seguinte texto:
“DECRETO DO PERDÃO
“Perdoo Dirceu, Delúbio, Jefferson e todos os companheiros do mensalão, extinguindo suas penas.
Ass. Dilma.”
Não, leitores. Isto, sim, seria o cúmulo.

O que muitos, ou quase todos, desconhecem é que o objetivo deste decreto nunca foi o de beneficiar especificamente tais personalidades condenadas no famoso Mensalão.

O que beneficiará Dirceu é o decreto nº 8.615/15, assinado em 23 de dezembro de 2015, que dispõe, em artigo 1º, XVI, que será concedido indulto coletivo às pessoas “condenadas a pena privativa de liberdade, que estejam em livramento condicional ou cumprindo pena em regime aberto, cujas penas remanescentes, em 25 de dezembro de 2015, não sejam superiores a oito anos, se não reincidentes, e a seis anos, se reincidentes, desde que tenham cumprido um quarto da pena, se não reincidentes, ou um terço, se reincidentes;.

Este é o caso concreto de Dirceu, razão pela qual sua defesa, acertadamente, requereu ao STF que o benefício do indulto, previsto neste decreto, lhe fosse concedido.

O indulto é um benefício de extinção da pena, sendo impessoal e genérico, logo, apartidário – como deve ser. Este é concedido a QUALQUER PESSOA, como diz em seu próprio texto, bastando que esta se enquadre nas exigências por ele apresentadas.

Não se trata de um decreto com texto inovador que visou beneficiar alguém determinado – como o Dirceu, in casu-, visto que o benefício concedido às pessoas que obedeçam a estas mesmas condições objetivas e subjetivas já constava no decreto 7648/11, em seu inciso § 1º, XIV, e vem sendo mantido desde aquele ano em todos os decretos posteriores (Decreto 7873/12, § 1º, XIV; Decreto 8172/13, § 1º, XV e Decreto 8380/14, § 1º, XV).

Ora, este decreto, que trata da concessão de indulto natalino e comutacao de penas, é assinado anualmente pelo presidente da república, o que já se repete há décadas e sua concessão tem previsão Constitucional, no artigo 84, caput, inciso XII.

Ademais, cumpre destacar que, apesar das notícias terem enfatizado que este foi assinado às vésperas do natal, como se na “calada da noite” tivesse sido feito por ser algo imoral, esta já é a tradição, visto que o benefício por ele trazido é apelidado de indulto de natal, o que justifica a data de assinatura, como já ocorre há décadas.

Destarte, leitores, é muito importante ter cuidado com as noticias veiculadas, para que não saiamos por aí fazendo julgamentos equivocados.

Aécio Neves nega propina... e bafômetro

Por Altamiro Borges

O cambaleante Aécio Neves, presidente nacional do PSDB, ficou colérico com a reportagem da Folha desta quarta-feira (30) que aponta que ele teria garfado R$ 300 mil em propina de um diretor da UTC, uma das empreiteiras envolvidas nas denúncias de corrupção na Petrobras pela Operação Lava-Jato. O tucano sequer agradeceu à famiglia Frias, que evitou dar manchete à suspeita e dedicou somente uma nota de rodapé na capa do jornal - o que já indica que o caso logo será abafado. Em sua página no Facebook, o falso moralista, que vive rosnando contra a "organização criminosa do PT", condena "essa absurda e irresponsável citação do nome do senador, sem nenhum tipo de comprovação".

Aécio Neves também jura que "trata-se de mais uma falsa denúncia com o claro objetivo de tentar constranger o PSDB, confundir a opinião pública e desviar o foco das investigações, como ocorreu no caso do senador Antonio Anastasia... Em respeito ao país e ao importante trabalho desenvolvido pela Operação Lava Jato, é importante que sejam investigadas as verdadeiras motivações daqueles que misturam denúncias verdadeiras com afirmações nitidamente falsas, sem nenhum tipo de comprovação, desmentidas até mesmo pelas próprias pessoas citadas pelo denunciante, com o claro intuito de tumultuar as investigações". Desesperado, Aécio Neves ainda apela: "Amigos, nos ajudem a divulgar a verdade. Compartilhem". De fato, o senador mineiro-carioca é um santo!

Confira abaixo a reportagem do jornalista Rubens Valente - autor do imperdível livro "Operação banqueiro" sobre as tramóias do agiota Daniel Dantas - que deu a maior ressaca em Aécio Neves:

*****

Delator afirma que diretor da UTC levou R$ 300 mil a Aécio


Em delação premiada homologada pelo STF, Carlos Alexandre de Souza Rocha, entregador de dinheiro do doleiro Alberto Youssef, afirmou que levou R$ 300 mil no segundo semestre de 2013 a um diretor da UTC Engenharia no Rio de Janeiro, que lhe disse que a soma iria ao senador Aécio Neves (PSDB-MG).

Rocha, conhecido como Ceará, diz que conheceu Youssef em 2000 e, a partir de 2008, passou a fazer entregas de R$ 150 mil ou R$ 300 mil a vários políticos.

Ele disse que fez em 2013 “umas quatro entregas de dinheiro” a um diretor da UTC chamado Miranda, no Rio.

Também em depoimento, o diretor financeiro da UTC, Walmir Pinheiro Santana, confirmou que o diretor comercial da empreiteira no Rio chamava-se Antonio Carlos D’Agosto Miranda e que “guardava e entregava valores em dinheiro a pedido” dele ou de Ricardo Pessoa, dono da UTC.

Nem Pessoa, também delator na Lava Jato, nem Santana mencionaram repasses a Aécio em seus depoimentos. A assessoria do senador chamou a citação de Rocha de “absurda” (leia abaixo).

Em uma das entregas, que teria ocorrido entre setembro e outubro daquele ano, Rocha disse que Miranda “estava bastante ansioso” pelos R$ 300 mil. Rocha afirmou ter estranhado a ansiedade de Miranda e indagou o motivo.

O diretor teria reclamado que “não aguentava mais a pessoa” lhe “cobrando tanto”. Rocha disse que perguntou quem seria, e Miranda teria respondido “Aécio Neves”, sempre segundo o depoimento do delator.

“E o Aécio Neves não é da oposição?”, teria dito Rocha. O diretor da UTC teria respondido, na versão do delator: “Aqui a gente dá dinheiro pra todo mundo: situação, oposição, […] todo mundo”.

O comitê da campanha presidencial do tucano em 2014 recebeu R$ 4,5 milhões da UTC em doações declaradas à Justiça. A campanha de Dilma recebeu R$ 7,5 milhões.

Rocha disse ter manifestado estranheza sobre o local da entrega ser o Rio de Janeiro, já que Aécio “mora em Minas”. Miranda teria respondido que o político “tem um apartamento” e “vive muito no Rio de Janeiro”.

O delator disse que não presenciou a entrega do dinheiro ao senador e que ficou “surpreso” com a citação.

Rocha prestou o depoimento em 1º de julho. Em 4 de agosto, foi a vez de Santana também dar declarações.

Embora tenha dito que Miranda não tinha “nenhuma participação no levantamento do dinheiro para formar o caixa dois” da construtora UTC, Santana observou que “pode ter acontecido algum episódio em que o declarante ou Pessoa informaram a Miranda quem seriam os destinatários finais da entrega”.

OUTRO LADO

A assessoria de Aécio Neves disse que considera “absurda e irresponsável” a citação a seu nome, “sem nenhum tipo de comprovação”.

“Trata-se de mais uma falsa denúncia com o claro objetivo de tentar constranger o PSDB, confundir a opinião pública e desviar o foco das investigações”. A assessoria cita o fato de que Ricardo Pessoa, dono da UTC, não incluiu Aécio na lista de quem recebeu recursos da empresa no esquema da Petrobras.

“A falsidade da acusação pode ser constatada também pela total ausência de lógica: o senador não exerce influência nas empresas do governo federal com as quais a empresa atuava e não era sequer candidato à época mencionada. O senador não conhece a pessoa mencionada e de todas as eleições de que participou, a única campanha que recebeu doação eleitoral da UTC foi a de 2014, através do Comitê Financeiro do PSDB”, diz a nota.

Procurada, a UTC disse que “a acusação não tem fundamento”.

*****

Será que agora o juiz Sergio Moro, responsável pela midiática Operação Lava-Jato, vai convocar para depor o presidente do PSDB? E o tal do "Ceará" será assediado pelos "jornalistas investigativos" da mídia tucana? A suspeita será motivo de comentários hidrófobos dos "calunistas" da TV Globo? Os fascistas mirins, que estão meio deprimidos com o declínio das suas marchas golpistas, deflagrarão uma campanha pelo "Fora Aécio"? Tantas perguntas com apenas uma resposta: Não! Já com relação ao cambaleante Aécio Neves, ele fará o óbvio. Negar as acusações e jurar que é inocente. 

Ele já fez isto, na maior caradura, quando eclodiu o escândalo do aeroporto construído com recursos públicos na fazenda do seu tio-avô em Cláudio, em Minas Gerais. Ele também negou que sua irmã, a poderosa Andrea Neves, privilegiasse com publicidade oficial as rádios da sua famiglia. Até hoje, ele jura que não conhece a Lista de Furnas. Aécio Neves é viciado nestas encenações. Em abril de 2011, ele foi barrado por uma blitz no Leblon (RJ) e se recusou a fazer o teste do bafômetro. Ele também negou que estivesse embriagado, mas sua carteira de habilitação foi apreendida pela polícia. O caso, porém, sumiu do noticiário. Ele conta com esta cumplicidade midiática para abafar qualquer denúncia envolvendo seu nome. Afinal, a corrupção planetária é invenção do PT e os tucanos são santos!

Maranguape e Tiradentes empatam no ultimo amistoso do ano

Dando início as experiências com os novos atletas contratados para o campeonato cearense da Série A 2016 , Maranguape e Tiradentes se enfrentaram na tarde desta quarta 30, penúltimo dia de 2015. Pelos lados do Gavião da Serra, o técnico Reginaldo  França utilizou um time em cada tempo praticamente o mesmo fez Vladimir de Jesus pelos lados do Tigre. e ao final 1x1 resutado que mostrou bem o equilíbrio das duas equipes. Neste domingo o Maranguape fara seu segundo amistoso de preparação diante do Fortaleza no Alcides Santos.
Já o Tiradentes fara seu segundo amistoso  na próxima semana  porem ainda sem adversário definido.

Ficha Técnica
Maranguape 1 x 1 Tiradentes

Amistoso – 30/12/2015

Estádio Moraisão – Maranguape Ceará

Arb. Adriano Barros
Aux 1. George Genuca
Aux2. Roberto Menezes

Gols: Marcelo (TIR) e Jhony (MAR)

Maranguape: Téo(Maílson), Emerson (Marcos), Junior Alves(Artur), Jhony(Wesley) e Janeilton(Albano): Anderson (Josias), Piter(Guilherme), Gaúcho(Leandro) e Ronaldinho(Dendê): Adilson (Bruno) e Nilsinho(Negão).

Técnico: Reginaldo França

Tiradentes:Fabio Lima(Flavio), Ivonaldo(Jailson), Kelvin(Rafael), Marcelo(Gel) e Teles: Cesar Sampaio(Sourin), Marcel (Diego Paulista), João Felipe (Denis) e Luís Fernando(Tailan): Marcinho(Adriano) e Rafinha(Canga).

Técnico :Vladimir de Jesus

Confira os gols 

 

Manifestação em apoio a Chico Buarque lota bar no Leblon, Rio

O happy hour em um bar do Leblon, na Zona Sul do Rio, foi embalado pelo tom político e por músicas de Chico Buarque na noite desta terça-feira (29). Muitas pessoas se reuniram no local para manifestar apoio ao cantor e compositor que foi hostilizado por um grupo de jovens na semana passada por causa de suas posições políticas.

O bar estava lotado e a calçada tomada por pessoas de várias idades. Garçons afirmaram que o movimento era típico para uma noite de verão carioca. Mas o evento, organizado pelas redes sociais, pode ter impactado no público do bar. Mais de 24 mil pessoas haviam confirmado presença no "Rolezinho com Chico Buarque no Leblon", como foi apelidado o evento.

Um grupo pintava camisas, com a técnica de silk, com o rosto do cantor e com frases como "Golpe nunca mais" e "#TodxsdeChico". Muitos aguardavam a presença do ídolo, que até as 21h não havia comparecido. O público cantou músicas consagradas, como "A banda" e "Apesar de você" - canção considerada um hino de repúdio à ditadura militar

Entre os manifestantes estava a jornalista Graça Lago, de 64 anos, que usava uma camiseta estampada com o rosto de Chico Buarque. Ela disse que, mais do que prestar apoio ao músico, estava lá motivada por uma questão ideológica.

"A gente vive momento de intolerância, em que todo mundo tem que se posicionar. É hora de cada cidadão lutar contra o ódio. As pessoas têm que aprender a respeitar a democracia, o voto, a opinião do outro", afirmou Graça.
Ela criticou ainda as ofensas sofridas pelo músico. "Chamar o Chico de 'm...' é absoluto desconhecimento do que é a arte neste país. Chico Buarque é um patrimônio da nossa cultura", defendeu.

Ofensas na saída de bar
Na noite da segunda-feira (21), o músico saía de um restaurante no bairro quando foi questionado por jovens sobre o fato de ser petista. Na ocasião, ele ouviu ironias sobre um apartamento que teria em Paris. 'Você é um m****, quero ouvir da sua boca: quem apoia o PT o que é?', perguntou um dos jovens. 'É petista', respondeu Chico Buarque. O vídeo da discussão viralizou pelas redes sociais.

Nas imagens, Chico aparece em meio ao bate-boca em que frases como “Petista, vá morar em Paris. O PT é bandido” podem ser ouvidas. Chico ouve, sorri e diz que o grupo é influenciado por veículos de comunicação: “Eu acho que o PSDB é bandido”, afirma.

O cineasta Cacá Diegues, que estava com o cantor, apenas acompanhava a discussão de longe, sorrindo. Apesar do tom exaltado dos interlocutores, tudo terminou na mais perfeita paz.


Governo quita 'pedaladas' e deixa golpismo sem argumento

O Tesouro Nacional informou hoje (30) que a União pagou R$ 72,375 bilhões em passivos junto a bancos públicos e ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Do total, R$ 55,572 bilhões se referem a passivos de 2014 e R$ 16,803 bilhões a obrigações de 2015.
 
O Tesouro explicou que fez os pagamentos seguindo entendimento do Tribunal de Contas da União (TCU).

Do volume em pagamentos, R$ 70,9 bilhões são recursos da conta única do Tesouro. Destes, R$ 21,1 bilhões são recursos de emissões de títulos realizadas anteriormente, sem necessidade de emitir novos títulos. Os R$ 49,8 bilhões restantes vieram de outras fontes da conta única.

Além disso, o Tesouro informou que cerca de R$ 1,5 bilhão, devido ao Banco do Brasil, será acertado por meio da emissão direta de títulos, sem necessidade de realização de novos leilões. O secretário do Tesouro Nacional, Otávio Ladeira, concede entrevista esta tarde para falar sobre o pagamento dos repasses atrasados.

Tiradentes é rebaixado para a série B 2016

Embasada no artigo 40 da Lei 13.155/15, que determina que o clube que não apresentar regularidade fiscal, atestada por meio da apresentação da Certidão Negativa de Débitos, apresentação de certificado de regularidade do FGTS e a comprovação de pagamento dos vencimentos acertados em contratos de trabalho e dos contratos de imagem dos atletas, participará da divisão imediatamente inferior a que se encontra classificada. A diretoria de competições da FCF publicou na tarde desta terça feira 29, em seu site oficial o rebaixamento da equipe da Associação Esportiva Tiradentes a Série B cearense em 2016 e a ascensão do Itapaje a série A .


O Tiradentes foi rebaixado para a Segunda Divisão após não apresentar as certidões negativas de débitos até esta segunda-feira (29), prazo que marcava 20 dias para a estreia da competição estadual, marcada para o dia 17 de janeiro. Dos dez times cearenses, apenas o Tigre da PM não conseguiu apresentar as documentações exigidas pelo Programa de Modernização da Gestão e de Responsabilidade Fiscal do Futebol Brasileiro (Profut).


Com isso, o Itapajé acaba herdando a vaga deixada pelo Tiradentes para disputar a Série A do Cearense em 2016. Neste 2015, a equipe se terminou a Segundona na quarta colocação, obtendo a melhor posição entre os times que não conseguiram o acesso, além de ter apresentado toda a documentação necessária.


O Maracanã, que terminou uma posição acima do Itapajé na última edição da Segundona, "declinou formalmente do seu direito técnico de ficar com a vaga", de acordo com a Federação Cearense de Futebol.

Aécio Neves recebeu propina de diretor da UTC, diz delator

Em delação premiada homologada pelo STF, Carlos Alexandre de Souza Rocha, entregador de dinheiro do doleiro Alberto Youssef, afirmou que levou R$ 300 mil no segundo semestre de 2013 a um diretor da UTC Engenharia no Rio de Janeiro, que lhe disse que a soma iria ao senador Aécio Neves (PSDB-MG).
Rocha, conhecido como Ceará, diz que conheceu Youssef em 2000 e, a partir de 2008, passou a fazer entregas de R$ 150 mil ou R$ 300 mil a vários políticos.
Ele disse que fez em 2013 “umas quatro entregas de dinheiro” a um diretor da UTC chamado Miranda, no Rio.
Também em depoimento, o diretor financeiro da UTC, Walmir Pinheiro Santana, confirmou que o diretor comercial da empreiteira no Rio chamava-se Antonio Carlos D’Agosto Miranda e que “guardava e entregava valores em dinheiro a pedido” dele ou de Ricardo Pessoa, dono da UTC.
Nem Pessoa, também delator na Lava Jato, nem Santana mencionaram repasses a Aécio em seus depoimentos. A assessoria do senador chamou a citação de Rocha de “absurda”.
Em uma das entregas, que teria ocorrido entre setembro e outubro daquele ano, Rocha disse que Miranda “estava bastante ansioso” pelos R$ 300 mil. Rocha afirmou ter estranhado a ansiedade de Miranda e indagou o motivo.
O diretor teria reclamado que “não aguentava mais a pessoa” lhe “cobrando tanto”. Rocha disse que perguntou quem seria, e Miranda teria respondido “Aécio Neves”, sempre segundo o depoimento do delator.
“E o Aécio Neves não é da oposição?”, teria dito Rocha. O diretor da UTC teria respondido, na versão do delator: “Aqui a gente dá dinheiro pra todo mundo: situação, oposição, […] todo mundo”.
O comitê da campanha presidencial do tucano em 2014 recebeu R$ 4,5 milhões da UTC em doações declaradas à Justiça. A campanha de Dilma recebeu R$ 7,5 milhões.
Rocha disse ter manifestado estranheza sobre o local da entrega ser o Rio de Janeiro, já que Aécio “mora em Minas”. Miranda teria respondido que o político “tem um apartamento” e “vive muito no Rio de Janeiro”.
O delator disse que não presenciou a entrega do dinheiro ao senador e que ficou “surpreso” com a citação.
Rocha prestou o depoimento em 1º de julho. Em 4 de agosto, foi a vez de Santana também dar declarações.
Embora tenha dito que Miranda não tinha “nenhuma participação no levantamento do dinheiro para formar o caixa dois” da construtora UTC, Santana observou que “pode ter acontecido algum episódio em que o declarante ou Pessoa informaram a Miranda quem seriam os destinatários finais da entrega”.
A assessoria de Aécio Neves disse que considera “absurda e irresponsável” a citação a seu nome.

Corrupção de Furnas

Durante depoimento à CPI da Petrobras em agosto deste ano, o doleiro Alberto Yousseff afirmou que Aécio Neves recebeu dinheiro da corrupção de furnas, subsidiária da Eletrobras.

“Eu confirmo (que Aécio recebeu dinheiro de corrupção) por conta do que eu escutava do deputado José Janene, que era meu compadre e eu era operador dele”, disse o doleiro.

NOTÍCIA SOBRE AÉCIO SOME DA CAPA DO UOL

Uma denúncia sobre propina envolvendo o nome do senador Aécio Neves foi manchete do portal Uol na manhã desta quarta-feira 30, por volta de 6h, mas às 8h já havia desaparecido misteriosamente. Depois que leitores notaram o sumiço da matéria, ela reapareceu, por volta de 9h.
A reportagem de Rubens Valente, da Folha, mereceu apenas nota de rodapé na capa do jornal impresso. A matéria destaca o trecho de um depoimento do delator Carlos Alexandre de Souza Rocha, apontado como entregador de dinheiro do doleiro Alberto Youssef. Ele contou aos investigadores da Lava Jato ter levado R$ 300 mil a um diretor da UTC Engenharia no Rio, que seria entregue ao senador tucano.
Segundo Rocha, o diretor da UTC, chamado Miranda, "estava bastante ansioso" para receber o dinheiro, pois "não aguentava mais a pessoa" lhe "cobrando tanto". Rocha teria perguntado quem era e Miranda respondeu Aécio Neves.
Por meio de sua assessoria, o tucano chamou de "absurda" a citação de seu nome. Anteriormente, Aécio já havia sido citado pelo próprio Youssef como responsável por um mensalão em Furnas.

Dilma reajusta mínimo acima da inflação: R$ 880

Apesar da crise econômica, a presidente Dilma Rousseff manteve a política de reajustes reais do salário mínimo e fixou em 11,1% o aumento do piso salarial no País.
A partir de sexta-feira, 1º de janeiro de 2016, o salário mínimo no Brasil passará dos atuais R$ 788 para R$ 880,00. O decreto será publicado na edição desta quarta-feira 30 do Diário Oficial da União.
O valor também é superior às previsões iniciais do Palácio do Planalto, que trabalhou com uma estimativa inicial de R$ 865,50 quando enviou a proposta de Orçamento de 2016 ao Congresso Nacional.
Quando o Congresso aprovou, no último dia 17, a previsão era de R$ 870,99. Mais de 40 milhões de trabalhadores recebem o piso nacional, por isso o salário mínimo tem forte impacto na economia.

Amigos do Everton X Amigos do Coelho - futebol solidário em Maranguape

Com a presença de vários atletas profissionais que no momento atuam no Fortaleza como Everton, Correia, Elivelton, Pio... E outros que já vestiram a camisa tricolor e ainda estão em atividade em outros clubes ou centros, como Coelho, Rogério, Erandir, além dos que já pararam a algum tempo, como Gildásio e Sérgio dentre outros, acompanhados de amigos “peladeiros” eles organizaram na manhã deste domingo 27, no estádio Moraisão em Maranguape um confronto solidário entre, Os amigos do Everton e Os amigos do Coelho. 
A entrada era um quilo de alimento não perecível. Ao final, apesar da folgada vitória dos amigos do Coelho em campo 6x3, todos foram vencedores no item solidariedade, pois levaram alimento a muitas famílias carentes da região.
 
Confira o Evento na Íntegra
 
 

Pelo terceiro ano consecutivo Pacatuba atinge a meta de 100% de vacinação contra a febre aftosa

A Secretaria do Desenvolvimento Agrário de Pacatuba recebeu da Adagri (Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Ceará) os cumprimentos pela meta alcançada pelo município durante a campanha de vacinação contra a febre aftosa.

Graças aos esforços da equipe da SDA que também contou com total apoio do Prefeito Dr. Alexandre, o município atingiu os 100% de cobertura vacinal contra a aftosa, contribuindo para que o Estado continue sendo classificado como zona livre da febre aftosa. 

A meta de vacinação vem sendo cumprida pelo terceiro ano consecutivo e demonstra o compromisso e responsabilidade do município com os produtores pacatubanos.

Prefeitura liquida mais uma dívida junto ao PacatubaPrev

O Ministério da Previdência social, realizou uma auditoria Fiscal no PACATUBAPREV e detectou uma diferença nas guias de repasses dos parcelamentos referente ao período 2011 à 2012 no valor de R$ 43.393,42 (quarenta e três mil, trezentos e noventa e três reais e quarenta e dois centavos). 

A prefeitura já efetuou a liquidação da referida dívida em 23.12.2015.

Lava Jato suspende pauta conservadora de Cunha

Denunciado na Lava Jato e podendo ser afastado do comando da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) não conseguiu avançar com a pauta conservadora apoiada pelas bancadas ruralista, evangélica e de policiais, conhecidas como “BBB” – bala, boi e Bíblia.
Exaltada no início da legislatura, e tocada em alta velocidade por seus aliados em várias comissões da Câmara, a agenda de temas conservadores perdeu força desde que o deputado fluminense rompeu politicamente com o governo Dilma Rousseff, em meados de julho.
Na lista das propostas "paralisadas" estão duas, de autoria do próprio Cunha, como o projeto de alteração da Lei de Atendimento às Vítimas de Violência Sexual e da criação do Dia do Orgulho Heterossexual. A primeira dificulta o acesso ao aborto legal para vítimas de estupro. Também condiciona a permissão da interrupção da gravidez à comprovação de um exame de corpo de delito e um comunicado à autoridade policial. O texto chegou a ser aprovado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) em outubro, mas desde então aguarda votação no plenário da Câmara.
A criação do Dia do Orgulho Heterossexual não chegou a ir tão longe e,atualmente,está em discussão na Comissão de Direitos Humanos e Minorias. A proposta prevê pena de até três anos para quem "discriminar" heterossexuais e determina que as medidas e políticas públicas antidiscriminatórias atentem para essa possibilidade.
Também são pauta da bancada BBB o Estatuto do Desarmamento e o Estatuto da Família, ambos na fila de espera para votação no plenário da Câmara. Na lista de matérias encampadas pelo presidente da Câmara está ainda a PEC da redução da maioridade penal de 18 para 16 anos. O texto chegou ser aprovado pelo plenário e foi encaminhado ao Senado. O mesmo empenho dedicado pelos deputados não teve eco, porém, na Casa revisora, que “congelou” o debate.

Ceará tem quatro faculdades entre as piores do Brasil, aponta o MEC

A última avaliação do Ministério da Educação (MEC) aponta que de 2.042 instituições de ensino superior no Brasil, 324 foram insatisfatórias - a maioria delas faculdades. No Ceará, quatro instituições foram reprovadas em qualidade de ensino superior: Instituto de Ensino superior de Fortaleza (Iesf), Faculdade de Medicina Estácio Juazeiro do Norte, Faculdade de Ciências Humanas de Fortaleza e Faculdade Kurios.

O IGC (Índice Geral de Cursos) do MEC vai de 1 a 5, mas são reprovadas àquelas que ficaram abaixo da faixa 3. O indicador é calculado com base na média ponderada dos Conceitos Preliminares de Curso (que levam em conta o rendimento dos alunos no ENADE, infraestrutura e qualidade do corpo docente) e dos conceitos de mestrado e doutorado, ancorados na avaliação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoa de Nível Superior (Capes).

Para o IGC, são levados em conta os Conceitos Preliminares de Curso dos cursos avaliados no ano do cálculo e nos dois anos anteriores. As notas 1 e 1 são insuficientes. Todas as faculdades cearenses citadas acima ficaram com IGC dentro da faixa 2, apenas com IGC contínuo diferentes: Iesf (1,650), Faculdades de Medicina Estácio Juazeiro (1,663); Faculdade de Ciências Humanas de Fortaleza (1,740) e Faculdade de Tecnologia Intensiva (1,864).

A única universidade que integra a lista é a Fundação Universidade do Tocantins( UNITINS). Além dela, aparece na lista o Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Acre, que assim como a UNITINS é instituição pública.
Serviço
Confira a lista completa acessando o site do Inep 

Apressada no golpe, mídia fica desconcertada

Globo, Folha e Estado de S. Paulo destacam em suas manchetes que o relator das contas da presidente Dilma Rousseff em 2014, o senador Adir Gurgacz (PDT-RO), "contraria" o Tribunal de Contas da União, como se ele fosse obrigado a seguir o TCU; manchetes revelam apenas como o golpismo que marcou o ano de 2015 passou o carro na frente dos bois; partidos de oposição, aliados a jornais conservadores, pretendiam cassar uma presidente eleita acusando-a de um suposto crime (as chamadas 'pedaladas') que não foi julgado; detalhe: o Senado é soberano e nada obriga a instituição a seguir recomendações do TCU

"Relator contraria TCU e pede aprovação das contas de Dilma", grita a manchete principal do jornal O Globo.
 
Internamente, a Folha de S. Paulo usa o mesmo texto: "Relator contraria TCU e pede aprovação das contas de Dilma".

No Estado de S. Paulo, uma ligeira mudança: "Relator sugere aprovar contas de Dilma e contraria TCU".

O que chama a atenção nas três manchetes é o uso do verso contrariar, como se o senador Adir Gurgacz (PDT-RO) fosse obrigado a seguir as recomendações do Tribunal de Contas da União.

Na realidade, o TCU apenas aconselha os senadores, que são soberanos para julgar as contas presidenciais. Ou seja: as manchetes demonstram apenas o quanto alguns jornais conservadores foram apressados em sua cruzada golpista. Pretendiam cassar o mandato de uma presidente legitimamente eleita, acusando-a de um suposto crime (as 'pedaladas fiscais') que ainda nem foi julgado (saiba mais em Voto do relator comprova artificialidade do golpe).

Nas reportagens dos jornais, há também outro ponto comum. O relator é sempre tratado como um "aliado do governo Dilma", como se isso desqualificasse seu voto.

No entanto, ao longo de 2015, os ministros do TCU, e e em especial o relator Augusto Nardes (citado na Zelotes), jamais foram citados como "aliados" da oposição ou da mídia. Seus votos, que, repita-se, não têm o peso de uma decisão judicial, foram tratados como sentença definitiva e transitada em julgado pelos arquitetos do golpe.

Sabe-se agora como a mídia e os golpistas passaram o carro na frente dos bois. Tudo indica que as contas da presidente Dilma em 2014 serão aprovadas. E as de 2015 nem começaram a ser avaliadas.

Chico Buarque é atacado no Leblon por causa de suas posições políticas

Chico Buarque saía de um jantar no Leblon quando foi cercado por um grupo de jovens que o questionaram por causa de suas posições políticas. Apesar da truculência dos agressores, o cantor e compositor permaneceu calmo e rebateu as provocações com ironia

Chico Buarque foi cercado na noite da última segunda-feira no Leblon, Zona Sul da cidade, onde reside., por um grupo de jovens que se declararam ‘antipetista’. O cantor e compositor, que tem posições políticas assumidamente de esquerda, defendeu o Partido dos Trabalhadores (PT).

Chico saía de um jantar no restaurante Sushi Leblon, localizado na Rua Dias Ferreira, acompanhado do cineasta Cacá Diegues e do escritor e jornalista Eric Napomuceno.
Entre os agressores que abordaram o ícone da mpb estava o filho de Alvaro Garnero, empresário paulista. Herdeiro de uma família trasdicional, Alvaro se filiou ao PRB e cogitou ser candidato a deputado federal.

No vídeo com cerca de 1 minuto (assista abaixo), um dos jovens grita: “Petista, vá morar em Paris. O PT é bandido”. Em resposta, Chico diz, em tom de voz controlado: “Eu acho que o PSDB é bandido, e aí?”.

Apesar da agressividade dos jovens, Chico permaneceu calmo e ironizou a posição política do grupo, dizendo que “com base na revista Veja, não dá para se informar”. Um dos agressores, então, replica: “A minha opinião é a minha opinião”.


 

Jean Wyllys denuncia nova manobra do ‘bandido’ Eduardo Cunha

De Jean Wyllys, no Facebook:
No apagar das luzes da Câmara dos Deputados, Cunha tentará hoje, na Comissão de Constituição e Justiça, seu último golpe do ano para anular mais uma vez todo o trabalho do Conselho de Ética. Após sete tentativas, seis delas prejudicadas pela tropa de Cunha, o Conselho finalmente conseguiu aprovar a continuidade do processo apresentado pelo PSOL e pela Rede Sustentabilidade, pedindo a cassação do mandato do presidente da Câmara por quebra de decoro parlamentar.
Três dos integrantes da tropa de Cunha estão envolvidos no novo golpe: o deputado Arthur Lira (PP-AL), presidente da Comissão de Constituição e Justiça; Carlos Marun (PMDB-MS), autor do recurso na CCJ para anular a decisão do Conselho de Ética contra Eduardo Cunha, e Elmar Nascimento (DEM-BA), relator do recurso. Este último já declarou publicamente à imprensa que aceitará mais essa manobra a favor de Cunha.
Nós do PSOL passamos o ano todo denunciando que Eduardo Cunha usa o cargo de presidente da Câmara dos Deputados para atrapalhar as investigações contra ele, incluindo o processo no Conselho de Ética da Câmara. Interferência que foi reconhecida pelo Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, como um dos motivos para pedir o afastamento de Cunha tanto da presidência da Câmara como do cargo de Deputado Federal.
Digo e repito: Cunha é uma ameaça à democracia. O nosso país e a Câmara dos Deputados não podem ficar reféns dos interesses desse bandido.

Hoje na História: 1808 - Sinfonia n.º5 de Beethoven é executada pela primeira vez em Viena

Execução foi tão medíocre que obrigou o compositor, praticamente surdo, mas que atuava como regente, a interrompê-la para reiniciá-la desde o começo

Estreia em 22 de dezembro de 1808 a Sinfonia n.º5, em Dó menor, opus 67, de Ludwig van Beethoven, em Viena. Se as críticas iniciais deixaram de reconhecer na Sinfonia n.º5 uma das maiores peças musicais jamais escritas, é necessário entender as condições adversas sob as quais a obra foi pela ouvida primeira vez.


No local do concerto fazia um frio de rachar. Passaram-se duas horas de um programa enorme de mais de quatro horas de duração antes da sinfonia começar a ser executada e a orquestra havia ensaiado pouco. No dia, a execução foi de tal forma medíocre que obrigou o compositor, praticamente surdo àquela altura, mas que atuava como regente, a interrompê-la em uma determinada passagem para reiniciá-la desde o começo. Foi, em tudo e por tudo, um início pouco auspicioso para um acontecimento cultural que logo se tornaria a peça da música clássica mais conhecida em todo o mundo.


Também estreou nessa mesma noite no Teatro An der Wien em Viena, o Concerto para Piano e orquestra nº 4 em Sol maior, opus 58 e a Sinfonia nº 6 em Fá maior, opus 68, a “Pastoral”. No entanto foi a Sinfonia n.º5 que, a despeito de sua insegura ‘première’, seria finalmente reconhecida como a maior conquista de Beethoven até esse ponto de sua carreira. Escrevendo em 1810, o crítico E. Hoffman consagrou Beethoven por ter superado os grandes Haydn e Mozart com uma obra que “nos abre de porta em porta o reino do colossal e do imensurável evoca o terror, o medo, o horror e a dor e desperta aquele anseio inesgotável que é a essência do Romantismo."



Essa percepção resistiria à passagem do tempo e a Sinfonia n.º5 rapidamente se tornou a quintessência do repertório clássico para as orquestras em todos os quadrantes. Beethoven, conhecido em seu tempo como ‘Tondichter’ “o poeta dos sons” abraçou o Iluminismo e se tornou defensor da Revolução Francesa, cujos ideais podem ser musicalmente notados, especialmente no segundo e no quarto movimento da 5ª Sinfonia. 

Construção


Esta obra traz uma das introduções musicais mais poderosas e impactantes jamais escritas: um ‘fortíssimo’ – sol, sol, sol, curtos, e um mi bemol, um pouco alongado – verdadeiro desafio para maestros, orquestras e público. O universo sonoro construído com base em quatro simples notas nos leva a uma dimensão musical nunca dantes conquistada. O professor de Hector Berlioz, Jean-François Le Sueur, quando a ouviu, ficou alucinado: “Quando saí da sala de concertos e tentei colocar o chapéu, não consegui encontrar minha cabeça”.



Contudo, além de suas qualidades revolucionárias como uma composição erudita, a Sinfonia n.º5 se mostraria com um enorme e duradouro poderio pop-cultural, graças principalmente ao motivo suscitado por suas primeiras e penetrantes quatro notas iniciais. Ela foi usada durante a Segunda Guerra Mundial para abrir a programação da rede BBC porque imitava a letra V, de Vitória, do código Morse.



Popularização



Não nos damos conta, mas Beethoven está presente até hoje em nosso dia-a-dia. Na entrega domiciliar do gás que é acompanhada da deliciosa composição juvenil ‘Für Elise”, nos comerciais da TV, a propaganda de uma lâmina de barbear, na trilha sonora de filmes como Laranja Mecânica de Stanley Kubrick, Minha Amada ImortalCopiando Beethoven, no brasileiroAppassionata.



Arturo Toscanini regeu-a em 8 de maio de 1945 em Nova York em homenagem ao Dia da Vitória. A transmissão da rendição das tropas do general Von Paulus ao Exército Vermelho em Stalingrado, em fevereiro de 1943, foi feita em Berlim, através da rádio alemã, pelo general Zeitzler, chefe do Alto Comando da Wehrmacht, precedida do rufar abafado de tambores e da execução do segundo movimento – andante com moto – da 5ª Sinfonia.



UTC pagou R$ 1,7 milhão ao DEM por proteção em CPI

Um dos delatores da Lava Jato, o diretor financeiro da UTC, Walmir Pinheiro Santana, detalhou à Procuradoria-Geral da República um acerto que teria sido feito em 2014 entre Ricardo Pessoa, dono da empreiteira, e o então senador Gim Argello (PTB-DF). Pelo acordo, o parlamentar atuaria para que Ricardo Pessoa não fosse chamado a depor na CPMI da Petrobrás. Em contrapartida, Ricardo Pessoa faria contribuições em favor de pessoas indicadas por Gim Argello.
No total foram pagos R$ 1,7 milhão em favor do DEM; em favor do PR, R$ 1 milhão; em favor do PMN, R$ 1,15 milhão; em favor do PRTB, também foram pagos R$ 1,15 milhão, perfazendo um total de R$ 5 milhões.
Segundo Walmir Santana, o acerto era ‘um tipo de blindagem’ para Ricardo Pessoa. "No início do mês de julho de 2014, Ricardo Pessoa se aproximou do declarante (Walmir Santana) e afirmou ter chegado a um acordo com Gim Argello no sentido de que ele, Ricardo Pessoa, fosse blindado em relação a CPI; que, em contrapartida, teriam que fazer doações no valor de R$ 5 milhões a pessoas que Gim Argello indicaria".
O executivo prestou depoimentos em 4, 5 e 6 de agosto à Procuradoria-Geral da República. Em um deles, Walmir Santana contou que após a instalação da CPMI, ‘existiam umas afirmações de que Ricardo Pessoa seria chamado para prestar depoimento’. O dono da UTC, segundo Walmir Santana, passou a procurar ‘pessoas dessa CPMI’ e chegou a Gim Argello, que teria ‘uma certa influência’ sobre Vital do Rêgo, então senador e presidente da CPMI e hoje ministro do Tribunal de Contas da União (TCU). Segundo Walmir Pinheiro Santana, Ricardo Pessoa reuniu-se algumas vezes com Gim Argello.
No depoimento, Walmir Santana declarou que o dono da UTC disse que ‘seria procurado por uma pessoa de nome Paulo Roxo, que teria maiores instruções de como proceder’. “Ainda no início de julho de 2014, Paulo Roxo esteve com o colaborador e Ricardo Pessoa, ocasião em que Paulo Roxo passou a lista do primeiro pagamento que seria realizado em 10 de julho”, declarou. “Seriam feitos depósitos para o PR (R$ 1 milhão), para o DEM (R$ 500 mil), PMN (R$ 250 mil) e para o PRTB (R$ 250 mil), totalizando R$ 2,5 milhões.”
“Os pagamentos tratados na reunião com Paulo Roxo em 18 de agosto foram realizados em 25 de agosto; 15 de setembro e 1 de outubro de 2010; que, esses pagamentos beneficiaram o DEM (R$ 600 mil), em 25 de agosto; em 15 de setembro também em favor do DEM, no valor de R$ 600 mil e o último, em 1 de outubro, no valor de R$ 300 mil em favar do PRTB e R$ 300 mil em favor do PMN; que, houve pagamentos em 30 de julho e 15 de agosto; que, esses pagamentos decorreram de contatos telefônicos com Paulo Roxo que o instruiu a realizar, em 30 de julho, pagamentos em favar de PMN, R$ 300 mil, e PRTB, R$ 300 mil; que, em 15 de agosto, novamente foram feitos pagamentos nos valores de R$ 300 mil para o PMN e R$ 300 mil em favor do PRTB”, diz trecho do depoimento publicado por Fausto Macedo em seu blog (aqui).
O DEM negou que tenha "qualquer relação" com o ex-senador Gim Argello, que "ademais sempre integrou partido da base do governo ao qual o DEM faz oposição". "Em 2014, o Democratas recebeu da UTC o valor de R$ 1 milhão, doação que foi devidamente declarada na prestação de contas do partido junto ao TSE", informou.
O PR disse que não comentaria o assunto. Gim Argelo e os demais partidos não se pronunciaram.

Sindicato APEOC exige publicação de atos de estabilidade e ascensão em janeiro de 2016

O atraso dos processos de ascensão funcional e estabilidade dos profissionais da Rede Estadual de Ensino foi novamente tema de uma audiência entre o Sindicato APEOC, professores e representantes do Governo do Estado. O encontro foi realizado na manhã desta segunda (21) na sede da Seduc e contou com a presença do vice-presidente estadual do Sindicato APEOC, Reginaldo Pinheiro, e do advogado e ouvidor, Ítalo Guerreiro. A secretária executiva da Seduc, Dalila Saldanha; a coordenadora de Gestão de Pessoas da Seduc, Giovana França; e o assessor especial de Acolhimento aos Movimentos Sociais do Estado, Acrísio Sena, também participaram da reunião. Um grupo de três professores que estão sofrendo com o atraso dos processos acompanhou as discussões e contribui durante a audiência.
 
publicação de atos de estabilidade e ascensão em janeiro de 2016.300x.01A Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) não enviou representante à audiência, o que causou bastante indignação aos sindicalistas e professores presentes. Isso porque, todos os processos, tanto de estabilidade quanto de ascensão, estão parados na Seplag. Diante de mais um impasse, o Sindicato APEOC quer o retorno imediato do trâmite dos processos.

Calendário da APEOC

O Sindicato APEOC exige que o Governo do Estado publique todos os atos referentes aos processos de estabilidade e das ascensões funcionais até o final do próximo mês e realize o enquadramento dos níveis e pagamento das ascensões na folha de fevereiro. Os representantes da Seduc e do Gabinete do Governador acolheram as reinvindicações do Sindicato e dos professores e ficaram responsáveis em marcar uma nova audiência até a primeira quinzena de janeiro para confirmar o calendário proposto.

Fala, professor!

Cristiano Rabelo, professor da Rede Estadual, participou da audiência junto com outros dois colegas que estão passando pelo mesmo problema do atraso das ascensões funcionais. O processo dele está parado desde fevereiro de 2015. Cristiano lamentou a ausência do Secretário de Planejamento e Gestão, Hugo Santana. Ele afirmou que a proposta de calendário apresentada pelo Sindicato APEOC e pelos professores presentes precisa ser respeitada e atendida pelo Governo.
Fala, sindicalista!

O vice-presidente da APEOC, Reginaldo Pinheiro, informou que o sindicato não abre mão das datas e atividades propostas. “Muitos processos já estão completando um ano de tramitação sem nenhuma justificativa. É inadmissível esperar ainda mais. Estaremos atentos e vigilantes para cobrar agilidade e pagamento dos benefícios”, concluiu Reginaldo.

Processos em Atraso

Até agora já são 244 professores com processos de ascensão funcional em atraso, divididos em doze lotes. Todos os processos se encontram na Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) e somam um valor total de R$ 402.624,11. Já em relação à estabilidade, são 63 professores com processos parados, todos na Seplag à espera de autorização para seguir o trâmite normal.

Estrela (Ex-Jogador do Pacatuba) foi considerado o craque do Cearense Serie C 2015

Chegou ao fim a votação para o craque do campeonato cearense da série C de 2015, o escolhido pela galera através do Facebook, mas precisamente na página da 5ive Street Fashion.

Foram mais de 225 votos nos atletas, foram indicados: Rian Dieymison Alto Santo, Mauro Gomes Alto Santo, Leilson Dantas Iguatu , Janeudo Santos  Alto Santo, Igor Carius  Iguatu,  Edson Carius Iguatu, Adriano Costa Floresta, Lincoln Santos Floresta, Rafael Costa Floresta e o vencedor Anildson Estrela Pacatuba.

Com 144 votos Estrela foi escolhido o craque da galera, o melhor jogador do cearense série C 2015. Todos que fazem parte da equipe Tmd Sports & 5ive Street parabenizam o atleta por esta conquista.

Pelo Pacatuba foram 11 jogos , 8 gols e várias assistências, saindo de campo várias vezes como o melhor da partida.

O kit Dog Stilly e o troféu serão entregues ao jogador no dia 26/12 as 19 horas na loja 5ive Street Fasion que fica no North Shopping Joquei 2ª piso.

Ficha do Atleta:
 
Nome: Anildson Luis Da Silva Soares ( Estrela )
Altura: 1,79
Peso: 77 kg
Clubes: Caucaia, Horizonte, Maranguape, Tiradentes, Pacatuba.


←  Anterior Proxima  → Inicio

Pacatuba Em Foco

Ouça-nos !

Agenda de Jogos da Semana

Quinta-Feira, 25, 20h00
Ferroviário x Sampaio Corrêa - Castelão

Sábado, 27, 09h30
Ceará x Fortaleza - PV

Domingo, 28, 19h00
Fortaleza x Corinthians - Castelão


Mais Acessadas

Total de Transeuntes

Votar ao Topo