Tecnologia do Blogger.

Featured Post

Diário do Bolso | ... foi outro 7 a 1. Igualzinho à seleção do Felipão.

Diário, foi outro 7 a 1. É, levei uma goleada esses dias. Igualzinho à seleção do Felipão. Olha só: 0 x 1 O Ricardo Salles, do Me...

APEOC

Postagens Populares

Sample Text

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation test link ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate another link velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur.

Arquivo do blog

Categories

Definition List

Definition list
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.
Lorem ipsum dolor sit amet
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.

Pages

Support

Need our help to upload or customize this blogger template? Contact me with details about the theme customization you need.

Ordered List

  1. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  2. Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  3. Vestibulum auctor dapibus neque.

Unordered List

  • Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  • Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  • Vestibulum auctor dapibus neque.

Pesquisar este blog

Pacatuba Em Foco

Ads 468x60px

Followers


Pacatuba Em Foco - A Melhor Calçada Virtual

sábado, 29 de setembro de 2012

Hebe Camargo morre aos 83 anos

A apresentadora Hebe Camargo, uma das pioneiras da televisão brasileira, morreu aos 83 anos, no dia de hoje, de parada cardíaca, em São Paulo.

Hebe retirou um tumor no intestino em 11 de março deste ano. Anteriormente, em 2010, ela passou por cirurgia e quimioterapia após ser diagnosticada com câncer no peritônio, membrana que envolve os órgãos do aparelho digestivo.

Em junho, outro susto: no dia 12, a apresentadora foi levada às pressas ao hospital para a retirada da vesícula. Um mês depois, ficou internada por cinco dias para realizar exames de rotina.

Em janeiro de 2010, Hebe Camargo foi internada no mesmo hospital, o Albert Einstein, em São Paulo, para a retirada de um tumor.

A operação ocorreu assim que os médicos diagnosticaram nódulos no peritônio, membrana que envolve a cavidade abdominal -um câncer raro, mas tratável, segundo a equipe do hospital.

Após a cirurgia, Hebe começou a fazer sessões de quimioterapia para combater a doença. Em março, em meio ao tratamento, voltou a gravar seu programa, então no SBT, emissora que a acolheu por 25 anos.

"Vou vivendo como se nada tivesse acontecido'', disse a apresentadora ao fim da gravação, acompanhada pela Folha de S.Paulo. "Vou para a quimioterapia e não sinto nada, é uma coisa mágica na minha vida'', contou.

Na ocasião, Hebe afirmou que foi um pouco relapsa com sua saúde. "Eu fui um pouco, só fazia exame de sangue'', disse, completando que nunca teve nenhuma doença. "Só ia no hospital pra fazer plástica, ou no peito ou na cara.''

A apresentadora falou ainda sobre a perda de cabelos acarretada pela quimioterapia. "O meu médico comentou com meu sobrinho que meus cabelos iam cair, e foram os cabelos dele que começaram a cair de medo [de contar]. Quando eu soube, não tive impacto nenhum'', disse.

Hebe contou que ligou então para uma conhecida e fez "umas três, quatro perucas''. "Vocês estão crentes que é o meu cabelo? É peruca, pode fotografar!''

Em abril, a assessoria de imprensa da apresentadora afirmou que o câncer que a acometia já não existia mais.

http://diariodonordeste.globo.com/noticia.asp?codigo=346261&modulo=964

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Feridos em explosão de caldeira continuam internados em estado grave

imageAs sete pessoas que ficaram feridas na tarde da última quinta-feira (28) após a explosão de uma das caldeiras da fábrica de Gorduras e Margarinas Especiais (GME) do Grupo M. Dias Branco continuam internadas em estado grave. De acordo com o Instituto Dr. José Frota (IJF), o estado dos funcionários da fábrica é estável, mas eles ainda correm risco de vida. As queimaduras foram graves e atingiram grande parte dos corpos.

Os pacientes estão internados no Centro de Tratamento de Queimados (CTQ) do hospital. Foto: Kiko Silva

O acidente aconteceu por volta das 16h durante a manutenção no reator de uma das caldeiras da fábrica. De acordo com o major do Corpo de Bombeiros Militar (CBM), Cláudio Barreto, funcionários faziam manutenção no equipamento quando houve a explosão. "Ainda é cedo para afirmar o que houve, mas pode ter ocorrido um vazamento de hidrogênio, que se misturou com outra substância inflamável, gerando a explosão", disse.

Na última quinta-feira (28) a fábrica informou por meio de uma nota que, "as causas do acidente estão sendo apuradas por uma equipe técnica especializada, mas não existem riscos relacionados às instalações ou comunidades próximas". A direção da empresa disse que, "está direcionando todos os esforços para prestar integral assistência aos colaboradores".

http://diariodonordeste.globo.com/noticia.asp?codigo=346219&modulo=966

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

INTERNET - Debate com candidatos de Maracanaú na TV DN

Ciro Augusto, Firmo Camurça, Júlio César e Sérgio Moraes discutem propostas para a cidade, hoje, a partir das 10h

Os candidatos a prefeito de Maracanaú participam, hoje, a partir das 10h, do quarto debate online promovido pela webtv do Diário do Nordeste, a TV DN. Durante 90 minutos, os prefeituráveis apresentarão suas propostas para a cidade em quatro blocos. Internautas e eleitores podem enviar perguntas e interagir durante todo o evento através do perfil do Diário do Nordeste no Facebook ou da hashtag #debatediario no Twitter.

Além da discussão de hoje, a TV DN já realizou, neste ano, outros três debates com prefeituráveis de municípios cearenses FOTO: JOSÉ LEOMAR

Pelo menos quatro candidatos disputam a Prefeitura Municipal de Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza: Ciro Augusto (PSOL), Firmo Camurça (PR), Júlio César (PSD) e Sérgio Moraes (PRTB). Todos eles deverão se pronunciar em ordem alternada nos quatro blocos do debate, que será transmito através da internet e de forma ininterrupta.

Sugestões

No primeiro momento, cada um deles deverá apresentar quem são e dizer suas sugestões para governar Maracanaú. Essa parte terá duração total de 13 minutos. Em seguida, os prefeituráveis responderão questionamentos que farão entre si. Esse bloco será o mais longo, com 40 minutos. Já a terceira parte do debate é destinada às perguntas feitas por internautas. Durante 27 minutos, os postulantes responderão as perguntas selecionadas pela comissão organizadora do debate. Por fim, eles terão dois minutos cada um para fazer as considerações finais.

Os quatro candidatos a prefeito de Maracanaú têm presença pré-confirmada no debate de hoje. A população poderá acompanhar a apresentação de propostas e soluções aos problemas de Maracanaú através do endereço oficial da TV DN (http://tv.diariodonordeste.com.br/). Os pleiteantes reconhecem a importância do primeiro debate online promovido para discutir questões de interesse da população de Maracanaú.

O candidato Ciro Augusto (PSOL) acredita que participará de um bom debate, alegando que são significativas as possibilidades que a internet pode conferir ao debate eleitoral, fazendo com que o eleitorado conheça melhor os diferentes pensamentos políticos dos prefeituráveis da cidade. "É um espaço muito importante para que parte da população maracanauense possa ter contato com as diferentes concepções políticas e projetos da cidade apresentados pelos candidatos. Como é um espaço democrático, as forças se igualam. Teremos um bom debate de ideias sem a interferência do poderio econômico", acredita Ciro.

Planejamento

Já o candidato Firmo Camurça (PR) aposta que o espaço do debate será importante para que ele possa apresentar suas propostas e mostrar o trabalho que desenvolveu como vice-prefeito. "Será uma oportunidade para continuar apresentando as propostas que vem sendo mostradas para a população de Maracanaú. Que o debate sirva mais ainda para mostrar o planejamento para o próximo mandato. Isso vem sendo feito diariamente nas ruas e será ampliado num canal de comunicação como é o Diário do Nordeste", declarou o pleiteante do PR.

A reportagem não conseguiu entrar em contato com os candidatos Sérgio Moraes (PRTB) e Júlio César (PSD). Além da discussão de hoje, a TV DN já realizou outros três debates com candidatos a prefeito de municípios cearenses. O primeiro, com os candidatos a prefeito de Fortaleza, se destaca pelo pioneirismo na utilização do formato de debate web no Ceará. O segundo foi com os candidatos de Caucaia, município da Região Metropolitana de Fortaleza. O terceiro convidou os prefeituráveis de Sobral, na zona norte do Estado. Agora, é a vez dos que disputam a prefeitura de Maracanaú apresentarem suas propostas.

http://diariodonordeste.globo.com/materia.asp?codigo=1186083

Salários de vereadores de Uruoca têm reajuste de 120%

Com vigência para a partir de 2013, Câmara Municipal aprova reajuste salarial que causa polêmica

Uruoca - Os vereadores deste Município passarão a receber a partir de 2013 subsídios no valor de R$ 6.012,71, de acordo com o projeto de lei Nº 001/2012, de 27 de agosto de 2012, aprovada na última semana. O valor representa reajuste de 120% nos vencimentos parlamentares.

Praça central do Município onde há críticas aos novos salários parlamentares Foto: Marcelo Cabral

De acordo com a presidente da Câmara, Maria Aldebiza Silveira Carneiro, o reajuste previsto para a próxima legislatura está dentro dos parâmetros estabelecidos pela Lei Orgânica do Município, sendo válida para o período de 2013 até 2016.

"Estamos de acordo com a lei do Município e dentro do que é permitido pela Constituição Federal. Mesmo com esse aumento, ainda não atingimos nosso teto salarial", afirmou.

Abusivo

O vereador Francisco Eudes Albuquerque, conhecido como Tiril, foi o único a votar contra o projeto de lei. Segundo ele, o aumento de mais de 100% nos subsídios é abusivo e absurdo. "Em 2011 demos um aumento salarial para os professores de cerca de 30%; esse ano, o aumento foi de cerca de 20%, totalizando algo entre 50% e 55%. Como podemos ter um aumento de quase 120%?", indagou.

Ele diz ainda que muitos moradores não ficaram de acordo com o índice, gerando um clima de animosidade na cidade.

O atual prefeito Manuel Fernandes Moreira Filho, mais conhecido como Manuel Conrado, afirmou que a taxa de aumento é absurda. "Sou completamente contra esse reajuste. O Município está passando por um momento difícil devido à seca, e aprovar esse novo subsídio é uma falta de respeito para com o cidadão", disse.

Manuel diz que repudia a decisão da Câmara, não tendo certeza se tais índices estão dentro do permitido por lei.

Uruoca conta hoje com nove vereadores e o projeto foi aprovado por seis votos a um. Desses, quatro tentam a reeleição, de acordo com o site do Tribunal Eleitoral do Ceará (TRE). A presidente da Câmara não vota e um dos vereadores estava ausente no dia da votação.

Parâmetros

De acordo com o promotor eleitoral da 24º Zona, Irapuã Dionísio Júnior, o aumento dos subsídios dos vereadores deve estar dentro dos parâmetros estabelecidos pela Lei Orgânica do Município. "Como exemplo, cito a cidade de Santana do Acaraú, onde a Lei Orgânica dispõe que o aumento dos vereadores e prefeitos deve ser feito usando o reajuste dos servidores públicos como parâmetro", explicou.

A promotora de Justiça, Terezinha Antônia de Albuquerque Gomes, responsável pela Comarca de Uruoca, solicitou à Câmara de Vereadores mais informações acerca da matéria legislativa que versou sobre o aumento. "Existem alguns casos de vedação dentro do parâmetro eleitoral. Caso sejam constatadas dentro desse projeto de lei, ele será encaminhado para o promotor eleitoral responsável pela zona, que deverá tomar as devidas providencias", explicou.

Indignação

Segundo Francisco das Chagas Junior, eleitor sobralense que trabalha em Uruoca, moradores estão indignados com a taxa de aumento. "Muitos servidores públicos municipais estão se sentindo roubados, pois o aumento correspondente a eles é mínimo em comparação ao cedido para os vereadores, que está acima dos 100%", disse.

"Fora isso, a cidade está pedindo por investimentos na limpeza das ruas e manutenção de prédios públicos. Esse dinheiro seria melhor aplicado se não fosse revestido para o bolso dos vereadores", disse um funcionário da Prefeitura, que preferiu não se identificar.

Segundo a presidente da Câmara, o projeto de lei obedece ao artigo 29 da Constituição Federal, que regula a fixação dos subsídios dos vereadores de Municípios que possuam entre dez mil e 50 mil habitantes no máximo de 30% dos subsídios dos deputados estaduais, observando-se a lei municipal. Além disso, o total não pode ultrapassar o montante de 5% da receita registrada no Município.

Legislação

De acordo com a Constituição, a Câmara não ultrapassará também 70% de sua receita com a folha de pagamento, incluindo o salário dos vereadores.

Aldebiza diz que esse é, legalmente, o único período que tal votação é permitida. "Isso se dá porque, devido às eleições, não se pode ter certeza de que os vereadores que votaram a favor do aumento serão os mesmos que irão recebê-lo", explicou.

A cidade conta hoje com dois candidatos à Prefeitura e 43 candidatos às vagas para vereador de acordo com TRE. Dos 12.894 moradores apontados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) no censo de 2010, 11.224 são eleitores de acordo com o TRE.

JÉSSYCA RODRIGUES – COLABORADORA

http://diariodonordeste.globo.com/materia.asp?codigo=1185444

CASO DOS BANHEIROS - Procurador: "liminar afeta os 92 processos"

O Tribunal de Contas do Ceará ainda não se pronunciou sobre a abrangência da liminar que suspende os processos que investigam o escândalo dos banheiros na Corte. Para MPC, a decisão judicial afeta todos os 92 processos

Todos os 92 processos que investigam o escândalo dos banheiros no Tribunal de Contas do Estado do Ceará (TCE) devem ser afetados pela liminar do desembargador Haroldo Máximo, do Tribunal de Justiça. É assim que o Ministério Público de Contas do Ceará (MPC) interpreta a decisão judicial que chegou á Corte na tarde de segunda-feira.

Com a liminar, o desembargador atendeu ao pedido do ex-coordenador jurídico da Secretaria Estadual das Cidades, George de Castro Júnior, que é apontado pelo TCE como “responsável solidário” pelas irregularidades.

De acordo com o procurador geral do MPC, Gleydson Alexandre, com relação ao processo principal, de Pacajus, o julgamento ficou suspenso apenas no que se refere a George de Castro Júnior. Na interpretação dele, a Corte poderia dar continuidade ao julgamento de todos os outros solidários no caso.

No entanto, todos os outros processos estariam suspensos integralmente. “O impetrante (George de Castro Júnior) ficou subscrito no primeiro processo, o de Pacajus. Quanto aos demais, houve a suspensão total”, entende Gleydson Alexandre. No que diz respeito aos processos, além do de Pacajus, tudo foi paralisado, o que inclui investigações, pareceres do MPC, certificados da inspetoria, julgamento dos processos.

Segundo ele, ao entrar na Justiça, George de Castro Júnior, a decisão é muito sucinta e não fica claro qual foi a tese defendida na petição do mandado de segurança. O POVO tentou contato com Haroldo Máximo, na tarde de ontem, mas seu celular esteve desligado.

Mesmo que se julgue o caso de Pacajus sem fazer referência ao ex-funcionário da Secretaria das Cidades, o processo também estará afetado. “O MPC entende que ele deu parecer e a lei exige o parecer. Então ele fica também responsável por aquele ato. O gestor toma suas atitudes a partir do parecer técnico, jurídico”, explica Gleydson Alexandre.

TCE

Ontem, o Tribunal de Contas do Estado não se pronunciou sobre seu entendimento quanto à extensão da liminar do desembargador. Como O POVO publicou ontem, a Corte se comprometeu a recorrer contra a decisão junto ao Tribunal de Justiça. Segundo a assessoria de comunicação, nenhuma decisão foi tomada ainda. A sessão das Câmaras que estava agendada para a tarde de ontem foi cancelada.

O POVO não conseguiu localizar qualquer contato de George de Castro.

Se a interpretação do MPC for a mesma seguida pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), apenas o processo de Pacajus será julgado pela Corte, desde que preserve o ex-coordenador jurídico da Secretaria Estadual das Cidades, George de Castro Júnior. Todos os demais processos ficariam, portanto, paralisados.

No entanto, como explica o procurador geral do Ministério Público de Contas, Gleydson Alexandre, como George de Castro foi assessor jurídico da Secretaria das Cidades, ele deu parecer em todos os convênios e, portanto, pode ser responsabilizado, no entendimento do MPC.

Além de George, em alguns processos, aparecem como “responsáveis solidários” pelas irregularidades o secretário das Cidades, Camilo Santana, ex-gestores como Joaquim Cartaxo e Jurandir Santiago, assim como parentes do ex-presidente do TCE, Teodorico Menezes.

http://www.opovo.com.br/app/opovo/politica/2012/09/27/noticiasjornalpolitica,2927140/procurador-liminar-afeta-os-92-processos.shtml

Elmano sobe 8 pontos, mas empate técnico persiste

O candidato do PT cresceu oito pontos percentuais na pesquisa O POVO/Datafolha

A dez dias do 1º turno das eleições em Fortaleza, o candidato do PT a prefeito, Elmano de Freitas (PT), subiu oito pontos percentuais desde a última pesquisa O POVO/Datafolha e aparece agora com 24%. Ele está tecnicamente empatado na liderança com Roberto Cláudio (PSB), que oscilou dentro da margem de erro e passou de 17% para 19%.

Moroni Torgan (DEM) caiu quatro pontos percentuais e agora tem 18%. A diferença dele para Elmano está no limite máximo da margem de erro, de três pontos percentuais, considerada a variação para mais ou para menos. O Datafolha considera estatisticamente improvável o empate técnico entre o petista e o candidato do DEM.

Já Heitor Férrer (PDT), após ser o candidato que mais cresceu na rodada anterior do Datafolha, não sustentou a tendência de alta. O pedetista oscilou negativamente um ponto e ficou com 13%.

Votos válidos

Pela primeira vez, o Datafolha trouxe também o resultado em votos válidos – que é a forma como será divulgado o resultado oficial da eleição pela Justiça Eleitoral. Nesse cálculo, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. Nessa situação, Elmano tem 27%, Roberto Claudio 22% e Moroni 21%.

O Datafolha ouviu 1.143 eleitores de Fortaleza. A pesquisa foi realizada anteontem e ontem. O número de registro no Tribunal Regional Eleitoral é CE-00079/2012.

Érico Firmoericofirmo@opovo.com.br

http://www.opovo.com.br/app/opovo/politica/2012/09/27/noticiasjornalpolitica,2927155/elmano-sobe-8-pontos-mas-empate-tecnico-persiste.shtml

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

CANDIDATOS INDEFERIDOS - Eleitores poderão ter que voltar às urnas

Eleicoes-no-interiorEm alguns municípios do interior cearense, eleitores correm o risco de não ver escolhidos os seus representantes no próximo dia 7 de outubro, e terão de participar de novas eleições. Isso porque, nessas cidades, candidatos a prefeito estão com seus registros de candidatura indeferidos pelo Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE), por conta da Lei da Ficha Limpa.

O caso mais complicado é o do município de Cedro, no Centro-Sul do Ceará. Lá, os dois candidatos majoritários estão indeferidos e recorrem da decisão ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília.

Se eles insistirem na disputa e tiverem os registros indeferidos novamente pela Corte, todos os votos que receberem no dia 7 de outubro não serão computados. Assim, a população terá de ir às urnas mais uma vez, para escolher o prefeito, com novos candidatos.

Em algumas cidades, prefeituráveis insistem nas candidaturas, mesmo estando inelegíveis, até à véspera das eleições, prazo máximo para a troca de candidato, conforme permite legislação eleitoral. Como as mídias com as fotos dos postulantes que vão aparecer nas urnas já foi confeccionada pelo TRE e não há tempo hábil para modificações, o eleitor deverá estar atento para saber em quem está votando de verdade.

Em caso de renúncia por parte do candidato inelegível, a foto que aparecerá na urna não será a do novo postulante, mas sim, a do candidato desistente.

No município de Jaguaretama, a situação era semelhante a de Cedro. Tanto o atual prefeito, Bena (PMDB), como Ari Saldanha (PSD), únicos candidatos, tiveram os registros indeferidos pelo TRE. A diferença é que ambos já renunciaram e colocaram novos postulantes.

Já no município de Pacatuba, dos três candidatos, dois estão indeferidos, um deles, Renato Célio (PSD), com recurso no TSE. O outro indeferimento, de Shelley Macedo (DEM), sequer foi questionado na Justiça até o momento.

Se o recurso de Renato Célio não for aceito em Brasília, ou ele terá de trocar o candidato ou sobrará apenas Dr. Alexandre (PSB) na disputa, que, para ser eleito, terá de conseguir mais de 50% dos votos da cidade. Caso contrário, haverá novas eleições.

SERVIÇO

Confira se o seu candidato está com a candidatura liberada pela Justiça no site do Tribunal Superior Eleitoral:www..tse.jus.br

http://www.opovo.com.br/app/opovo/politica/2012/09/26/noticiasjornalpolitica,2926534/eleitores-poderao-ter-que-voltar-as-urnas.shtml

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

informação sobre a politica de Pacatuba (CE)

O imbróglio envolvendo o nome do candidato majoritário do PSD à prefeitura de Pacatuba- CE, o senhor Renato Célio Rodrigues, teve mais um episódio no dia de hoje, segunda-feira, 24/09/2012, mais precisamente às 21h e 54min.
Ver link:
Desta feita, houve mais um julgamento no TRE (Tribunal Regional Eleitoral) em que os juízes mantiveram a decisão do INDEFERIMENTO do candidato.
Após revisão do processo foi negado os embargos de declaração e se fez desnecessária correções no processo do candidato pessedista.
Eis abaixo o extrato da Ata:
398175_288059251303421_485712067_n
O documento na íntegra pode ser baixado no link:

Vox Populi: Elmano e Roberto Cláudio empatam na liderança; Moroni cai

imageA pesquisa Vox Populi divulgada nesta segunda-feira (24) mostrou mudança no cenário das pesquisas de intenção de voto. Roberto Cláudio (PSB) e Elmano de Freitas (PT) ultrapassaram Moroni Torgan (DEM) e assumiram a liderança na pesquisa realizada por este instituto.

Roberto Cláudio e Elmano empataram com 20% das intenções de voto. Moroni Torgan caiu para 17%. Heitor Férrer se manteve com 9%, logo à frente de Renato Roseno com 6%. Inácio Arruda ficou apenas com 4% e Marcos Cals com 3%.

O Vox Populi também divulgou os números referentes a rejeição. Assim, 29% dos eleitores afirmaram que não votariam de jeito nenhum em Moroni Torgan, 14% em Elmano de Freitas e 9% em Inácio Arruda e Roberto Cláudio.

A pesquisa foi encomendada pela Band/Jangadeiro e tem margem de erro de 2,5 pontos percentuais.

Confira como ficou a pesquisa:

Intenção de voto:
1- Elmano de Freitas – 20%
1- Roberto Cláudio -  20%
3- Moroni Torgan  - 17%
4- Heitor Férrer - 9%
5- Renato Roseno - 6%
6- Inácio Arruda - 4%
7- Marcos Cals - 3%
8- Francisco Gonzaga - 1%
Não citaram nenhum dos candidatos, branco e nulo  - 4%
Não sabe ou não respondeu -16%

Rejeição:
Moroni Torgan (DEM) – 29%
Elmano de Freitas (PT) – 14%
Inácio Arruda (PCdoB) – 9%
Roberto Cláudio (PSB) -  9%
Marcos Cals – (PSDB) – 3%
Francisco Gonzaga (PSTU) – 3%
Heitor Férrer (PDT) – 2%
André Ramos (PPL) – 1%
Renato Roseno (Psol) – 1%
Professor Valdeci  (PRTB) – 1%
Poderia votar em qualquer um dos candidatos – 8%
Não votaria em nenhum deles – 3%
Não sabe ou não respondeu – 17%

http://diariodonordeste.globo.com/noticia.asp?codigo=345946&modulo=963

domingo, 23 de setembro de 2012

Lucas Raulino - Músico pacatubano passeia livremente em nossa Calçada Virtual

luca02

LUCAS RAULINO membro da Orquestra Sinfonica da Universidade Estadual do Ceará, cursou o ensino médio na Escola de Ensino Médio Crispiana de Albuquerque (Pacatuba). Hoje cursa Música na UECE (Universidade Estadual do Ceará), natural de Maranguape, mas já reside há muito tempo em nossa cidade. Esteve recentemente em Saison (França) onde estivera para estudar música clássica.

lucas00O jovem e talentoso músico Lucas Raulino concedeu-nos uma entrevista na qual ele nos faz revelações bombásticas acerca do uso indevido de sua imagem. Também diz que não há em nossa cidade políticas públicas eficazes voltadas para os jovens. Ainda tece um comentário maduro e inteligente acerca da aplicação da Lei da Ficha Limpa. E mostra-se triste com a concepção de que os jovens têm em relação à política.

 

 

lucas

Além de essas declarações citadas, o violonista em seu passeio artístico, crítico e lúcido por nossa calçada virtual fez também umas tantas outras observações capciosas.

Confira:

VEM COMIGO !!!

Prof. Marcos Varela

Um vazio que se abre: a morte de Carlos Nelson

Os intelectuais do PT, os formuladores de ideias dentro do nosso Partido - nesta época que se abrirá depois das eleições - depois do “Fantástico” (em todos os aspectos) julgamento do “mensalão”, quando se aprofunda a crise européia e os tucanos afiam suas garras ajudados pela mídia complacente com os seus mensalões, - nossos intelectuais e formuladores - deveriam ler e reler Carlos Nelson Coutinho. Sua contribuição teórica é um bom antídoto contra o pragmatismo e uma boa vacina contra a acomodação burocrática. Bravo Carlos Nelson Coutinho. Vai fazer muita falta. O artigo é de Tarso Genro.

A morte de Carlos Nelson Coutinho abre um vazio em toda uma geração. Autor de uma vasta bibliografia sobre o pensamento socialista e a questão democrática -promotor no Brasil dos debates mais fecundos sobre Gramsci, Rousseau e Lukács, ouso dizer, também o pensador provavelmente mais credenciado sobre os vínculos do socialismo com a democracia.
Analista herege de Marx e antiestalinista ferrenho, Carlos Nelson também foi um ser humano excepcional. Foi do velho “partidão” ao Psol, passando pelo PT, sem romper uma relação pessoal, sem desrespeitar um amigo ou qualquer pessoa que divergisse das suas posições e, mais do que isso, sem qualquer resquício de sectarismo ou pretensão de ser tornar paradigma. Tenho uma dívida pessoal com Carlos Nelson, por ter aprendido muito com ele, seja nas nossas conversas ou no intercâmbio de opiniões por escrito, seja pela leitura dos seus livros: um grande intelectual, sem afetação e sem medo de enfrentar os temas mais complexos da esquerda contemporânea.
Em março de 79, na antiga revista “Encontros com a Civilização Brasileira” (n..9) Carlos Nelson publica uma brilhante artigo, “A democracia como valor universal”, que começa assim: “A questão do vínculo entre socialismo e democracia marcou sempre, desde o início, o processo de formação do pensamento marxista; e, direta ou indiretamente, esteve na raiz das inúmeras controvérsias que assinalaram e assinalam a história da evolução desse pensamento.”
Era uma bomba. A luta armada derrotada no Brasil, a transição controlada pelos políticos centristas -acordados com os militares que viam o modelo econômico da ditadura ruir- Carlos Nelson parecia ajudar a transição promovida pelas elites, que apenas abririam um espaço mais generoso para o povo sete anos depois, com a convocação da Assembléia Nacional Constituinte, aliás não originária. Mais adiante, seu artigo teve uma resposta respeitosa e de alto nível do meu irmão, já falecido, Adelmo Genro Filho, (n.17, da mesma revista).
Vale a pena transcrever o início do texto de Adelmo, que discuti com o próprio autor na época e o secundei com algumas opiniões: “Carlos Nelson Coutinho pensa grande.(...) Seu combate às tendências estruturalistas e neopositivistas que vicejam nas cátedras universitárias, tanto na Europa como no Brasil, em alguns momentos tornou-o quase um solitário. E o reconhecimento da persistência na solidão de teses justas é tributo mínimo que lhe devemos. Assim, é Carlos Nelson Coutinho, um pensador com “R” (de razão dialética) maiúsculo.”
O debate travado, naquela oportunidade, por Carlos Nelson e Adelmo, ainda mantém sua atualidade, mas, creio, não mais a partir da dúvida se a democracia -como forma de organização do Estado e de organização das liberdades públicas- tem ou não valor universal. A atualidade do debate está mais centrada na questão de “qual a democracia?”, capaz de expandir as liberdades públicas e organizar o Estado, de tal forma que dele derivem políticas que reduzam crescentemente as desigualdades sociais e as dominações de classe. Que uma ditadura não faz isso -qualquer ditadura- isso a crise dos modelos do Leste já demonstrou.
Quem “ganhou” o debate naquela época não importa, mas que a democracia -o oposto de qualquer ditadura- que garanta as liberdades públicas e as mesmas condições de concorrer para chegar o poder (o que ainda é muito relativo na atual democracia brasileira), tem um valor universal -como dizia Coutinho- parece não haver dúvida na ampla maioria da esquerda pensante. Em grande parte, devemos a integração deste pensamento antidogmático a Carlos Nélson Coutinho, sua persistência no debate, sua capacidade de inovar dentro do marxismo, sua postura permanentemente “revisionista” das ideias positivistas-naturalistas, que estiveram no cerne do marxismo-leninismo da Academia de Ciências da URSS.
No prefácio que Carlos Nelson fez do meu livro ”Utopia Possível” (Artes e Ofícios, 1994), no qual inclusive diverge de algumas abordagens críticas que faço, do marxismo “realmente existente”, ele diz com a sua sinceridade e clareza lapidar: “Tenho insistido na idéia -com a qual Tarso talvez concorde- de que a essência do método marxista é o revisionismo, o empenho permanente em aprender dialeticamente as novas determinações do real.
Na ampla gama de intelectuais que acompanharam e participaram das lutas do nosso povo nos últimos 50 anos lá está, luminosa, a coerência e a profundidade intelectual de Carlos Nelson. Alguns, originários da mesma época, organizaram-se em torno dos pensamentos liberais (mais propriamente neoliberais), que hoje formam o grande conglomerado do conservadorismo político nacional, cuja ocupação predileta é inconformar-se com as conquistas sociais, educacionais e políticas, dos últimos dez anos. Até nisso Carlos Nelson foi mais brilhante do que eles: suas divergências com o PT e com os governos Lula, ocorreram porque ele entendeu que estas mudanças foram pouco profundas e também modestas, em termos sociais e econômicos. Rompeu com o PT -concorde-se ou não com as suas razões- pela esquerda, não pelo udenismo fundamentalista ou pelas ideias do Consenso de Washington.
Os intelectuais do PT, os formuladores de ideias dentro do nosso Partido - nesta época que se abrirá depois das eleições - depois do “Fantástico” (em todos os aspectos) julgamento do “mensalão”, quando se aprofunda a crise européia e os tucanos afiam suas garras ajudados pela mídia complacente com os seus mensalões, - nossos intelectuais e formuladores - deveriam ler e reler Carlos Nelson Coutinho. Sua contribuição teórica é um bom antídoto contra o pragmatismo e uma boa vacina contra a acomodação burocrática. Bravo Carlos Nelson Coutinho. Vai fazer muita falta.

Tarso Genro

http://cartamaior.com.br/templates/materiaMostrar.cfm?materia_id=20948

sábado, 22 de setembro de 2012

Maconha combate câncer agressivo, revelam estudos

Cientistas norte-americanos descobriram que Cannabidiol impede metástase de células cancerígenas

Em breve, pacientes diagnosticados com câncer podem não ter mais que temer o risco de tumores se espalharem pelo corpo. Cientistas do Centro Médico Pacífico da Califórnia, em São Francisco, acreditam ter descoberto uma forma de impedir a metástase, que consiste em uma das principais causas da morte de pessoas com a doença.


A substância “milagrosa” é o Cannabidiol ou CBD, um composto derivado da maconha que não possui efeito psicoativo. Os microbiologistas Sean McAllister e Pierre Desprez aplicaram o CBD em células com alta concentração do ID-1, gene cancerígeno responsável pela metástase, e o processo de reprodução celular voltou ao normal.

“O que descobrimos foi que o Cannabidiol pode desativar esse gene”, explicou Desprez ao jornal norte-americano Huffington Post. As células pararam de se difundir e imigrar para outros tecidos.   

Os pesquisadores publicaram a descoberta em 2007 e, agora, preparam a divulgação de um estudo ainda mais aprofundado sobre o assunto e que pode revolucionar o tratamento do câncer. Nesta nova etapa, os testes foram realizados em células de laboratório de diversos tipos da doença e em animais.

“Nós começamos pesquisando câncer de mama. Mas atualmente descobrimos que o Cannabidiol também funciona com outros tipos de câncer agressivo – cerebral, na próstata – em qualquer tipo que o gene ID-1 esteja presente em alto nível”, disse Desprez ao Huffington Post.

Os resultados obtidos foram extremamente positivos e a dupla se prepara para iniciar a pesquisa com humanos. "Os dados dos ensaios pré-clínicos são muito fortes, e não há nenhuma toxicidade. Há realmente uma série de pesquisas para serem feitas e deixar as pessoas animadas", comemorou McAllister ao jornal norte-americano San Francisco Chronicle.

Usuários da maconha podem estar contentes com a descoberta, mas devem saber que o tratamento não será tão simples quanto acender a um cigarro da erva. Desprez explicou que, para evitar que as células cancerígenas se espalhem, os pacientes precisam de uma dose alta de Cannabidiol que não é encontrada na composição natural da Cannabis Sativa.

“Nós usamos injeções nos testes com os animais e também estamos testando pílulas”, disse ele. “Mas você nunca poderia ter o suficiente Cannabidiol para a cura ser eficaz apenas fumando maconha”, acrescentou.

Outros estudos
Não é a primeira vez que um estudo aponta efeitos benéficos da Cannabis Sativa no tratamento do câncer. Além de o Cannabidiol ser utilizado para acalmar e evitar o enjoo em pacientes submetidos à quimioterapia, outras pesquisas revelaram que a substância psicoativa da maconha pode matar células cancerígenas.

Em 2006, equipe de cientistas espanhóis coordenada por Manuel Guzman conduziu o primeiro teste clínico da ação do THC (tetrahidrocanabinol) em pacientes internados com câncer no cérebro. Os pesquisadores introduziram a substância pura nos tumores de nove pessoas, que não haviam respondido aos tratamentos convencionais de cura do câncer. Em todos os casos, o THC conseguiu reduzir a proliferação das células cancerígenas.

Na mesma época, cientistas da Universidade de Harvard reportaram que tumores malignos no pulmão diminuem seu crescimento se expostos ao elemento psicoativo da maconha. “O THC reduz significantemente a habilidade do câncer se espalhar”, afirmou em relatório o grupo citado pela revista norte-americana Daily Beast.

Em contraposição às práticas de quimioterapia e radioterapia, as substâncias derivadas da maconha não danificam o corpo dos pacientes, atuando apenas nas células cancerígenas.

Marina Mattar

http://operamundi.uol.com.br/conteudo/noticias/24435/maconha+combate+cancer+agressivo+revelam+estudos.shtml

Empresa que cuida da seleção está sob suspeita

A empresa que ganhou todos os direitos sobre a seleção brasileira até 2022, a saudita ISE, está no centro de um escândalo financeiro. Uma auditoria indicou que a companhia é suspeita de ter pago, em uma operação de lavagem de dinheiro, US$ 14 milhões (cerca de R$ 28 milhões) a Mohamed Bin Hammam, ex-candidato à presidência da Fifa e que foi suspenso do futebol por denúncias de que tentou comprar votos.
Quatro meses antes de deixar a CBF, em março, Ricardo Teixeira fechou um acordo com a ISE dando direitos para que organizasse e administrasse jogos da seleção por dez anos. Mas o que chama a atenção é o fato de que o acordo de 2012 é 15% inferior ao de 2006. Por jogo,a CBF receberia US$ 1 milhão. Em 2006, recebeu US$ 1,15 milhão.

Bin Hammam, do Catar, teve o apoio de Ricardo Teixeira na votação para a Fifa e, nos últimos anos, a relação entre os dois ganhou novas dimensões. O Brasil disputou jogos no Catar e Teixeira ainda votou pelo país árabe para sediar a Copa de 2022.

Hammam era ainda o presidente da Confederação Asiática de Futebol e foi justamente uma auditoria realizada há poucos meses na entidade que revelou as transferências suspeitas entre a ISE e o cartola.

A auditoria foi preparada pela PriceWaterhouse Coopers (PwC) que constatou que US$ 2 milhões (R$ 4 milhões) pagos pela ISE em 2008 foram para o uso pessoal de Bin Hammam. Além disso, a empresa Al Baraka Investment - empresa relacionada à ISE - pagou mais US$ 12 milhões a Hammam.

O que gerou a suspeita é que o dinheiro transferido entre essas empresas e Bin Hammam passou justamente pelas contas da Confederação Asiática. "É nossa avaliação que a AFC (Confederação Asiática) tenha sido usada como um veículo para lavar recursos e que esses recursos foram creditados ao ex-presidente para um uso indevido. A AFC pode ter sido usada como veículo para lavar dinheiro e para o pagamento de propinas", indicou a auditoria.

http://diariodonordeste.globo.com/noticia.asp?codigo=345796&modulo=970

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Rendimento do trabalhador brasileiro cresce e distância entre pobres e ricos diminui

O rendimento médio mensal real do trabalhador brasileiro cresceu 8,3% entre 2009 e 2011. Segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios 2011 (Pnad), divulgada hoje (21) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o valor chegou a R$ 1.345.

Os maiores aumentos no rendimento foram registrados nas regiões Nordeste (10,7%) e Centro-Oeste (10,6%), sendo esta última a que concentra o maior valor do país: R$ 1.624. Já a Nordeste, apesar do crescimento, continuou sendo a que apresenta o pior rendimento médio: R$ 910.

Além disso, segundo a Pnad, os rendimentos registraram maior crescimento entre os mais pobres. A parcela dos 10% mais pobres da população teve o maior aumento (29,2%), enquanto o 1% mais rico teve 4,3% de crescimento.

Com isso, a diferença entre os dois estratos populacionais caiu, apesar de continuar grande. De acordo com a pesquisa, a média dos rendimentos dos mais ricos era 87 vezes maior do que a dos mais pobres, em 2011. Em 2009, a proporção era 107.

“A gente observa que os maiores aumentos aconteceram, de forma geral, nas classes de rendimento mais baixo. Isto é, as pessoas que recebiam menos tiveram mais ganhos do que aquelas que recebiam mais. Isso tem um reflexo direto no índice de concentração de rendimentos, que a gente mede por meio do índice de Gini. Quase todas as regiões do país tiveram redução desse índice”, disse a gerente da Pnad, Maria Lucia Vieira.

O índice de Gini varia de 0 a 1. Quanto mais próximo de 1, maior é a desigualdade na distribuição de renda na região. O índice brasileiro caiu de 0,518 em 2009 para 0,501 em 2011.

“Isso vem acontecendo nos últimos anos principalmente em virtude dos elevados aumentos do salário mínimo. O salário mínimo puxa a parte de baixo [dos estratos de renda]. Embora o salário daquele pessoal mais pobre nem chegue a um salário mínimo, ele serve como referência e puxa um aumento para cima”, diz Fernando de Holanda, economista do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (FGV).

A queda do índice de Gini ocorreu em quatro regiões brasileiras. A exceção foi a Norte, onde a média do rendimento dos mais pobres se afastou da dos mais ricos. No Norte, o índice subiu de 0,488 para 0,496, mostrando que a desigualdade na distribuição de renda aumentou.

A Pnad mostrou ainda que as diferenças de rendimento entre homens e mulheres persistem no país, apesar de terem diminuído entre 2009 e 2011. O rendimento médio das mulheres, em 2011, foi R$ 997, ou seja, 70,4% da média recebida pelos homens (R$ 1.417). Em 2009, o valor recebido pelas mulheres representava apenas 67,1% do rendimento masculino.

Na avaliação por categorias de emprego, os militares e empregados públicos estatutários tinham rendimento médio de R$ 2.289, enquanto o dos trabalhadores domésticos sem carteira assinada era R$ 424. Nas demais categorias, os rendimentos observados pela Pnad foram: empregados com carteira assinada (R$ 1.303), empregados sem carteira assinada (R$ 829) e trabalhador doméstico com carteira assinada (R$ 693).

Vitor Abdala-Repórter da Agência Brasil

http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2012-09-21/rendimento-do-trabalhador-brasileiro-cresce-e-distancia-entre-pobres-e-ricos-diminui

Lula é ovacionado no México durante primeira viagem internacional após câncer

Visita, segundo líder brasileiro, marca sua "volta à vida política da América Latina e à política do Brasil"

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva falou nesta sexta-feira (21/09) para milhares de universitários mexicanos, brincando e pedindo que participem mais na política de seu país.

"Este é um momento especial para mim porque é a primeira viagem internacional que realizo após 11 meses tratando de um câncer que enfrentei e superei com a ajuda de Deus e o carinho da população brasileira", assinalou Lula em um fórum convocado pela Fundação Telmex, do magnata Carlos Slim.

Lula, de 66 anos, fez uma amena e animada conferência perante 10 mil bolsistas da fundação no Auditório Nacional da capital mexicana intitulado "México Século XXI: capturando o futuro".

"Com muitíssima alegria volto ao México, país, este, que tanto estimo e no qual me sinto totalmente em casa", disse no começo de seu discurso, que durou quase 90 minutos.

Lula assinalou que a viagem ao México é uma circunstância feliz porque foi justamente em outubro de 2011, após comparecer a uma cúpula de negócios realizada em Querétaro, quando já no Brasil foi-lhe diagnosticado o câncer.

O ex-presidente destacou que esta visita marca sua "volta à vida política da América Latina e à política do Brasil".

Vestido com gravata azul, branca, verde e amarela, as cores da bandeira nacional, Lula encorajou os jovens a aproveitar o momento no qual estão, e pediu aos Governos latino-americanos para transformar a educação em "uma prioridade estratégica" durante seus mandatos.

http://operamundi.uol.com.br/conteudo/noticias/24464/lula+e+ovacionado+no+mexico+durante+primeira+viagem+internacional+apos+cancer.shtml

COLUNISTA DE VEJA ROTEIRIZA GOLPE PARAGUAIO

Tomando como verdadeiras as "declarações" de Marcos Valério, colunista Ricardo Setti ouve juristas (também em off) sobre os artigos do Código Penal em que o ex-presidente Lula deve ser enquadrado; Setti fala até no desvio de R$ 300 milhões; para seis partidos políticos, Editora Abril, de Roberto Civita, comanda o golpismo contra eventual volta de Lula ao poder

:

Marcos Valério nega que tenha concedido entrevista à revista Veja, mas suas "declarações" já são indícios suficientes para a instauração de um procedimento criminal contra o ex-presidente Lula. É o que diz o jornalista Ricardo Setti, colunista de Veja.com, que diz ter ouvido juristas de renome (também em off). Ontem, seis partidos políticos assinaram uma nota dirigida à sociedade brasileira, denunciando as "invencionices" de Veja e o golpismo comandado pelo empresário Roberto Civita.

Leia aqui e abaixo o artigo de Setti:

MENSALÃO: vejam como Lula poderia, eventualmente, sentar-se no banco dos réus

Amigas e amigos do blog, lembremos que o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, disse nesta segunda-feira, 17, considerar "importantes" as revelações feitas por Valério em reportagem na edição de VEJA que está nas bancas sobre o envolvimento de Lula no mensalão e de como o então presidente sabia de cada detalhe do esquema de arrecadação de recursos e de corrupção de parlamentares no Congresso.

O procurador-geral foi cauteloso, mas de modo algum descartou as informações trazidas pela revista: "Marcos Valério é uma pessoa que, ao longo de todo o processo, deixou muito claro que é um jogador. Mas é claro que são declarações importantes que devem ser examinadas", disse Gurgel.

E foi mais adiante — vale relembrar: como Lula não detém mais foro privilegiado (a prerrogativa de ser somente julgado pelo Supremo), uma eventual investigação deveria ser conduzida em primeira instância.

Com as revelações feitas por Marcos Valério sobre o envolvimento direto de Lula no mensalão, consultei juristas de grande experiência sobre a possibilidade de Lula tornar-se ou não réu do processo do mensalão.

Não vou divulgar o nome de ninguém, porque a consulta foi com essa condição.

A conclusão, depois de ouvi-los, é a seguinte: se surgirem fatos novos com indícios de partipação do Lula em atos criminosos – e já podem ter surgido na reportagem –, cumpre ao Ministério Público instaurar inquérito específico sobre isto, sobretudo se os mesmos fatos já tiverem sidos considerados como crime pelo Supremo Tribunal Federal e outros réus houverem sido condenados por sua prática.

Pelas afirmações de Valério publicadas por VEJA, há sinais de terem ocorrido outros fatos penalmente puníveis, como o desvio de 350 milhões de reais — que seriam 300 milhões a mais do que se apurou no processo em julgamento no Supremo .

Em tal caso, seria outro inquérito, outra denúncia e outra ação penal.

No atual processo em julgamento no Supremo, se for encontrada a existência de crime de ação pública com a participação de outra pessoa que não os réus, o tribunal deve remeter ao Ministério Público para o oferecimento de denúncia.

(Vejam o artigo 40 do Código de Processo Penal.)

Se as provas, ainda que indiciárias, forem encontradas fora do processo, mas sobre os mesmos fatos nele julgados, a apuração e o respectivo processo penal não serão autônomos e se limitarão ao pressupostos da co-autoria ou participação na múltipla autoria. Ou seja, hipoteticamente, Lula seria julgado como co-autor ou partícipe em crimes de múltipla autoria.

No caso de Lula, somente poderá haver um obstáculo, dependendo do crime que lhe fosse imputado: a prescrição. O recebimento da denúncia no Ação Penal 470 do STF não interrompeu a prescrição contra ele, por não ter sido denunciado originalmente pelo procurador-geral da República em 2006.

Há um porém que pode ser interpretado pelo Supremo contra essa possível prescrição. A partir da nova lei de combate à lavagem de dinheiro (lei nº 12.683, de 9 de julho de 2012) está se formando o entendimento de que nos processos em julgamento pode haver a qualquer tempo, inclusive na fase de execução da pena, a delação premiada que, antes, somente era admitida durante as investigações.

Se esse entendimento for vitorioso, julgam os juristas consultados que dificilmente os réus condenados não irão por a boca no mundo e negociar o prêmio da delação, que também precisa ser avaliada e aceita pelo Ministério Público e pelo juiz, no caso, o Supremo Tribunal.

O procurador-geral abordou essa questão com grande franqueza, embora não concorde com a tese exposta acima. Vejam só o que ele disse: "Delação premiada em novo processo é, digamos, possível. Nesse processo do mensalão não mais", afirmou o procurador-geral.

Ou seja, embora tecnicamente seja possível, nada indica que o procurador-geral aceite acordos de delação premiada no curso do atual processo. Embora ele não exclua a possibilidade de um processo novo.

http://www.brasil247.com/pt/247/midiatech/81137/Colunista-de-Veja-roteiriza-golpe-paraguaio.htm

Dilma rebate Joaquim Barbosa após ser citada em julgamento do mensalão

Para o relator, o depoimento da presidente na ocasião corrobora a tese de que os réus da ação eram beneficiados para agilizar a tramitação

Depois de ser citada pelo relator da Ação Penal 470, conhecida como processo do mensalão, Joaquim Barbosa, na sessão de ontem (20), a presidente Dilma Rousseff explicou nesta sexta-feira (21) as declarações do ministro.

“Creio ser necessário alguns esclarecimentos que eliminem qualquer sombra de dúvidas acerca das minhas declarações, dentro dos princípios do absoluto respeito que marcam as relações entre os Poderes Executivo e Judiciário”, disse a presidente, em nota divulgada pela Secretaria de Imprensa da Presidência da República.

Barbosa citou um depoimento de Dilma à Justiça, de 2009, em que a presidente se disse surpresa com a agilidade da tramitação das medidas provisórias (MPs) que alteraram o marco regulatório do setor elétrico, em 2003. Na época, Dilma era ministra de Minas e Energia do governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Para o relator, o depoimento da presidente na ocasião corrobora a tese de que os réus da ação eram beneficiados para agilizar a tramitação de projetos de interesse do governo.

“Na sessão do STF, o senhor ministro Joaquim Barbosa destacou a surpresa que manifestei no meu depoimento judicial, com a agilidade do processo legislativo sobre as MPs. Surpresa, conforme afirmei no depoimento de 2009 e repito hoje, por termos conseguido uma rápida aprovação por parte de todas as forças políticas que compreenderam a gravidade do tema”, diz a nota.

A presidente ainda usa um trecho do depoimento citado por Barbosa para reiterar que a aprovação de MPs era urgente. “Como disse no meu depoimento, em função do funcionamento equivocado do setor até então, ou se reformava ou o setor quebrava. E quando se está em situações limite como esta, as coisas ficam muito urgentes e claras”.

Na nota, Dilma ainda explica o contexto da tramitação das medidas provisórias na época, entre dezembro de 2003 e março de 2004, quando, segundo ela, o país precisava aprovar o novo modelo energético para superar a crise energética de 2001 e 2002, o chamado apagão.

http://www.panoramabrasil.com.br/dilma-rebate-joaquim-barbosa-apos-ser-citada-em-julgamento-do-mensalao-id95064.html

Presidente do Senegal tenta abolir Senado para economizar verbas

Projeto de Macky Sall considera senadores “absurdamente caros” e preserva uma casa representativa

O novo presidente do Senegal, Macky Sall, colocou em prática nesta sexta-feira (21/09) um projeto inusitado para lidar com o restrito orçamento herdado do governo anterior de Abdoulaye Wade. Ele propôs ao legislativo a abolição do Senado e da Vice-Presidência senegalesa para que toda sua verba seja direcionada para programas nacionais de ajuda humanitária.

Embora a ideia soe tentadora para muitos, a revista sul-africana The Daily Maverick apurou as prováveis razões que determinaram a decisão de Sall. Isso porque, de acordo com a publicação, “conseguir abolir tanto o Senado quanto a Vice-Presidência e ainda ser aclamado como um ‘democrata reformista’” é algo que provavelmente fez com que seu antecessor “passasse um bom tempo refletindo e coçando sua cabeça careca e brilhante”.

O principal argumento do presidente é de que os salários dos senadores, bem como o de seu vice-presidente, seriam muito melhor empregados na amenização dos danos causados por recentes enchentes que atingiram todo o país. Para Sall, além de os senadores serem “absurdamente caros para o país”, seu projeto preserva uma câmara representativa em Senegal.

A Câmara Baixa (o equivalente à Câmara dos Deputados, no Brasil) já aprovou a decisão do presidente e encaminhará sua decisão para o Senado. Mesmo que os senadores não aprovem o projeto (o que seria o mais lógico a se supor), a decisão final pode ser encaminhada a uma assembleia na qual os membros das duas casas são reunidos. Nesse caso, a coalizão governista seria a maioria.

“Essa é uma história ideal e que causa bem-estar: 16 milhões de dólares são economizados com o fim do Senado e podem ser destinados a ajuda humanitarian, ajudando na reconstrução de Senegal após uma das piores enchentes de sua história”, alega a Daily Maverick. Para a revista, a iniciativa é tão positiva que já está sendo incorporada por outros países. Na Nigéria, o governador da provincia de Lagos, Asiwaju Bola Ahmed Tinubu, sugeriu que o governo de seu país seguisse os mesmos passos que Senegal. Para a revista, o político muito provavelmente estava sendo sincero, já que sua esposa é uma das 110 senadoras do país e correrá o risco de perder seu emprego.

Antes oposição, agora governo, a coalizão do presidente Macky Sall está no controle da ampla maioria da Câmara Baixa. No Senado, contudo, a situação se inverte, e o controle majoritário passa para a base aliada do ex-presidente Abdoulaye Wade. É daí que os críticos do projeto extraem o argumento de que Sall estaria ruindo com as instituições e, por extensão, com a democracia do país.

Não é o que vê David Zounmenou, pesquisador do Instituto para Estudos de Segurança de Senegal. Para o estudioso de Relações Internacionais, “Macky Sall não está fazendo nada que comprometa a arquitetura democrática de Senegal”,  até porque, “é o longo histórico democrático de Senegal – rapidamente ameaçado por Wade – que trouxe Sall para o poder”.

Para The Daily Maverick, “a verdade é que se Wade tem um histórico de repressão às liberdades políticas e representou um grande risco de transformar a Presidência em uma instância herdada e pseudo-monárquica”. Por sua vez, “Sall, novo no cargo, tem uma ficha limpa e elevadas taxas de aprovação popular. Sua reação aos danos causados pelas enchentes foi particularmente boa e deixou claro um contraste com a administração letárgica e apática de Wade”.

http://operamundi.uol.com.br/conteudo/noticias/24459/presidente+do+senegal+tenta+abolir+senado+para+economizar+verbas.shtml

Brasil reage às críticas dos Estados Unidos sobre protecionismo e sinaliza que vai recorrer à OMC

O governo do Brasil reagiu às críticas dos Estados Unidos que condenaram o que julgam ser o protecionismo brasileiro. Em protesto à afirmação, o ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, enviou ontem (20) carta ao embaixador Ron Kirk, representante para o Comércio dos Estados Unidos. No texto, o chanceler diz que os norte-americanos são os principais responsáveis pelas barreiras impostas, por exemplo, aos produtos agrícolas brasileiros.

“O Brasil tem sido obrigado a enfrentar a valorização artificial de sua moeda e uma enxurrada de mercadorias importadas a preços baixos. Os Estados Unidos têm sido um dos principais beneficiários desta situação”, reage o chanceler. “Preocupa-nos a perspectiva de continuação de subsídios ilegais concedidos à produção agrícola pelos Estados Unidos.”

O ministro destacou que esses benefícios concedidos à produção agrícola pelos Estados Unidos causam impactos negativos nas economias dos países em desenvolvimento. “[Eles] impactam o Brasil e outros países em desenvolvimento, inclusive alguns dos mais pobres da África”, diz o texto.

Patriota diz ainda, na carta, que todos os mecanismos adotados pelo Brasil têm o respaldo da Organização Mundial do Comércio (OMC) e que o governo não abrirá mão dos instrumentos que julga legítimos. “O governo brasileiro não abdicará de seu direito de fazer uso de todos os instrumentos legítimos permitidos pela OMC”, informa o texto.

Em relação a eventuais efeitos negativos nas negociações na chamada Rodada Doha, como insinuaram as autoridades norte-americanas, Patriota negou impactos. “Discordo totalmente de Vossa Excelência quanto aos efeitos que as medidas adotadas pelo Brasil poderiam ter sobre o resultado da Rodada Doha”, disse.

De 2007 a 2011, a venda de produtos norte-americanos para o Brasil dobrou, segundo dados oficiais. Em quatro anos, as exportações saltaram de US$ 18,7 bilhões para US$ 34 bilhões. O Brasil passou de 16º para 8º maior mercado de produtos norte-americanos.

http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2012-09-21/brasil-reage-criticas-dos-estados-unidos-sobre-protecionismo-e-sinaliza-que-vai-recorrer-omc

PF apura envolvimento de políticos do Ceará com tráfico de drogas internacional

A Polícia Federal deflagrou, nesta manhã de sexta-feira, a Operação Cariús. O objetivo foi apurar a atuação de uma rede de tráfico internacional de drogas liderada por políticos cearenses. A operação cumpriu 47 mandados judiciais, sendo 16 de prisão de temporária e 29 de busca e apreensão nas cidades de Fortaleza, Cariús, Iguatu, Jucás, Quixeramobim, Pacajús, além de mais dois mandados de busca e apreensão no Estado do Mato Grosso.

As investigações, segundo a assessoria de imprensa da PF, verificaram que políticos candidatos a cargos eletivos municipais eram responsáveis pelo tráfico de cocaína entre Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, e os estados do Mato Grosso e do Ceará.

Além do crime de tráfico de drogas, os presos responderão pelos crimes de corrupção eleitoral e captação ilícita de sufrágio.
Os presos estão sendo encaminhados para presídios da capital e do interior do Ceará, onde ficarão à disposição das Justiças Federal e Eleitoral.

http://blog.opovo.com.br/blogdoeliomar/pf-apura-envolvimento-de-politicos-do-ceara-com-trafico-de-drogas-internacional/?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed%3A+OPovoOnline-BlogDoEliomar+%28Blog+do+Eliomar%29

ELEIÇÃO EM MARACANAÚ Camurça é líder na pesquisa Ibope

Apenas dois candidatos, segundo os números apresentados, estão despertando as atenções do eleitorado

MARACANAU

José Firmo Camurça Neto se as eleições municipais fossem hoje seria eleito prefeito do Município de Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza, segundo pesquisa do Ibope realizada entre os dias 17 e 18 deste mês, para o Diário do Nordeste, quando ouviu um total de 406 eleitores. Firmo Camurça tem a preferência de mais da metade dos eleitores daquela cidade.

Em Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza, quatro candidatos disputam a Prefeitura: Ciro Augusto Mota Matias, ou Ciro Augusto, apresentado pelo PSOL na Coligação Esquerda Socialista Construindo o Poder Popular; José Firmo Camurça Neto, ou Firmo Camurça, candidato do PR na Coligação Maracanaú Quem Te Viu, Quem Te Vê; Júlio César Costa Lima, ou Júlio César, indicado pelo PSD na Coligação Maracanaú De volta Para o Povo e Sérgio Sobreira de Moraes, ou Sérgio Moraes, representando o PRTB na Coligação Maracanaú Em Boas Mãos.

A pesquisa, realizada com eleitores maiores de 16 anos, teve como objetivo levantar junto aos eleitores da área em estudo opiniões relacionadas a assuntos políticos e administrativos, O intervalo de confiança estimado é de 95% e a margem de erro máxima estimada é de 6 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra. A pesquisa está registrada no Tribunal Regional eleitoral.

Números

Na parte estimulada da pesquisa, quando os entrevistadores do Ibope perguntam a cada um dos eleitores em quem votaria para prefeito, mostrando a relação dos candidatos, Ciro Augusto aparece com 0%, Firmo Camurça com 58% das intenções de voto, Júlio César com 32% e Sérgio Moraes aparece com 1%.

Na segunda parte, quando a mesma pergunta é feito ao eleitor, sem no entanto ser apresentado nomes de candidatos, Ciro Augusto permanece com o 0%, Firmo Camurça tem 52%, Júlio César ficou com 25% e Sérgio Moraes apareceu com 1%. Outros nomes apontados somaram 1%, diz o relatório do Ibope.

Rejeição

De todos os votos válidos, ao fim da apuração, segundo o relatório do Ibope, se as eleições fossem hoje o candidato Firmo Camurça ganharia a disputa com um percentual de 64% contra 34% dados a Júlio César, 2% de Sérgio Moraes e 1% a Ciro Augusto. Os votos válidos são calculados descontando-se os votos em branco e os votos nulos. O total superior a 100% é em razão dos arredondamentos.

Os entrevistadores também perguntaram aos eleitores de Maracanaú em quem eles não votariam de jeito nenhum e 30% apontaram o candidato Ciro Augusto, 20% citaram Firmo Camurça, 45% indicaram Júlio César, 29% disseram ser Sérgio Moraes. 5% responderam que poderiam votar em todos.

Um total de 26% dos eleitores de Maracanaú disseram estar muito interessados na disputa municipal deste ano. 31% têm interesse médio, 29% pouco interesse e 14% nenhum interesse. O modelo de amostragem utilizado na pesquisa é o de conglomerados em dois estágios. No primeiro estágio são selecionados os conglomerados: setores censitários com probabilidade proporcional ao tamanho sistemático. A medida de tamanho é a população de 16 anos ou mais residente nos setores. No segundo estágio são selecionados de cada conglomerado um número fixo de eleitores segundo cotas variáveis.

As entrevistas são pessoais com utilização de questionário elaborado com os objetivos da pesquisa. As entrevistas são realizadas por uma equipe de entrevistadores contratada pelo Ibope, devidamente treinada para abordagem deste tipo de público. Há filtragem em todos os questionários após a realização das entrevistas e fiscalização em aproximadamente 20% dos questionários.

http://diariodonordeste.globo.com/materia.asp?codigo=1183898

Partidos da base divulgam nota de repúdio contra pedido da oposição para que Lula seja investigado

Presidentes de partidos da base aliada (PT, PMDB, PSB, PCdoB, PDT e PRB) divulgaram hoje (20) nota de repúdio contra manifestação da oposição que pede que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva seja investigado em função de denúncias publicadas pela revista Veja no último fim de semana.

“Tentaram comprometer a honra e a dignidade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Valendo-se de fantasiosa matéria veiculada pela revista Veja, pretendem transformar em verdade o amontoado de invencionices colecionado a partir de fontes sem identificação”, diz o documento referindo-se à nota assinada pelos presidentes do PSDB, DEM e PPS.

Os aliados do governo acusam a oposição de golpismo e de conservadorismo. “As forças conservadoras revelam-se dispostas a qualquer aventura. Não hesitam em recorrer a práticas golpistas, à calúnia e à difamação, à denúncia sem prova.”

Na nota, os presidentes dos partidos da base alegam que a oposição usa argumentos falsos para atacar Lula e desmoralizá-lo. “O que querem agora é barrar e reverter o processo de mudanças iniciado por Lula, que colocou o Brasil na rota do desenvolvimento com distribuição de renda, incorporando à cidadania milhões de brasileiros marginalizados, e buscou inserção soberana na cena global, após anos de submissão a interesses externos.”

Os aliados acusam os partidos de oposição de tentar politizar o julgamento da Ação Penal 470, conhecida como processo do mensalão, em fase de decisão pelo Supremo Tribunal Federal (STF), e de tentar envolver o ex-presidente no processo. “Quando [os partidos de oposição] pressionam a mais alta Corte do país, o STF, estão preocupados em fazer da Ação Penal 470 um julgamento político, para golpear a democracia e reverter as conquistas que marcaram a gestão do presidente Lula .”

Assinam a nota os presidentes do PT, Rui Falcão, do PMDB, Valdir Raupp, do PSB, Eduardo Campos, do PCdoB, Renato Rabelo, do PDT, Carlos Lupi e do PRB, Marcos Pereira.

Da Agência Brasil

http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2012-09-20/partidos-da-base-divulgam-nota-de-repudio-contra-pedido-da-oposicao-para-que-lula-seja-investigado

Polícia Federal coloca tornozeleira eletrônica em prefeita acusada de corrupção no Maranhão

A Operação Allien cumpre 39 mandados, sendo 20 de busca e apreensão e 19 de medidas cautelares de prisão nas cidades de São Luís, Paço do Lumiar, Igar

PF deflagrou uma operação para desarticular uma suposta quadrilha que fraudou licitações A Polícia Federal (PF) deflagrou uma operação nesta quinta-feira (20) para desarticular uma suposta quadrilha que fraudou licitações e desviou recursos públicos federais na área de educação. Segundo as investigações, foram desviados cerca de R$ 15 milhões do município de Paço do Lumiar (região metropolitana de São Luís).

A Operação Allien cumpre 39 mandados, sendo 20 de busca e apreensão e 19 de medidas cautelares de prisão nas cidades de São Luís, Paço do Lumiar, Igarapé Grande e São José de Ribamar. Entre os investigados estão a prefeita de Paço do Lumiar, Bia Venâncio (PDT), um vereador e três secretários municipais. Os nomes dos investigados não foram informados.

Por determinação do Tribunal Regional Federal da 1º Região, todos os investigados serão monitorados por meio de tornozeleiras eletrônicas e devem ficar recolhidos em casa à noite, nos fins de semana e feriados.

Eles também estão proibidos de ter acesso ao prédio da prefeitura, de sair da cidade sem prévia autorização judicial e de manter contato com os outros investigados. Caso descumpram a medida, serão presos.

A fraude

Com apoio da CGU (Controladoria Geral da União), a PF investigou e aponta para um esquema de desvio de verbas do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação) e do Pnate (Programa Nacional de Apoio ao Transporte Escolar).

Ainda segundo a PF, a fraude de licitações ocorria por meio de empresas "fantasmas" e a falsificação de documentos. Até o momento, a PF diz ter confirmado um desvio de R$ 15 milhões.

Os investigados devem responder pelos crimes de desvio de recurso públicos, uso de documento falso e formação de quadrilha, fraude em licitações e lavagem de dinheiro. Somadas, as penas aos acusados podem chegar a 35 anos de reclusão.

Afastamento

Em abril passado, a prefeita Bia Venâncio chegou a ser afastada do cargo pelo Tribunal de Justiça do Maranhão. Os desembargadores decidiram que ela era culpada por irregularidades que resultaram em seis ações de improbidade administrativa, duas de execuções fiscais e outras ações penais. Pouco dias depois, Bia foi reconduzida liminarmente ao cargo por decisão do STJ (Superior Tribunal de Justiça).

http://www.meionorte.com/noticias/policia/pf-cumpre-mandado-para-colocar-tornozeleira-eletronica-em-prefeita-acusada-de-corrupcao-no-maranhao1-182021.html

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Pe. Zezinho está internado após sofrer isquemia cerebral

padrezezinho092012Está internado desde a noite desta quarta-feira, 19 de setembro, o padre José Fernandes de Oliveira, conhecido Pe. Zezinho, cantor, compositor e professor de comunicação. Ele sofreu um isquemia cerebral e está hospitalizado em São José dos Campos (SP).

Em um comunicado divulgado por Paulinas Editora na tarde desta quinta-feira, o Pe. Zezinho está se recuperando bem, mas seguirá internado, para observação, sem previsão de alta.

Aos 71 anos, Pe. Zezinho atua como professor, apresentador de programas para televisão e rádio, além de intensa agenda de shows. Eventos que estavam marcados para o próximo final de semana, em Mossoró e em Natal (RN), foram cancelados.

http://www.cnbb.org.br/site/imprensa/noticias/10343-pe-zezinho-esta-internado-apos-sofrer-isquemia-cerebral?utm_source=twitterfeed&utm_medium=twitter

Hoje na História: 1378 – Crise na Igreja Católica dá início ao Grande Cisma do Ocidente

Brigas políticas criaram três papas simultâneos e minaram prestígio da Santa Sé

Em 20 de setembro de 1378,  treze cardeais se reúnem secretamente en Anagni, sul de Roma. Descontentes com o papa imposto pelo povo romano em 8 de abril de 1378, sob o nome de Urbano VI, eles designam o prelado de Savoia, Roberto de Genebra, como novo sumo pontífice. O eleito assume o nome de Clemente VII e se instala em Avignon, sede abandonada em 17 de janeiro de 1377 pelo seu predecessor Gregório XI. A rota de colisão com Urbano VI, qualificado de "antipapa", torna-se inevitável.

O episódio marca o início do Grande Cisma do ocidente, também conhecido como Cisma Papal, ou simplesmente Grande Cisma, crise católica que duraria 39 anos (1378-1417).

Estava-se em plena Guerra dos 100 anos. A França toma partido de seu papa enquanto a Inglaterra opta pelo italiano.  Em Nápoles, a rainha Joana I toma partido de Clemente VII enquanto seu primo Charles de Duras, que reivindica a coroa, toma partido do papa romano.
E o começo do Grande Cisma do Ocidente. Este conflito entre "urbanistas" e "clementistas" dizia respeito às classes dirigentes. Deixava indiferente a maior parte dos católicos que, em matéria de religião, só tinha como interlocutor o padre de sua paróquia. O conflito de pessoas na alta hierarquia da Igreja Católica não impediu, porém, que a Igreja se cobrisse de descrédito, tendo concorrido para a emergência de movimentos de contestação e da Reforma.

Em 11 de novembro de 1417, o Concílio de Constança põe fim ao Grande Cisma.

Histórico

A crise do cristianismo medieval se iniciou com a instalação do papa Clemente V em Avignon em 1309. Tratava-se apenas de um exílio provisório motivado pelas violentas manifestações populares em Roma. Contudo, o papa, um francês do Sul, se instala duradouramente em sua nova residência com o apoio do poderoso rei da França, Filipe, o Belo.

Humilhado pelo monarca alguns anos antes, o papado, de fato, não dispunha mais dos meios de desafiar como outrora, a exemplo do combate contra o império alemão, para impor o reinado de Deus sobre a Terra.

Avignon conhecia a época grandes ostentações sob o pontificado de Clemente VI (1342-1352), um monge da abadia de Chaise-Dieu. Ao mesmo tempo eclode a Guerra dos 100 Anos e sobrevém a Grande Peste. Diante de tantas infelicidades, os contemporâneos consideraram-nas uma punição divina à Santa Sé.

Em 1367, Urbano V, ex-abade de São Vítor em Marselha, decide voltar a Roma, mas sua administração permanece em Avignon. Somente em 1377 e que seu sucessor, Gregório XI, põe termo definitivo ao "Cativeiro da Babilônia", sobre as insistentes recomendações de uma jovem dominicana mística, Santa Catarina de Siena.

Gregório XI morre em 27 de março de 1378, pouco apos sua penosa viagem de retorno a Roma.

Dezesseis cardeais se encerram em abril de 1378 a fim de eleger o novo titular da cadeira de São Pedro. O conclave não tarda em se dividir em três facções: os franceses do Norte, os franceses do Sul e os italianos. No frigir dos ovos, é o populacho de Roma que tem a última palavra. Forçam as portas do conclave e a resposta à sua cólera é a eleição quase por unanimidade – 15 votos em 16 – de um italiano de 60 anos que se torna papa com o nome de Urbano VI.

O rei da França Charles V contesta as circunstâncias da eleição e os 13 cardeais, essencialmente franceses, decidem pela eleição de Clemente VII.

As divisões no seio da Santa Sé não cessaram de se agravar nos anos seguintes,eum outro papa foi reclamado na cidade italiana de Pisa, João XXIII.

O papado, aos pedaços, tinha de fazer face à renovação das heresias e a contestação de ilustres teólogos. O inglês John Wyclif e o tcheco Jan Hus defendem uma reforma da Igreja e o retorno aos ensinamentos do Evangelho.

A restauração da autoridade pontifícia se faz urgente. A França, principal potência à época se mostrou interessada em colaborar, porém estava arrasada pela guerra civil entre os Armagnacs e os Bourguignons e incapaz de agir.

A reunificação

Teve de se esperar até 1415 para que o imperador alemão Sigismundo forçasse a reunião de um concilio as margens do lago de Constança.

O colégio de cardeais destitui os três para eleger um novo e único papa, Oddone Colonna, pertencente a nobreza romana. Como sequer havia sido ordenado padre, repara-se esse lapso, conferindo-lhe às pressas o sacramento da ordenação. Adotando o nome de Martinho V, o novo papa se estabelece definitivamente em Roma. Sua eleição, em 11 de novembro de 1417, põe praticamente fim ao Grande Cisma.

Um novo concílio se reúne na Basiléia em 3 de março de 1431 com vistas a reforma da Igreja e a união das Igrejas do Ocidente e Oriente, os ortodoxos e os católicos. Esta reforma não se concretiza visto que o papa Eugênio IV, sucessor de Martinho V, se insurge contra as decisões. O concílio se traslada a Constança onde elegem o duque Amadeu VIII de Savóia como papa. O ultimo dos anti-papas adota o nome de Felix V. A cristandade vê ressurgir o espectro do cisma. Sem apoios, ele acaba por depositar o resto de autoridade nas mãos do papa Nicolau V.

Apesar de encerrada a querela dos papas e anti-papas, o estrago estava feito. A revolução religiosa em formação no império germânico, e acabaria por triunfar um século mais tarde com Martinho Lutero.

http://operamundi.uol.com.br/conteudo/noticias/24420/hoje+na+historia+1378+%96+crise+na+igreja+catolica+da+inicio+ao+grande+cisma+do+ocidente.shtml

Tribunal de Contas intensifica fiscalização para evitar uso irregular do transporte escolar durante período eleitoral

O Tribunal de Contas do Estado do Ceará (TCE-CE) intensificou a fiscalização do transporte escolar no Estado, a fim de evitar o uso irregular dos veículos durante o período eleitoral. A decisão foi reforçada pelo presidente do TCE, conselheiro Valdomiro Távora, na tarde da última terça-feira (18/9), durante sessão do Pleno. De acordo com o Presidente, no último final de semana, foi realizada uma fiscalização pela 5ª Inspetoria de Controle Externo (5ª ICE) da Corte de Contas.

Estranho
A ação foi desenvolvida na CE-060 e na CE-040, onde foram identificados dois veículos, um do município de Guaiuba e outro do município de Horizonte em circunstâncias diferentes às usuais. A ação teve o apoio das equipes da Polícia Rodoviária Estadual (PRE) dos postos da Pajuçara e de Aquiraz

Patrimônio
Além disso, o Ministério Público de Contas (MPC), por meio do seu procurador-geral, Gleydson Alexandre, entrou com uma representação para que o TCE-CE determine à Secretaria de Educação, bem como a todas as Coordenadorias Regionais de Desenvolvimento Educacionais (Credes), a regular utilização do patrimônio público durante o período eleitoral, em especial os veículos que tem por fim transportar alunos da rede pública de ensino.

A representação do MPC sugere, também, a realização de uma operação no dia das eleições, 7 de outubro, e eventualmente, no dia 28 de outubro, caso haja segundo turno, nas principais rodovias do Estado.

Acordo de Cooperação
Desde a assinatura do Acordo de Cooperação Técnico-Operacional com o Ministério Público Federal (MPF), por intermédio da Procuradoria da República no Estado do Ceará, firmado em 21 de maio último, a Corte de Contas cearense tem realizado fiscalizações para coibir o uso irregular do transporte escolar adquirido pelo poder público para atendimento exclusivo dos alunos da rede pública de ensino.

A utilização de meios de transportes pertencentes à União, Estados, Territórios e Municípios em campanha eleitoral caracteriza crime eleitoral, cuja pena é o cancelamento do registro do candidato ou de seu diploma, se já houver sido proclamado eleito.

Com informações da Assessoria

http://www.jangadeiroonline.com.br/blogs/kezya-diniz/ceara/tribunal-de-contas-intensifica-fiscalizacao-para-evitar-uso-irregular-do-transporte-escolar-durante-periodo-eleitoral/

LEI SECA - Número de apreensão de CNHs cresce 369,25%

Até agosto deste ano, 4.059 motoristas ficaram sem habilitação. Em igual período de 2011, foram 865

Mesmo com campanhas de conscientização sobre os perigos do consumo de bebida alcoólica ao volante, motoristas continuam arriscando a vida dirigindo embriagados nas rodovias do Ceará. Até agosto de 2012, o número de carteiras nacionais de habilitação (CNHs) apreendidas pela Lei Seca cresceu 369,25% em relação ao igual período do ano passado. O número passou de 865 documentos apreendidos, em 2011, para 4.059, em 2012.

Para a PRE, o aumento não significa que mais pessoas estão dirigindo alcoolizadas, mas, sim que a fiscalização foi intensificada Foto: Kid Júnior

A maioria destas apreensões, até agosto deste ano, foram com base no artigo 165 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), ou seja, dirigindo sob a influência de álcool ou de qualquer outra substância psicoativa que determine dependência. O número de agosto do ano passado chegou a 711 e, neste ano, subiu para 3.845 apreensões, o que representa um aumento de 440,79%.

Já a quantidade de carteiras apreendidas sob o artigo 306 do CTB, que também determina a detenção do condutor, foi de 214, até o último mês de agosto, e 154 na igual época de 2011, resultando num crescimento de 38,96%. O artigo proíbe a condução de veículo, na via pública, estando com concentração de álcool por litro de sangue igual ou superior a seis decigramas.

De acordo com o tenente da Polícia Rodoviária Estadual (PRE), Kilbere Vasconcelos, o aumento do número de CNHs apreendidas é resultado da intensificação de fiscalizações no trânsito. "Esse número não significa que a quantidade de pessoas embriagadas tenha aumentado drasticamente, mas representa o crescimento da fiscalização", explica.

Ocorrências

Conforme o tenente, o local onde mais apreensões de CNHs são feitas é o litoral. "As rodovias que ligam as praias apresentam um número considerável de condutores embriagados, sobretudo nos fins de semana e feriados", avalia.

O tenente acrescenta que, em Fortaleza, o maior número de apreensões são feitas em vias próximas a bares e casas de shows. Segundo o Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Fortaleza é a quinta capital do Brasil com maior registro de multas pela Lei Seca no ano de 2012, ficando atrás de São Paulo, Recife, Vitória e Brasília.

Ainda de acordo com dados do Detran, até o dia 16 de setembro deste ano, a PRE apreendeu 5.569 carteiras de habilitação na Lei Seca. Em 2011, até o fim do ano, o número foi de 4.259.

Desde o início da Lei Seca, em julho de 2008, foram apreendidas, no total, 26.515 CNHs. Conforme informações do Detran, desde que a lei entrou em vigor até setembro do presente ano, 24 mil motoristas se recusaram a realizar o teste do bafômetro. Dirigir embriagado é considerado uma infração gravíssima e pode resultar em prisão.

LÍVIA LOPES-REPÓRTER

http://diariodonordeste.globo.com/materia.asp?codigo=1183424

O Ministério Público lança nova campanha em combate à corrupção com o tema: “Esta família não vende voto!”

promotor de Justiça Alexandre Aragão adverte eleitor contra a venda do voto

Paca-Corrupção2

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPE-CE) lançou uma nova campanha de combate à corrupção eleitoral. A coordenação estadual do movimento “O que você tem a ver com a corrupção?” tem como apelo o tema: “Esta família não vende voto!”.

A iniciativa tem o objetivo de conscientizar o eleitor sobre a compra do voto, a campanha do MPE abraçada pelo promotor de Justiça Alexandre Aragão, tem o apoio do procurador-geral de Justiça Ricardo Machado, de entidades não-governamentais e das pastorais diocesanas localizadas nas diversas comarcas.

Em entrevista ao Jornal Alerta Geral desta quarta-feira (19), o promotor de Justiça Alexandre Aragão afirmou esperar que o MPE esteja engajado na campanha em conscientização aos eleitores para acabar com a corrupção nas Eleições Municipais 2012.

Ouça:

http://www.cearaagora.com.br/noticias/eleicoes/alexandre-aragao-adverte-eleitor-contra-a-venda-do-voto

Tiririca sim, mamãe

FábioCamposJornalOpovo20092012

Extraído do Jornal O Povo, 20 de setembro de 2012

26% dos jovens do Ceará não têm uma ocupação

As mulheres correspondem à maioria do percentual de jovens que não estão no ensino formal e nem trabalham

Mais de 26% da população do Ceará, que seria economicamente ativa - de 18 a 25 anos -, está fora da educação formal e do mercado de trabalho. Em Fortaleza, 25,68% das mulheres não brancas e 20,34% das brancas estão fora da escola e sem emprego, enquanto 14,18% dos homens não brancos e 12,92% dos brancos estão na mesma situação. É o que diz estudo do Instituto de Estudos Sociais e Políticos (Iesp), da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj). O levantamento teve por base microdados do Censo 2010, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Para especialista, a maior parte das pessoas que não estudam nem trabalham são miseráveis que não têm acesso à educação ou ao emprego Foto: Cid Barbosa

Talita Melo, de 18 anos, se enquadra nesse perfil. Ela terminou o 2º grau no ano passado e ainda não ingressou na faculdade. Por enquanto, ela preenche o tempo com leituras, curso de informática e estudos voltados para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) que pretende fazer em 2013. "Quero Psicologia. Procuro ficar em casa estudando para me preparar", conta.

De acordo com a professora do Departamento de Ciências Sociais e coordenadora do Laboratório da Juventude da Universidade Federal do Ceará (UFC), Glória Diógenes, a pesquisa necessitaria de uma análise qualitativa para saber as razões pelas quais os jovens deixam de estudar e de trabalhar.

Para ela, tanto o Governo do Estado quanto a Prefeitura de Fortaleza não têm trabalhado uma perspectiva de continuidade das políticas públicas após os 18 anos. "Há um vácuo que se instala na juventude, principalmente a de baixa renda", diz.

Glória lembra que o Brasil não construiu um pacto de políticas que cheguem a atender pessoas com até 29 anos. Esses jovens não conseguem ingressar em uma universidade e nem no mercado de trabalho por falta de qualificação. Além disso, a professora acrescenta que esses jovens são os que mais se envolvem com drogas. "É um segmento desassistido do ponto de vista dos direitos humanos".

Miseráveis
O mestre em Educação Marco Aurélio de Patrício Ribeiro considera que o percentual de 26% se refira aos miseráveis, ou seja, pessoas que não têm acesso à escola e nem ao emprego. E são aquelas que precisam de políticas públicas de atenção. "São jovens com os quais a sociedade tem dívida. Necessitam, portanto, não só da forma de sobrevivência, mas também da formação profissional e de uma política de inclusão de trabalho".

Outro dado importante é que as mulheres correspondem à maioria do percentual de jovens que não estudam nem trabalham. Cerca de 29% das mulheres brancas estão nesse perfil contra 18,6% de homens na mesma situação. Marco Aurélio Ribeiro comenta que o problema é que ainda existe uma cultura de o sexo feminino ser provido e não provedor. "Muitas mulheres ainda buscam maridos que as sustentem". Além do fato de as empresas preferirem os homens para as vagas de emprego.

A Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social do Estado do Ceará (STDS) revela que tem ação efetiva para atender os jovens de 18 a 25 anos. Conforme o coordenador do Trabalho, Emprego e Renda da STDS, Robson Veras, o Estado contempla quase oito mil jovens. O Projeto Primeiro Passo, por exemplo, cria oportunidades de trabalho e qualificação para 2,5 mil pessoas vindas da rede pública de ensino e carentes. Além disso, a STDS oferece bolsas no Interior.

Uma nova perspectiva é o início do Projovem, em outubro, que vai atender 8.500 jovens em 132 municípios com inclusão digital, noções de ética e cidadania e Direito Trabalhista.

Já a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (SDE) oferece o Programa de Qualificação Básica e Tecnológica, com ações de capacitação profissional nas áreas de serviços, comércio, turismo, artesanato, alimentação e indústria, para pessoas a partir dos 16 anos de idade. Existe também o Projovem Trabalhador - Juventude Cidadã - que qualifica social e profissionalmente jovens de Fortaleza.

dadospesqusa

LINA MOSCOSO-REPÓRTER

http://diariodonordeste.globo.com/materia.asp?codigo=1183421

←  Anterior Proxima  → Inicio

Pacatuba Em Foco

Ouça-nos !

Agenda de Jogos da Semana


Campeonato Brasileiro A
Quarta-Feira, 04, 19h30
Ceará x Corinthians - Castelão

Campeonato Brasileiro A
Domingo, 08, 16h00
Fortaleza x Bahia - Castelão

Mais Acessadas

Total de Transeuntes

Votar ao Topo