Tecnologia do Blogger.

Featured Post

Dodge diz que só Flávio Bolsonaro deve ser blindado

A Procuradora-Geral da República afirma que a decisão de Toffoli não poderia abranger todas investigações abrangendo o COAF no país, apenas...

APEOC

Postagens Populares

Sample Text

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation test link ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate another link velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur.

Arquivo do blog

Categories

Definition List

Definition list
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.
Lorem ipsum dolor sit amet
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.

Pages

Support

Need our help to upload or customize this blogger template? Contact me with details about the theme customization you need.

Ordered List

  1. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  2. Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  3. Vestibulum auctor dapibus neque.

Unordered List

  • Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  • Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  • Vestibulum auctor dapibus neque.

Pesquisar este blog

Pacatuba Em Foco


Pacatuba Em Foco - A Melhor Calçada Virtual

Dodge diz que só Flávio Bolsonaro deve ser blindado

A Procuradora-Geral da República afirma que a decisão de Toffoli não poderia abranger todas investigações abrangendo o COAF no país, apenas a de Flávio Bolsonaro

A Procuradoria-Geral da República apresentou um recurso nesta terça-feira (23) contra a decisão do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli , que suspendeu as investigações baseadas em relatórios financeiros do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).

A decisão foi tomada após um pedido do senador Flávio Bolsonaro(PSL-RJ) no caso Queiroz. Raquel Dodge afirma que a decisão de Toffoli não poderia abranger todas investigações no país porque extrapola as condições iniciais do caso, e um juiz não pode ir além do que é solicitado pelas partes. Ela quer que a decisão seja restrita ao caso Queiroz.

"A decisão suspendeu toda e qualquer investigação, inquérito, PIC, ação penal e execução penal em curso no território nacional em que haja informação do COAF, da Receita Federal e do BACEN ao Ministério Público, o que vai muito além do que foi pedido pelo requerente em petição avulsa e pelo Ministério Público no recurso extraordinário", afirmou.

Caberá agora a Toffoli decidir se modifica algum ponto de sua decisão ou se levará o assunto diretamente ao plenário do STF para discussão do mérito.

Jornalista esportivo Juarez Soares morre aos 78 anos em SP

"China" lutava contra um câncer e sofreu uma parada cardíaca. Em sua trajetória passou por diversas emissoras de rádio e TV, cobrindo inúmeros mundiais.

O jornalista esportivo Juarez Soares morreu na tarde desta terça-feira (23) na cidade de São Paulo após sofrer uma parada cardíaca. Ele tinha 78 anos e lutava contra um câncer.

A Santa Casa de São Paulo informou que “China”, como era conhecido, deu entrada no pronto-socorro em parada cardiorrespiratória, e que foram realizadas manobras de reanimação, sem sucesso. Ele morreu às 14 horas.

Quem foi Juarez Soares

Juarez Soares começou a trabalhar como jornalista em 1958, aos 17 anos, na Rádio Cultura de Lorena, interior de São Paulo, transmitindo os jogos do campeonato da Segunda Divisão.

Em 1961, transferiu-se para a capital e trabalhou nas rádios Tupi e Gazeta, até chegar a Rádio Globo, em 1969, onde transmitiu a Copa do Mundo da Alemanha, em 1974. Naquele ano iniciou os trabalhos na TV Globo.

Como repórter e comentarista esportivo na emissora cobriu a Olimpíada de Montreal, no Canadá, em 1976, a Copa do Mundo de 1978, na Argentina, e a Copa do Mundo da Espanha, em 1982. Ele também participou da estreia do telejornal Bom Dia São Paulo, em 1977, onde permaneceu por quase três anos como comentarista esportivo.

Em 1982 deixou a Globo e passou pela Rádio Record, até chegar a TV Bandeirantes, onde trabalhou por 11 anos ao lado de Luciano do Valle. Na emissora, Juarez foi diretor de Esportes, participando ainda da cobertura de outras três Copas do Mundo – 1986, no México, 1990, na Itália, e 1994, nos Estados Unidos, quando deixou a Band.

"China" migrou para o SBT, onde ficou até o ano 2000, depois seguiu para a TV Record e para a TV Cultura. Em 2001, foi convidado por Milton Neves para participar do programa Debate Bola da TV Record, virou comentarista e também chefe de equipe da Rádio Record, ocupando as duas funções até 2011.

Durante sua trajetória profissional também atuou como jornalista em veículos impressos, como nos jornais Folha da Manhã e Mundo Esportivo, e no portal Terra.

Juarez Soares também teve participação política como secretário de Esportes do município de São Paulo durante a gestão da prefeita Luiza Erundina e foi vereador na capital. Em 2004, chegou a ser candidato a vice-prefeito de São Paulo na chapa de Paulo Pereira da Silva.

AGRICULTURA - Governo aprova registro de mais 51 agrotóxicos

Segundo Greenpeace, já foram liberadas 290 substâncias desde o início do governo Bolsonaro

O Ministério da Agricultura aprovou nesta segunda-feira, 22, o registro de mais 51 tipos de agrotóxicos no mercado brasileiro.

Um levantamento feito pelo Greenpeace aponta que já foram liberadas para uso um total de 290 substâncias desde o início do governo do presidente Jair Bolsonaro.

De acordo com o Ministério da Agricultura, a adoção de “medidas desburocratizantes” nos órgãos que analisam os produtos vem possibilitando a maior rapidez na liberação de pesticidas nos últimos anos.

Em 2018, último ano do governo Temer, o Brasil atingiu recorde na liberação de agrotóxicos, com um total de 422. O número chega a 450 quando somadas 28 substâncias publicadas no Diário Oficial em 1º de janeiro deste ano e que são consideradas pelo Ministério da Agricultura como provenientes da gestão de Michel Temer.

Atualmente, há um total de 560 pedidos de registro aguardando autorização para uso no Brasil.

O Greenpeace afirma que, dos 51 agrotóxicos autorizados nesta segunda no país, 18 são extremamente ou altamente tóxicos.

Já do total de 290 produtos liberados desde o início do ano, ainda segundo o Greenpeace, 41% são considerados extremamente ou altamente tóxicos e 32% são proibidos na União Europeia.

Ao considerar os sete primeiros meses do ano, 2019 atinge recorde na aprovação de agrotóxicos no país. Confira abaixo uma lista desde 2010 para o período entre janeiro e julho:

2019 – 290 produtos;
2018 – 229 produtos (422 no ano);
2017 – 195 produtos (405 no ano);
2016 – 103 produtos (277 no ano);
2015 – 86 produtos (139 no ano);
2014 – 61 produtos (148 no ano);
2013 – 66 produtos (110 no ano);
2012 – 93 produtos (168 no ano);
2011 – 61 produtos (146 no ano);
2010 – 45 produtos (104 no ano).

Bolsonaro quer censurar dados do desmatamento da Amazônia

Depois de dizer que a divulgação de dados sobre desmatamento pelo Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) não "condizem com a verdade e prejudicam o Brasil", Jair Bolsonaro defendeu que as informações sobre o desmatamento passem antes por ele porque não quer ser “pego de calças curtas"

Depois de dizer que a divulgação de dados sobre desmatamento pelo Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) não "condizem com a verdade e prejudicam o Brasil", Jair Bolsonaro defendeu que as informações sobre o desmatamento passem antes por ele porque não quer ser “pego de calças curtas."

A reportagem do jornal Folha de S. Paulo destaca o trecho completo da fala de Bolsonaro: "você pode divulgar os dados, mas tem que passar pelas autoridades até para não ser surpreendido. Até por mim, eu não posso ser surpreendido por uma informação tão importante como essa daí. Eu não posso ser pego de calças curtas. As informações têm que chegar a nosso conhecimento de modo que nós possamos tomar decisões precisas em cima dessas informações."

Ele ainda disse: "eu estou acostumado com hierarquia e disciplina, e no governo sei que a maioria é civil. Então quando o Inpe detecta um dado qualquer, ele tem que subir os dados para o ministro Marcos Pontes, de Ciência e Tecnologia, antes passando pelo Ibama para divulgar."

Vergonhoso: Ministro da Educação é alvo de protesto e discute com manifestantes no Pará

Abraham Weintraub jantava com a família em Alter do Chão quando foi cercado; 'Quem roubou o Brasil foi o Lula', ele gritou

jornal O Globo informa que o ministro da Educação , Abraham Weintraub , foi hostilizado na noite desta segunda-feira (22) em Santarém, no Pará, onde passa férias com sua família. A assessoria de imprensa do ministério informou não ter detalhes do ocorrido. Em uma publicação em sua conta no Twitter, o ministro relatou que estava jantando com sua esposa e com seus três filhos quando foi cercado pelo que chamou de “os mesmos que se dizem defender os direitos humanos”.

De acordo com a publicação, Weintraub não entrou em detalhes sobre o que aconteceu, mas disse que seus filhos choraram com o ocorrido. Vídeos que circulam em redes sociais indicam que o incidente aconteceu em Alter do Chão, famoso destino turístico paraense.

Uma das gravações mostra Weintraub discutindo com um grupo de pessoas, que o vaiam e o xingam. A certa altura, ele grita “quem roubou o Brasil foi o Lula”, e é apulpado pelos manifestantes, que gritam “Lula livre”, completa o jornal.
Proxima  → Inicio

Pacatuba Em Foco

Ouça-nos !

Agenda de Jogos da Semana

Quinta-Feira, 25, 20h00
Ferroviário x Sampaio Corrêa - Castelão

Sábado, 27, 09h30
Ceará x Fortaleza - PV

Domingo, 28, 19h00
Fortaleza x Corinthians - Castelão


Mais Acessadas

Total de Transeuntes

Votar ao Topo