Tecnologia do Blogger.

Featured Post

DIÁRIO DO BOLSO || Vai acabar em pizza, Diário, mas antes ainda vai voar muito macarrão

Pô, Diário, o almoço de família desse domingo teve mais briga que convenção de partido de esquerda Por José Roberto Torero Tudo c...

APEOC

Postagens Populares

Sample Text

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation test link ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate another link velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur.

Arquivo do blog

Categories

Definition List

Definition list
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.
Lorem ipsum dolor sit amet
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.

Pages

Support

Need our help to upload or customize this blogger template? Contact me with details about the theme customization you need.

Ordered List

  1. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  2. Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  3. Vestibulum auctor dapibus neque.

Unordered List

  • Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  • Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  • Vestibulum auctor dapibus neque.

Pesquisar este blog

Pacatuba Em Foco


Pacatuba Em Foco - A Melhor Calçada Virtual

A Arte Imita Fielmente A Vida !!!



Vejam vocês o quanto a arte é fiel em retratar a vida. E aqui, em especial, uma verdade tão igual aos nossos dias.

Portanto qualquer semelhança com a atmosfera que nos cerca convicto sou de que NÃO é mera coincidência.

Observe a narrativa descrita no vídeo. Você certamente verá protótipos desses que te cercam no dia-a-dia. É certo que os nomes não obedecem às figuras que conhecemos, mas esqueçamos nós esse ínfimo detalhe e mentalmente façamos as devidas denominações dos protagonistas dos quais somos constantemente vítimas.  Agora, quanto ao enredo, ele certamente o ajudará a identificar as personagens que conhecemos bem de nossa encenação circense, posto que se encaixam como que por medida.

VEM COMIGO !!!

Prof. Marcos Varela

PRIVATARIA TUCANA


PRIVATARIA TUCANA nos traz uma visão contundente e realista como poucas dos bastidores do Brasil político/empresarial. O desencanto popular com a classe política, nas últimas décadas, acentua-se dia após dia, e um livro como este só faz reforçá-lo. 
Para isso, oferece todo um manancial de informações e revelações para que o leitor perceba onde foi iludido e onde pode ainda crer na humanidade, pois, se a classe política sai muito mal, respingando lama, dessas páginas, ao menos o jornalismo investigativo, honesto e necessário, prova que os crimes de homens públicos e notórios não ficam para sempre convenientemente obscurecidos. Há quem os desvende. E quem tenha coragem de revelá-los.


O ensurdecedor silêncio dos grandes jornais e programas jornalísticos sobre o livro “A privataria tucana” é um daqueles momentos que nos faz sentir vergonha pelo outro. 
A imprensa, que não perde a chance - com razão - de exigir liberdade para informar, emudece quando a verdade contraria seus interesses empresariais e/ou o bom humor de seus grandes anunciantes. Onde estão as manchetes escandalosas, as charges de humor duvidoso, os editoriais inflamados sobre a moralidade pública?

Afinal, cadê o moralista que estava aqui?





A imprensa que vive se dizendo “independente”, portanto, ao tentar esconder o livro “proibido” está dando a ele a maior contribuição que poderia.

Explico: se fosse uma obra fraca, com denúncias fracas, seria excelente alvo para veículos partidarizados como Globo, Veja, Estadão e Folha. Se a escondem, é porque seu conteúdo deve ser arrasador. E como quem se interessa por assuntos assim certamente tem acesso à internet e a blogs políticos, a censura aumentará o interesse.

Ora, imprensa que se diz “independente”, se fosse mesmo não precisaria concordar com um livro considerado bombástico para noticiar seu lançamento ou para produzir análises de seu conteúdo. O lançamento da obra é um fato político saboroso para qualquer jornalista de verdade. Aliás, é escandaloso que o autor do termo “privataria” tenha se calado.



Projeto de Lei beneficia professores de nível médio e cerca de 20% dos professores temporários


Os Deputados aprovaram hoje, dia 28 de março, o Projeto de Lei 17/12, oriundo da Mensagem 7.346, que dispõe que nenhum servidor do Grupo Ocupacional do Magistério receberá vencimento básico inferior ao piso salarial profissional nacional para os profissionais do magistério público da educação básica.

Embora o projeto de Lei não mencione o valor do piso, o Estado do Ceará, a exemplo da totalidade dos Estados e Municípios tem considerado o valor do piso divulgado pelo Ministério da Educação - MEC que é de R$ 1.451,00.

Na prática a Lei beneficia apenas os professores de nível médio modalidade normal que tem vencimento base, desde janeiro de 2012, de R$ 1.270,09, passando, portanto para R$ 1.451,00.

A aprovação da lei estadual é uma atualização do valor do piso mínimo para o ensino médio para 1.451,00 para 40h/a que antes era de 1.187,00. Esta mudança no valor atinge uma diminuta parcela de ativos que possuem apenas o ensino médio, bem como os aposentados com o grau de formação de nível médio, além disso, o valor mínimo serve de parâmetro para os professores temporários sem formação superior.

Em todo o Brasil através das assembleias legislativas e das câmaras municipais, os gestores conseguiram a desvinculação do piso de nível médio dentro de toda carreira do magistério e reduziram a margem de diferença dentro do plano entre nível médio – superior - especialistas para 5%.

Nesta disputa pela valorização da carreira conseguimos a manutenção do reajuste via índice custo aluno em 22% este ano apesar de referenciar legalmente o mínimo para o nível médio acaba gerando uma pressão moral para correção dos outros níveis, pois, mantida a correção apenas do mínimo que para o ano que vem mantida a atual política de cálculo terá um reajuste de 21% , ou seja, o piso passa a ser tornar teto.
Neste sentido foi demais importante a vinculação de maior comprometimento do FUNDEB com o salário dos professores, pois, em 2012 o estado terá que aplicar 77% do fundeb e em 2013 e 2014 80% do FUNDEB o que nos garante recursos para valorização da carreira.

 Anízio Melo - Presidente da APEOC  

O deputado Téo Menezes é eleito sem ser filiado ao PSDB

O Ministério Público eleitoral, a pedido da direção estadual do PSDB, segundo documento de dezembro de 2011, está investigando a situação da filiação partidária do deputado estadual Teodorico José Barreto Menezes (Téo Menezes) aos quadros do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), pelo qual disputou todas as suas eleições para o Legislativo estadual.

O parlamentar foi candidato à reeleição em 2010, obteve o registro da sua candidatura, foi eleito, suas contas de campanha foram aprovadas pelo TRE, que também o diplomou, foi empossado pela Assembleia Legislativa, onde ocupa a 4ª secretaria na Mesa Diretora, mas desde novembro 2009 não estava filiado ao partido, conforme informação fornecida pela corregedoria regional eleitoral.

Sem filiação partidária, pelo menos, um ano antes do pleito, como exige a legislação eleitoral, não é permitido a nenhum pretenso candidato obter o registro da postulação na Justiça Eleitoral. A filiação deve ser comprovada no pedido de registro e antes, nas informações do partido.

O pedido de investigação foi formulado ao Ministério Público pelo presidente do diretório regional, Marcos Cals. Ele explica que, no ano passado, em função da possibilidade de envolvimento do parlamentar com o caso dos kits sanitários, o segmento jovem do partido entrou com representação solicitando que o caso fosse apreciado pela comissão de ética da agremiação.

A partir desse pedido, explica Cals, após algumas incursões no sentido de o deputado pedir sua desfiliação, o partido iniciou uma investigação sobre todo o curso de filiação do deputado e encontrou um ofício do parlamentar, endereçado ao diretório estadual, datado de 2008, em que ele comunicava a transferência do seu domicílio eleitoral de Fortaleza para o Município de Pacajus. Como o partido estava procedendo uma reformulação interna no registro geral de filiados, ao imprimir a certidão de filiação do parlamentar constatou que Téo Menezes não estava filiado a partido político.



Pasmem os senhores !!! 

Sentem-se em suas respectivas poltronas e apertem os cintos ...

Para que não passe desapecerbido pelos nobres amigos que passeiam livremente em nossa calçada virtual, o Deputado Téo Menezes é o mesmo que teve seu nome envolvido no escândalo dos banheiros, conforme matéria veiculada (http://politika.jangadeiroonline.com.br/corrupcao-2/escandalo-dos-banheiros-deputado-teo-menezes-depoe-nesta-sexta/).

E ainda para que os transeuntes de nossa calçada virtual não se esqueçam, é o mesmo deputado defendido à época das eleições pelo grupo gestor que, ainda, rege a nossa dileta cidade.


VEM COMIGO !!!

Prof. Marcos Varela

Morre Millôr Fernandes ...


SÃO PAULO - O escritor Millôr Fernandes morreu na noite deste terça-feira, 27, por volta das 21h, em sua residência no Rio, por falência múltipla de órgãos. O corpo será velado a partir das 10h de quinta-feira, 29, no Cemitério Memorial do Carmo, no Bairro do Caju, no Rio. Segundo a assessoria do cemitério, o corpo será cremado às 15h, desta quinta, no Crematório da Santa Casa. Millôr tinha 88 anos.


O escritor chegou a ser internado por cinco meses no ano passado, na Casa de Saúde São José, também no Rio de Janeiro.

Millôr foi um dos fundadores do jornal O Pasquim e um dos representantes da imprensa nanica, que levou o humor às publicações alternativas na época da forte censura do Regime Militar. Tinha um blog no UOL e sua conta na rede de microblogs Twitter tinha mais de 200 mil seguidores.


Putz !!!

Vai não, meu mestre !!!

Agora a quem irei admirar entre nós. Eras tão presente em meus dias ...

Assim não vale, sou seu seguidor no Twiter e não permito que me abandones ...

Eu praticava todos os dias, religiosamente, a arte milenar da observação e ficava a me deliciar com seus trocadilhos sutis, mas carregados de valiosa carga semântica. E ria ao contemplar teus diminutos versos. E confesso que sempre tentei te imitar como a um filho que tenta reproduzir os passos do pai ou do irmão mais velho. Contudo, reconheço que nada aprendi e que ainda necessitava de muitas aulas suas.
E agora ... ?

(EM SUA HOMENAGEM DEDICO: UMA LINHA DE SILÊNCIO !!!)
..............................................................................................

VEM COMIGO !!! 

Prof. Marcos Varela

"Bate palma com vontade, faz de conta que é turista ..."


Mais uma para o rol de falta de planejamento dessa gestão!!

Quem passa ao lado do açude do Piripau ver a obra que está sendo realizada para reforço da parede do açude. Pois bem, naturalmente, para a realização da obra é de se esperar a retirada das águas do açude.

Eis a questão, retiram as águas do açude em pleno inverno, terminam a obra no verão e o açude fica seco por falta de chuva, pois elas só virão próximo ano. Parabéns pela ingerência!!!

Pacatuba Refletindo


"Bate palma com vontade, faz de conta que é turista ..."

Acredito que alguns pensaram que tal ingerência iria passar incólume aos nossos olhos, como poderia isso ocorrer ? 

Essa obra, nesse instante, é a prova cabal de tudo que já se falou e se fala dessa pífia administração que  há ao longo de duas décadas vem dizimando nossos valores ...

Caros amigos, chega a ser gritante o descaso para com o povo, para com a cidade. E o que mais me deixa perplexo frente a tudo isso é desfaçatez dessa gente em tentar fazer com que se pareça algo muito normal e até grandioso por parte deles. 

A realização dessa obra, nesse momento, só vem a comprovar como eles lidam com o erário, usam-no tão somente a fim de se promover às vésperas de um pleito eleitoral. 

E, além disso, comprova a total falta de planejamento em realizar obras dessa magnitude. 

Como falara alhures acerca desses urupês, vivem de utilizar as teclas de atalho: CRTL + C e CRTL + V em suas ações; são também magnânimos adeptos dos brados enaltecedores a fim de encobrir as mazelas que temos e que eles fingem não ver ...

Sei que vão apregoar que agiram com essa urgência pensando no bem dos moradores próximos ao Açude Piripau e que temiam por um mal maior para essa gente.

Digno de aplausos ...

Fico feliz pela repentina preocupação tomada de um ato fortuito de gratidão por parte desses gestores que viveram em letargia durante 3 anos e alguns meses e que só agora foram tocados pela complacência humana e atentaram para exercer o real papel que lhes foi confiado de acordo com a soberana vontade da população.

Tal alegativa não se sustenta, é sabido que havia essa problemática toda, é verdade. Porém desde alguns tempos essa celeuma foi falada aos quatros cantos da cidade. E eles não fizeram à época, sei que vão tentar usar a atenuante de que não dispunham de verbas, também não procede. 

É .... esses senhores julgam-nos desprovidos de senso crítico, refiro-me a todos que compõem a grande massa que de há muito sofre com essa bisonha capitania administrativa e sua vassalagem. 

Que triste realidade a nossa ... 

VEM COMIGO !!!

Prof. Marcos Varela

A Secretária de (des)educação de Pacatuba quer fazer de seus professores "otários".


A Secretária de (des)educação de Pacatuba quer fazer de seus professores "otários". Através de suas despreparadas gestoras , mandam essas coitadas repassarem informações mentirosas aos professores, afirmando que pagam o piso aos professores, que não é verdade , pois a mensagem de reajuste nem passou pela Câmara Municipal de Vereadores.
Mostram dados irreais , acham que enganam todo mundo, assediam e coagem até professores para assinarem atas para se esconderem da verdade, ou seja, esse município tem sim condições de pagar seus professores e de retroagir como manda a lei e valorizar de fato e de direito seus professores. 
Na verdade estão com medo de mostrar a cara por que? 
Estão com medo do Ministério Público ? 
Abram as contas e digam a quem vocês pagam com os 60% do FUNDEB? 
Sejam transparentes, a mentira não irá demorar por muito tempo.
Respeite o professor !!!!

Prof. Jaira Rocha Alcântara

Fonte: https://www.facebook.com/jaira.rochaalcantara

Senador diz que tem pena de quem vive com apenas R$ 19 mil de salário líquido de parlamentar


Para Cyro Miranda, senador tucano pelo estado de Goiás, a situação do parlamentar brasileiro é digna de pena. Mesmo tendo votado a favor da proposta que elimina o 14º e o 15º salários, pagos todos os anos aos senadores, Miranda não hesitou em externar seu desapontamento. "Eu tenho pena daquele que é obrigado a viver com R$ 19 mil líquidos com esta estrutura que temos aqui", criticou o senador.


Realmente é de dar dó ...

Fico a imaginar e em vão encontro possível solução para entender como alguém que vive de apenas minguados 3 mil e poucos, salvo engano. Porém este faz florescer mais e mais a cada dia seu irrisório holerite. Tornando-se, inclusive, dono de quase toda uma cidade. Seria de bom alvitre que o nobre senador tomasse algumas aulas com ele de como multiplicar meteoricamente seu patrimônio, mesmo recebendo um “bisonho” salário, já que o referido mago das finanças nem ao menos exerce um cargo público. Segundo ele, age tão somente pelo amor ao bem estar das classes menos favorecidas e, ainda segundo ele, algo que lhe foi confiado por seu genitor. Algo como herança dos signos, meio que um fardo a ser levado ...

Quanta generosidade ...

VEM COMIGO !!!

Prof. Marcos Varela

Coreaú – Prefeito, vice e rádio são punidos por propaganda antecipada


 “O aparelho judicial já começou a atuar contra propaganda política antecipada em 2012 no Ceará. Prefeito e vice do município de Coreaú, Carlos Roner Félix Albuquerque (PSDB) e Francisco Gomes Ximenes, respectivamente, que pretendem concorrer à reeleição, e o Instituto de Radiodifusão de Desenvolvimento Comunitário de Coreaú (Rádio Princesa do Vale) foram condenados a pagar multa no valor de R$25 mil.
O juiz que responde pela comarca do município, Hyldon Masters Cavalcante Costa, julgou procedente uma representação eleitoral interposta pelo promotor de Justiça Ítalo Sousa Braga.
O prefeito terá de pagar R$ 10 mil aos cofres públicos, enquanto Ximenes deverá efetuar pagamento de R$ 9 mil e a rádio de R$6 mil, pela realização e divulgação de propaganda eleitoral extemporânea.”



Daqui  nos parece tão distante ...

PROPAGANDA ELEITORAL: Políticos são condenados a multas


O procurador regional eleitoral, Márcio Torres, voltou a se reunir, ontem, com promotores eleitorais de Fortaleza e o chefe da Coordenadoria de Ações Operacionais das Promotorias Eleitorais (Caopel), promotor Raimundo Filho. Este foi o segundo encontro realizado, neste mês, para definir as atribuições de cada promotor no processo eleitoral deste ano, na Capital.

Na próxima sexta-feira, um novo encontro vai acontecer, com um maior número de promotores em ação no Eleitoral, para tratarem da propaganda antecipada. Ontem, o Ministério Público distribuiu uma decisão da juíza eleitoral de Maracanaú condenando o atual vice-prefeito daquele Município por propaganda eleitoral antecipada. Ele é um dos nomes apontados como candidato a prefeito.

O vice-prefeito José Firmo Camurça foi condenado ao pagamento de multa no valor de R$ 7.500,00. Os também pretensos candidatos à Prefeitura de Maracanaú, deputado federal Edson Silva e Carlos Eduardo Bandeira de Melo, secretário municipal de Infraestrutura, também foram denunciados à Justiça dali por propaganda antecipada.

Outra decisão judicial condenando políticos por propaganda eleitoral antecipada foi em Coreaú, na zona norte do Estado. Segundo notícia distribuída pelo Ministério Público, ali foram multados o prefeito, Carlos Roner Félix Albuquerque, em R$ 10 mil. E o seu vice, Francisco Gomes Ximenes em R$ 9 mil. A rádio que veiculou o material, Princesa do Vale, também foi multada em R$ 6 mil.

Na reunião de sexta-feira, dos integrantes do Ministério Público com atuação na Justiça Eleitoral, todas as questões relacionadas dirão respeito à propaganda eleitoral antecipada, uma das principais preocupações dos promotores, atualmente.

Funções

O procurador Márcio Torres, ainda hoje, deverá baixar uma portaria indicando os promotores para cada uma das funções a serem desenvolvidas no curso da campanha eleitoral. Como alguns dos promotores não puderam comparecer ao encontro de ontem, o promotor Raimundo Filho ficou de consultar os ausentes para informarem suas preferências, a fim de que sejam indicados como auxiliares dos que terão suas funções definidas de conformidade com as zonas eleitorais onde atuam.

O procurador Márcio Torres informou que a proposta é, de acordo com o calendário eleitoral, aproveitar a força de trabalho dos promotores, tendo em vista uma atuação mais eficaz e, sobretudo para garantir uma divisão de trabalho que possa servir como incentivo a um trabalho mais eficiente. Assim, em cada etapa de trabalho, os 13 promotores das zonas eleitorais de Fortaleza vão atuar em conformidade com a necessidade do serviço, ou seja, na época em que o foco maior for para a propaganda eleitoral, como no caso de agora da propaganda eleitoral antecipada.

A exemplo do que ocorre com o quadro de juízes, a carência de promotores para as eleições deste ano, no Interior do Estado, não preocupa o procurador regional eleitoral. Ele informa que o Ministério Público estadual adotou a providência de não dar andamento à movimentação de promotores no ano eleitoral.


A impressão que se tem é a de que vivemos a milhas e milhas da civilização. Explico o porquê de minha   tão estapafúrdia afirmação. 

Aqui, em nossa cidade ao sopé da Serra da Aratanha, livremente e a todos os instantes vemos manifestações que se configuram claramente como inclinações eleitoreiras. E isso se dá de diferentes formas, sejam por materiais impressos, radiofusão capenga exercida por pseudolocutores e outros mais tipos de exibicionismos políticos. Ações estas que, aos olhos dos mais leigos, dentre os quais eu me incluo, percebe-se a clara intenção em tremular a bandeira partidária antes mesmo do momento autorizado por lei, conforme exposto na matéria acima. Chega a ser um verdadeiro acinte à inteligência daqueles que cultuam e pregam uma política verdadeiramente democrática e igualitária.

VEM COMIGO !!!

Prof. Marcos Varela

MPF vai à Justiça para anular efetivação de estagiários no Senado


O Ministério Público Federal no Distrito Federal informou nesta segunda-feira (26) que entrou com ação na Justiça Federal para anular atos secretos do Senado responsáveis por tornar servidores efetivos 76 estagiários, que não fizeram concurso público.

Os procuradores pedem a demissão dos servidores efetivados pelo ato supostamente irregular, mas não há pedido para devolução dos salários recebidos por eles. Os atos administrativos que efetivaram os estagiários foram publicados em 1991 e ficaram em sigilo até que, em 2009, uma série de denúncias revelou o escândalo dos atos secretos que foram usados para aumentar salários de servidores e fazer contratações de parentes e amigos de senadores.

O Senado disse, por meio de sua assessoria de imprensa, que só irá se manifestar sobre o assunto depois que conhecer a íntegra da ação apresentada pelo Ministério Público. A assessoria não soube identificar os funcionários nem informar se continuam na ativa.

De acordo com os procuradores, o Senado argumenta que os estagiários foram contratados antes da Constituição Federal de 1988 e não estariam obrigados a fazer concurso público por terem ingressado no serviço pelo menos cinco anos antes de promulgada a Constituição. De acordo com o MPF, o problema é que as contratações ocorreram em 1984 e 1985, ou seja, fora do prazo de cinco anos antes da Constituição de 88.

O documento da Comissão Diretora do Senado Federal, que reconheceu o vínculo empregatício dos estagiários, não foi publicado e não tinha número de identificação. Na época, os acusados pelo MPF/DF participavam de programa de estágio no então Centro Gráfico do Senado Federal (Cegraf), hoje denominado Secretaria Especial de Editoração e Publicações (Seep).

Federalização salarial dos professores é nova bandeira de luta do Sindicato APEOC


Dos 27 Estados da Federação apenas 9 dos seus governadores pagam o piso salarial dos professores de acordo com a lei e mais de 70% dos prefeitos municipais descumprem as determinações da lei federal que instituiu o piso nacional de salário dos professores de nível médio da Educação Básica, bem como ainda, governadores e prefeitos, não aceitam implantar salários com valores que devem repercutir no plano de carreira dos demais professores com nível de graduação.

Em face dessa realidade nacional, o Sindicato APEOC tomou a iniciativa de hastear a bandeira em defesa da federalização dos salários dos professores da Educação Básica. Ideia incorporada pela CNTE e pelas demais entidades filiadas em defesa de uma educação com qualidade social; melhoria no ensino; e, pagamento de salário com valor idêntico em todo território nacional, a partir do piso salarial e com interstício de no mínimo 40% entre o valor do salário de professor de nível médio e salário inicial do professor graduado, bem como diferença escalonada entre cada nível na carreira, do professor com licenciatura plena ao nível do professor com doutorado.

A ideia da federalização dos salários de professores da Educação Básica é antiga e já abordada no Congresso Nacional. Entretanto, de dentro do Sindicato APEOC ecoou o primeiro grito de trabalhadores em defesa da federalização salarial dos professores da Educação Básica.
A federalização de salários já ocorre em diversos setores da administração pública federal, a partir das Universidades, do Banco do Brasil e de outros entes públicos. Então por que não acontecer em favor da Educação Básica e dos seus professores?

Se materializada esta ideia, através de propositura aprovada pelo Congresso Nacional, não teremos mais governadores nem prefeitos inimigos da educação e dos seus profissionais, nem muito menos chorando por falta de recursos.

Gravações comprovam relação criminosa da Revista Veja com bicheiro


Uma informação bombástica foi divulgada no blog do jornalista Luis Nassif: a de que há mais de 200 ligações trocadas entre o bicheiro Carlinhos Cachoeira e o redator-chefe da revista Veja, Policarpo Júnior. Outro jornalista que passou por Veja, Alexandre Oltramari, trabalhou na campanha para o governo de Goiás de Marconi Perillo, em 2010. Atuou em conjunto com o sargento Dadá, que hoje está preso

Leia, abaixo, o texto de Nassif:

Não haverá mais como impedir a abertura das comportas: a Operação Monte Carlo da Polícia Federal, sobre as atividades do bicheiro Carlinhos Cachoeira, chegou até a revista Veja.

As gravações efetuadas mostram sinais incontestes de associação criminosa da revista com o bicheiro. São mais de 200 telefonemas trocados entre ele e o diretor da sucursal de Brasilia Policarpo Jr.
Cada publicação costuma ter alguns repórteres incumbidos do trabalho sujo. Policarpo é mais que isso.

Depois da associação com Cachoeira, tornou-se diretor da sucursal da revista e, mais recentemente, passou a integrar a cúpula da publicação, indicado pelo diretor Eurípedes Alcântara. Foi um dos participantes da entrevista feita com a presidente Dilma Rousseff.

Nos telefonemas, Policarpo informa Cachoeira sobre as matérias publicadas, trocam informações, recebe elogios.

Há indícios de que Cachoeira foi sócio da revista na maioria dos escândalos dos últimos anos.



Belíssima entrevista de Rafinha Bastos concedida à Marília Gabriela no Programa exibido no dia 25 de março de 2012.

Dentre os assuntos fala de seu rompimento de contranto com a Band e de sua saída do CQC.
Fala do processo acerca de sua declaração acerca do filho da Vanessa Camargo.
Fala de sua preocupação com os seus familiares. Enfim, desnuda-se em público.

Vale a pena conferir !!!

Prof. Marcos Varela


Grupo LGBT da Uganda processa pastor americano por homofobia


Um grupo LGBT da Uganda está processando o pastor americano Scott Lively (foto) na corte de Massachusetts sob a acusação de iniciar uma perseguição a gays e lésbicas no país.

De acordo com o grupo, desde 2002, o pastor tem se articulado com líderes políticos e religiosos da Uganda para alertar para o que ele chama de “agenda gay”, que pretenderia transformar as crianças em homossexuais e acabar com a cultura africana. Esta ação teria resultado em perseguições, sequestros, torturas e assassinatos de LGBT no país. Em 2009, um dos líderes políticos que se articulou com Lively propôs pena de morte a gays na Uganda, a lei foi derrubada após ameaças de sanções de diversos países, entretanto voltou à pauta no mês passado.

O processo contra o pastor evangélico é com base em uma lei americana que permite estrangeiros processarem pessoas dos EUA caso estas tenham violado leis internacionais.

O pastor Scott Lively é um dos fundamentalistas religiosos mais fervorosos dos EUA. Já publicou livros que comparam os gays ao Nazismo, e atua em cruzadas contra homossexuais na África.

Em sua defesa, o pastor disse ao Jornal The New York Times que não faz nada além de pregar o evangelho e dar a sua opinião sobre a homossexualidade.

Gol do Vozão no Clássico Rei - 25 de março de 2012

Sem comentários ...

Dá-lhe VOZÃO !!!

VEM COMIGO !!!

Prof. Marcos Varela

LUIZIANNE CONVIDA EUDES XAVIER PARA SER VI, ILÁRIO MARQUES ASSUME VAGA NA CÂMARA FEDERAL


A prefeita Luizianne Lins (PT) começa a fazer as primeiras mudanças no secretariado por força da disputa eleitoral que se aproxima. É que os secretários que desejam se candidatar às eleições de 2012 tem que deixar o cargo até o dia 6 de abril, segundo a legislação em vigor. A prefeita convidou o deputado deferal Eudes Xavier (PT) para a Secretaria Executiva Regional VI, na vaga antes ocupada por Cícero Cavalcante (PT).

O anúncio da mudança foi feito neste domingo (25), durante evento que comemora dos 32 anos do PT, no município de Quixadá.

A vez de Ilário
Com a mudança, Eudes Xavier deve se licenciar do mandato de deputado federal. O ex-presidente do PT, Ilário Marques, suplente de deputado, assume a vaga na Câmara Federal.

Rede Social
Pelo Twitter, o deputado comemorou. “Será uma honra continuar ajudando nossa companheira a administrar nossa cidade, agora como secretário da SER VI”.

Repórter: Kézya Diniz

Engodos e subterfúgios para descumprir o piso

"Diante do cenário de amplo descumprimento da lei do piso do magistério, a CNTE reforça o compromisso de mobilização nos estados e municípios, através de seus sindicatos filiados, visando o pleno cumprimento da Lei 11.738, ao mesmo tempo em que convida os gestores públicos compromissados com a educação de qualidade a lutarem por 10% do PIB para a educação, em âmbito do PNE. A Confederação também requer das administrações públicas o compromisso com a transparência dos recursos e o controle social, devendo o pacto pela educação proposto pelo ministro Mercadante caminhar no sentido da regulamentação do regime de cooperação institucional, onde a partilha do bolo tributário seja calibrada tanto pela capacidade contributiva de cada esfera (União, Estados, DF e Municípios) como pelo esforço fiscal (art. 75, I da LDB) dos entes federados em cumprirem com suas prerrogativas constitucionais – inclusive a de universalização das matrículas escolares com padrão de qualidade."

Em suma: as contas públicas e a gestão educacional, a exemplo da relação professor-aluno no sistema de ensino, são a fonte para entender o (des)cumprimento do piso. Abrir esse debate na sociedade, tornando pública as contas da administração, é o primeiro passo para sanar a confusão que se tenta criar em torno dessa importante política pública, vital para o desenvolvimento sustentável do país.




Esse é o caminho e não ficar com falácias na cidade.

Prof. Marcos Varela

Há mais de duas décadas no poder ...


 Vejam como se encontra a cidade nas mãos dessa gente !!! ( me solta, por favor !!! me deixa falar ...)
 Acaso tudo isso que aí está é fruto de uma manipulação de imagens ???  ( me solta, por favor !!! me deixa falar ...)



Fomos nós, que temos a hombridade em denunciar o completo descaso para com a cidade, que burlamos e confeccionamos essas fotos ??? ( me solta, por favor !!! me deixa falar ...)








Acaso terão mais explicações evasivas a fim de tentar enganar a boa fé de nosso povo ???  ( me solta, por favor !!! me deixa falar ...)


Francamente, saibam que ainda há pessoas de bem em nossa cidade que não se permitem calar em troca de moedas e/ou empregos fictícios.  ( me solta, por favor !!! me deixa falar ...)

Prof. Marcos Varela


28 prefeituras são multadas por uso irregular de transporte escolar



O Tribunal de Contas do Estado (TCE) aplicou multas a 28 prefeituras cearenses por uso irregular de transporte escolar, entre 2007 e 2012. Nesse período, o TCE aplicou multas que somam R$ 99.700. De acordo com levantamento do Tribunal, outros 25 processos sobre o mesmo assunto aguardam julgamento.

O TCE não divulga a lista completa dos municípios multados porque, segundo o órgão, os processos estão em estágios diferentes de julgamento – e em alguns casos ainda cabe recurso.

Pelo site do Tribunal, porém, O POVO fez levantamento de decisões recentes. Entre os municípios multados estão: Assaré, Pindoretama, Taboleiro do Norte, Irauçuba, Tamboril, Meruoca, Jaguaribara, Barreira, Banabuiú, Pedra Branca, Mombaça (prefeitos); Fortim, Bela Cruz e Miraíma (ex-prefeitos).

O TCE também flagrou desvio de finalidade na utilização de micro-ônibus escolar em blitz realizada pela Polícia Rodoviária Federal. Em novembro do ano passado, veículos de Barro, Choró, Horizonte, Milhã e Morada Nova estavam trafegando na BR-116 no fim de semana.

Fiscalização

Os micro-ônibus são cedidos pela Secretaria da Educação do Ceará (Seduc) às prefeituras para transporte de estudantes dentro dos limites dos municípios. O veículo pode deixar o município “desde que comunique previamente à Seduc e tenha autorização”, explica Giovanna Adjafre, secretária de controle de externo do TCE.

Nas decisões, o TCE cobra que a Seduc “proceda a uma fiscalização rigorosa da utilização dos veículos escolares cedidos”. A Secretaria informa por meio da assessoria de imprensa que cabe a ela a cooperação na compra de transporte escolar, “ficando a cargo do TCE, Polícia Rodoviária e Detran a função de fiscalizar o serviço prestado”. Ainda segundo a Seduc, o acompanhamento do serviço será melhorado, com a implantação de um sistema informatizado em cada município.

ENTENDA A NOTÍCIA

Os desvios são os mais variados. Em novembro de 2011, o TCE encontrou ônibus escolares usados para transporte de pacientes, condução de candidatos a concurso público e deslocamento de atletas

Denuncie irregularidades de transporte escolar
TCE (Rua Sena Madureira, 1047) (85)3488.5900
De preferência leve fotos

Outra forma de denunciar:
Minist. da Educação: 0800 616161


As fotos, postadas por mim, declaram bem como está a situação dos ônibus escolares de nossa cidade.

Alô, TCE !!! Quando essa fiscalização pisará em solo pacatubano para constatar o completo sucateamento de nossos ônibus escolares ?!

Prof. Marcos Varela

Oposição ao acordo ortográfico volta à tona em Portugal e cria temores de que a adoção das novas regras não seja unificada


O escritor português Vasco Graça Moura proibiu o seguimento das novas regras de ortografia no Centro Cultural de Belém, importante instituição de Portugal da qual é presidente. Poderia ser um mero capricho do ferrenho opositor do acordo, porém o caso ganhou relevância política quando o Secretário de Estado da Cultura de Portugal, Francisco José Viegas, saiu em defesa do escritor, afirmando que as regras deveriam ser aperfeiçoadas e que “Vasco Graça Moura escreverá como quiser”. O acordo está oficialmente vigente no país desde o início de 2012, e o período de transição vai até o fim de 2014.

A política, nesse caso, tem relevância internacional porque envolve outros cinco países que já ratificaram o acordo assinado em 1990, incluindo o Brasil. As novas regras estão vigentes por aqui desde 2009, e o prazo de transição da antiga para a nova ortografia termina no fim deste ano. Por essa razão, as declarações de Viegas — que ocupa o cargo equivalente ao nosso ministro da Cultura — levantaram temores de que, depois de mais de duas décadas de idas e vindas, o acordo acabasse por ser implementado apenas no Brasil. O temor é reforçado diante da resistência de diversos setores da sociedade portuguesa, que vem levantando acalorados debates nos últimos anos.

No Brasil, o Ministério da Educação (MEC) informou que está ciente das resistências à entrada em vigor do acordo em Portugal, mas aposta que é possível contorná-las por meio do diálogo. O MEC entende que um eventual recuo português em relação ao acordo seria um fato inédito e um incidente diplomático de razoável proporção, uma vez que Portugal aderiu ao acordo negociado no âmbito da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), formada por oito Estados.
— Não devemos confundir o Acordo com o Volp. O Acordo está assinado e em curso, e não há nem poderia haver do nosso lado qualquer revisão ou retrocesso. Portugal já investiu bastante na sua adopção pelas escolas — afirma Viegas, mantendo a antiga ortografia portuguesa. — Quanto ao Volp, as modificações serão definidas de forma multilateral entre os especialistas e acadêmicos dos vários países, nos casos que venham a entendê-lo.

Presidente da Comissão de Língua Portuguesa no Ministério da Educação do Brasil desde 2006, Godofredo Oliveira Neto:
— A implantação do acordo no Brasil é página virada. As regras foram discutidas pela ABL em nível internacional, aprovadas pelo Congresso durante o governo Fernando Henrique e regulamentadas dez anos depois, como exigiu a lei, já no governo Lula — diz o escritor e professor, que de 2007 a 2011 foi presidente do Instituto Internacional de Língua Portuguesa, órgão da Comunidade de Países da Língua Portuguesa (CPLP). — O acordo está oficialmente aprovado em Portugal e no Brasil. Recebi uma cópia de documento do Ministério da Educação de Portugal a seus professores informando sobre as novas regras.

Graça Moura também sustenta que o acordo é ilegal porque não foi ratificado por Angola e Moçambique. Entretanto, um protocolo modificativo determinou que o acordo poderia entrar em vigor com a ratificação de no mínimo três países. Em 2007, essa condição estava cumprida, por Brasil, Cabo Verde e São Tomé e Príncipe. Por isso, em 2008, o governo brasileiro definiu um calendário para sua efetiva aplicação. No mesmo ano, o Conselho de Ministros e o Parlamento de Portugal aprovaram a aplicação das novas regras, mas definiram um prazo de transição de seis anos, e não de quatro como no Brasil.

Nos bastidores, o MEC avalia que o pano de fundo da oposição portuguesa ao acordo seria político e econômico, uma vez que Portugal temeria que a indústria editorial brasileira passe a ser hegemônica nos países lusófonos, graças à padronização do idioma. Editores brasileiros e portugueses, no entanto, não veem grandes reviravoltas no mercado em função do acordo ortográfico, já que a sintaxe e o vocabulário se mantêm distintos.
— Muitos portugueses ainda têm uma visão imperial da língua, e o acordo deu voz aos reacionários. São nacionalistas que desconhecem a língua, não sabem que o português nasceu na Galícia e desde o início teve contribuição africana, pelos árabes — diz o angolano Agualusa.
*COLABORARAM Demétrio Weber e Mariana Moreira

Policiais torturam jovem negro com choques nos genitais e na língua; OAB denuncia barbárie


 “Fui espancado, sufocado e levei choques”, diz vítima 

O servente de pedreiro Ismael Ferreira da Conceição de 19 anos, que tem um problema na perna esquerda, passou a caminhar com ainda mais dificuldade. Ele se queixa de dores causadas por uma sessão de agressões e choques que durou cerca de cinco horas.
Em um relato corroborado pela família, vizinhos e advogada, Ismael diz ter sido seguidamente torturado por policiais militares – após supostamente ser confundido com um assaltante – dois dias depois da ocupação de 12 comunidades do Uberaba (PR), ocorrida na última quinta-feira, na capital. O caso foi denunciado ontem pela Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Paraná. O Comando da Polícia Militar reconheceu o fato e informou que dois PMs foram afastados preventivamente.

Fizeram busca na casa do rapaz, que se revelou infrutífera, a patrulha foi embora levando Ismael.
Eram 21 horas quando Ismael da Conceição foi levado algemado até o Hospital Cajuru para tratar dos ferimentos. “Não diga que você está sentindo dor”, ameaçou o homem que o escoltava. Às 22h30, foi finalmente entregue ao 8º DP.

Na delegacia, os PMs apresentaram uma arma de brinquedo como pertencente a Ismael. O que se seguiu, segundo a advogada, foi uma discussão entre policiais civis e militares, ouvida ao longe também por Lairi Campiol e Celso, que haviam acabado de chegar. Os agentes da delegacia apontavam a inconsistência da prova.

A vítima do assalto chegou para fazer o reconhecimento. Ismael foi colocado ao lado de dois outros detidos. Apesar de a roupa ser semelhante à do autor do roubo (tênis branco, calça jeans e camisa xadrez), o biotipo não batia. O assaltante era alto e magro, Ismael é mediano e troncudo.
A delegada de plantão o liberou às 4 horas da madrugada de domingo. Ismael não conseguia andar sozinho e estava zonzo. Foi embora carregado. “Eles simplesmente desistiram de você”, justificou um policial civil.
OAB afirma que caso arranha credibilidade do programa UPS

Para a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), a tortura sofrida por Ismael da Conceição tira a credibilidade da primeira Unidade do Paraná Seguro (UPS) instalada no estado. “Esse episódio coloca em dúvida se esse programa, que era necessário na cidade, terá condições de diminuir a violência nos bairros. Ainda mais quando os acusados são policiais militares”, afirma a vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos da seção Paraná da OAB, Isabel Mendes.

De acordo com ela, a denúncia partiu dos próprios moradores do bairro, que viram o jovem sendo levado pela polícia. “Acompa­­nhamos o exame de corpo delito no Instituto Médico Legal e foi confirmado que o rapaz foi torturado. Ele apanhou e levou choques elétricos. Os policiais ainda colocaram um saco plástico em sua cabeça para ele ficar sem respirar por algum tempo”, relata Isabel.

A Comissão de Direitos Humanos da OAB comunicou oficialmente o fato à Secretaria de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (Seju) na manhã de ontem. A secretária Maria Tereza Uille Gomes determinou que uma equipe da Seju acompanhasse Isabel até o Uberaba. (DA)
Porta-voz da PM reconhece que houve excesso

A Polícia Militar confirmou no fim da tarde de ontem que identificou dois policiais suspeitos de ser os responsáveis pela tortura do servente de pedreiro Ismael da Conceição no Uberaba. Segundo o major Antônio Zanata Neto, porta-voz da PM, será instaurado um inquérito policial para apurar de fato o que aconteceu. Se confirmada a culpa, os PMs envolvidos podem até ser expulsos da corporação.

Henry Milléo, Gazeta do Povo

‘Professores graduados deveriam receber cerca de 60% a mais que o piso’, diz Apeoc


Os professores graduados deveriam receber um salário 60% maior que o piso nacional estabelecido por lei. É o que afirma o Sindicato dos Professores e Servidores (Apeoc). O novo piso foi definido em R$ 1.451, no mês de fevereiro, pelo Ministério da Educação (MEC).

O Apeoc afirma que o valor do piso nacional serve apenas como base e deveria ser reajustado no caso de professores que possuem alguma especialização. Ou seja, o salário de um professor graduado deveria chegar a aproximadamente R$ 2.320.

Professores de nível médio

De acordo com o vice-presidente da Apeoc, Francisco Reginaldo Ferreira Pinheiro, a lei do piso garante um valor mínimo para o salário de professores de nível médio, formados em Institutos de Educação, e as prefeituras se aproveitam para “achatar” os salários dos profissionais graduados, já que a lei não traz claramente essa diferença.

Para o vice-presidente da Apeoc, essa diferença fica subentendida, já que “um professor que iniciou agora a carreira não pode receber a mesma coisa de um profissional que fez uma especialização”. Reginaldo ainda disse que a lei serve para a “valorização da carreira como um todo”.

‘Não adianta o prefeito anunciar que paga o piso aos profissionais, pois isso não valoriza toda a categoria”, conclui.

Crateús

Nesta quinta-feira (22), o vice-prefeito de Crateús anunciou que o município vai pagar o piso aos professores do município. Ele ainda garantiu que nenhum professor graduado receberá salário inferior ao valor estipulado pelo Ministério da Educação (MEC).

Questionado sobre outros municípios que aderiram ao piso, Reginaldo informou que quase a totalidade das cidades cearenses ainda não pagam o valor determinado por lei. A expectativa da Apeoc é que as prefeituras garantam o reajuste até abril de 2012.

Caso os prefeitos não cumpram a lei, o sindicato informou que novas mobilizações serão realizadas. Se, mesmo assim, não houver negociação por parte das prefeituras, a cobrança será feita pela justiça.

Fonte: Jangadeiro Online

Fim da linha? Demóstenes abocanhou 30% de negócio ilegal avaliado em R$ 170 milhões


Em reportagem exclusiva, assinada pelo jornalista Leandro Fortes, a revista Carta Capital revela que o senador Demóstenes Torres (DEM/GO) (Foto) é sócio do bicheiro Carlinhos Cachoeira na exploração ilegal do jogo. Ancorada em relatório da PF, a investigação conclui que 30% dos lucros de um negócio que movimenta R$ 170 milhões vai para o bolso do senador. Leia abaixo:

A Polícia Federal tem conhecimento, desde 2006, das ligações do bicheiro Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, com o senador Demóstenes Torres, do DEM de Goiás.
Três relatórios assinados pelo delegado Deuselino Valadares dos Santos, então chefe da Delegacia de Repressão a Crimes Financeiros (DRCOR), da Superintendência da PF em Goiânia, revelam que Demóstenes tinha direito a 30% da arrecadação geral do esquema de jogo clandestino, calculada em, aproximadamente, 170 milhões de reais nos últimos seis anos.
Segundo relatório da Polícia Federal, 30% é o percentual que o senador do DEM recebia do bicheiro Carlinhos Cachoeira.

Na época, o império do bicheiro incluía 8 mil máquinas ilegais de caça-níqueis e 1,5 mil pontos de bingos. Como somente no mês passado a jogatina foi desbaratada, na Operação Monte Carlo, as contas apresentadas pela PF demonstram que a parte do parlamentar deve ter ficado em torno de 50 milhões de reais. O dinheiro, segundo a PF, estava sendo direcionado para a futura candidatura de Demóstenes ao governo de Goiás, via caixa dois.
A informação, obtida por CartaCapital, consta de um Relatório Sigiloso de Análise da Operação Monte Carlo, sob os cuidados do Núcleo de Inteligência Policial da Superintendência da PF em Brasília. Dessa forma, sabe-se agora que Demóstenes Torres, ex-procurador, ex-delegado, ex-secretário de Segurança Pública de Goiás, mantinha uma relação direta com o bando de Cachoeira, ao mesmo tempo em que ocupava a tribuna do Senado Federal para vociferar contra a corrupção e o crime organizado no País.

O senador conseguiu manter a investigação tanto tempo em segredo por conta de um expediente tipicamente mafioso: ao invés de se defender, comprou o delegado da PF.
Deuselino Valadares foi um dos 35 presos pela Operação Monte Carlo, em 29 de fevereiro. Nas intercepções telefônicas feitas pela PF, com autorização da Justiça, ele é chamado de “Neguinho” pelo bicheiro. Por estar lotado na DRCOR, era responsável pelas operações policiais da Superintendência da PF em todo o estado de Goiás. Ao que tudo indica, foi cooptado para a quadrilha logo depois de descobrir os esquemas de Cachoeira, Demóstenes e mais três políticos goianos também citados por ele, na investigação: os deputados federais Carlos Alberto Leréia (PSDB), Jovair Arantes (PTB) e Rubens Otoni (PT).
Escutas da Operação Monte Carlo mostram que o bicheiro citou mais três políticos goianos: Rubens Otoni (PT) (à esquerda), Carlos Alberto Leréia (PSDB) (centro) e Jovair Arantes (PTB)
Ao longo da investigação, a PF descobriu que, nos últimos cinco anos, o delegado passava informações sigilosas para o bando e enriquecia a olhos vistos. Tornou-se dono de uma empresa, a Ideal Segurança Ltda, registrada em nome da mulher, Luanna Bastos Pires Valadares. A firma foi montada em sociedade com Carlinhos Cachoeira para lavar dinheiro. Também comprou fazendas em Tocantins, o que acabou por levantar suspeitas e resultar no afastamento dele da PF, em 2011.

O primeiro relatório do delegado Deuselino Valadares data de 7 de abril de 2006, encaminhado à Delegacia de Repressão a Crimes Contra o Patrimônio (Delepat) da PF em Goiânia. Valadares investigava o escândalo da Avestruz Master, uma empresa que fraudou milhares de investidores em Goiás, quando conheceu o advogado Ruy Cruvinel. Cruvinel chamou Valadares para formar uma parceria a fim de criar “uma organização paralela” à de Carlinhos Cachoeira. O suborno, segundo o delegado, seria uma quantia inicial de 200 mil reais. Ele, ao que parece, não aceitou e decidiu denunciar o crime.

Em 26 de abril de 2006, o relatório circunstanciado parcial 001/06, assinado por Deuselino Valadares, revelou uma ação da PF para estourar o cassino de Ruy Cruvinel, no Setor Oeste de Goiânia. Preso, Cruvinel confessou que, dos 200 mil reais semanais auferidos pelo esquema (Goiás e entorno de Brasília), 50%, ou seja, 100 mil reais, iam diretamente para os cofres de Carlinhos Cachoeira.
Outros 30% eram destinados ao senador Demóstenes Torres, cuja responsabilidade era a de remunerar também o então superintende de Loterias da Agência Goiânia de Administração (Aganp), Marcelo Siqueira. Ex-procurador, Siqueira foi indicação de Demóstenes e do deputado Leréia para o cargo. Curiosamente, ao assumir a função, um ano antes, ele havia anunciado que iria “jogar duro” contra o jogo ilegal em Goiás.

Em 31 de maio de 2006, de acordo com os documentos da Operação Monte Carlo, Deuselino Valadares fez o relatório derradeiro sobre o esquema, de forma bem detalhada, aí incluído um infográfico do “propinoduto” onde o bicheiro é colocado no centro de uma série de ramificações criminosas, ao lado do senador do DEM e do ex-procurador Marcelo Siqueira. Em seguida, misteriosamente, o delegado parou de investigar o caso.

“Verificado todo o arquivo físico do NIP/SR/DPF/GO não foi localizado nenhum relatório, informação ou documentos de lavra do DPF DEUSELINO dando conta de eventual continuidade de seus contatos com pessoas ligadas à exploração de jogos de azar no Estado de Goiás”, registrou o delegado Raul Alexandre Marques de Souza, em 13 de outubro de 2011, quando as investigações da Monte Carlo estavam em andamento.

A participação do senador Demóstenes Torres só foi novamente levantada pela PF em 2008, quando uma operação também voltada à repressão de jogo ilegal, batizada de “Las Vegas”, o flagrou em grampos telefônicos em tratativas com Carlinhos Cachoeira. Novamente, o parlamentar conseguiu se safar graças a uma estranha posição da Procuradoria Geral da República, que recebeu o inquérito da PF, em 2009, mas jamais deu andamento ao caso.


Repórter: Por Leandro Fortes

Velho Chico à mesa do Pai a contar anedotas ...


Velho Chico à mesa do Pai a contar anedotas ...

Velho Chico ... Não és um só, és tanto. Tanto que não tenho tempo de aqui contar.
De frases, bordões, imagens, gestos  ...

Cearense de nascimento e carioca da gema como assim se definia. O humor extraia das coisas mais simples e corriqueiras e lhes emprestava uma candura magistral.
Do rio antigo, trazia a sagacidade do malandro em prosear a vida, o instante, o agora. De sua terra natal, trouxe à vida a dor, a leitura da vida, o amor à vida.

Transvestiu-se de gente e conviveu conosco longos e felizes oitenta anos. E agora, foi convidado para alegrar a mesa do Pai com seus causos e anedotas.

Velho Chico, olha lá! Veja bem o que vais contar à mesa do Pai e seus discípulos. Não me venha falar das noites traiçoeiras nas mesas do Amarelinho da Cinelândia. E também nada do Café Nice e nem tampouco dos bons e sórdidos redutos da Velha Lapa.
Comporte-se !
Aquete seu gracejo moleque de “Cearoca”

Que a terra lhe seja leve ...

Prof. Marcos Varela

OAB REALIZA AUDIÊNCIA PARA DISCUTIR PISO SALARIAL DE PROFESSORES


Uma audiência pública discutiu hoje o piso salarial dos professores na sede da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/Ce).

A proposta do MEC é de que o piso nacional seja no valor de R$ 1.451,00. Os professores cearenses, no entanto, acreditam que o valor aprovado não atinge a Lei do Piso.

O objetivo da audiência, segundo o órgão, é aprofundar o tema que estabelece o piso de R$ 1.451,00 para professor do Brasil , conforme o Supremo Tribunal Federal.

Para o evento, foram convidados os secretários de educação dos 184 municípios cearenses.

No último dia 17, sindicalistas e professores fizeram uma caminhada de mobilização no Centro para exigir a implantação do novo piso do magistério.

A categoria reivindica reajuste de 22,22% no piso nacional. O valor aprovado, porém, não atinge as reivindicações da categoria.

Segundo a Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal no Ceará (Fetamce), a Lei do Piso prevê que o reajuste teria de ser pelo valor/aluno, que hoje é de R$ 1.773.

Estivemos lá participando desta audiência, mas a Secretária de Educação de Pacatuba não foi, fugiu do debate com o Ministério Público e a OAB. Ô Povo fujão !!!!! sabem que não tem razão !!!

Jaira Rocha Alcantara


Presentes hoje na audiência com a OAB sobre o Piso do Magistério os Sindicatos de Servidores de filiados a Federação de Mucambo, Pacujá e Graça, Jaguaribe, Beberibe, Jaguaretama, Pacatuba, Trairi, Pentecoste, Caucaia, Quixeramobim, Independência, Barreira, Ererê, Acarape, São Gonçalo, Redenção, Várzea Alegre, Piquet Carneiro e Itapiuna, Cascavel. Presentes também as 10 coordenações regionais da Federação Municipais Fetamce: Sobral, Metropolitana, Itapipoca, Sertão Central, Iguatu, Ibiapaba, Maciço de Baturité, Jaguaribe, Crateús e Cariri.

Como vimos, a falácia ficou institucionalizada e ainda se agride os profissionais da educação quando estes estão em defesa da correta aplicação da Lei do Piso em nossa cidade.

Isso é mesmo uma PÂNDEGAS !!!

Prof. Marcos Varela
←  Anterior Proxima  → Inicio

Pacatuba Em Foco

Ouça-nos !

Agenda de Jogos da Semana

Campeonato Brasileiro C
Sábado, 24, 17h00

Campeonato Brasileiro A
Domingo, 25, 19h00

Mais Acessadas

Total de Transeuntes

Votar ao Topo