Tecnologia do Blogger.

APEOC

Postagens Populares

Sample Text

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation test link ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate another link velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur.

Arquivo do blog

Categories

Definition List

Definition list
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.
Lorem ipsum dolor sit amet
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.

Pages

Support

Need our help to upload or customize this blogger template? Contact me with details about the theme customization you need.

Ordered List

  1. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  2. Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  3. Vestibulum auctor dapibus neque.

Unordered List

  • Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  • Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  • Vestibulum auctor dapibus neque.

Morre Cláudia Celeste, primeira atriz travesti a atuar em novelas

Ela trabalhou em novela em 1977, mas cena foi retirada da edição pela censura durante a ditadura militar; mais tarde, em 1988, atuou em “Olho por Olho”, do começo ao fim


A atriz Cláudia Celeste morreu na madrugada deste domingo, aos 66 anos, no Rio de Janeiro. Primeira travesti a atuar em uma novela no Brasil, Cláudia estava com uma pneumonia e o agravamento do quadro levou a sua morte.

Carioca, a atriz começou a carreica com a peça “O mundo é das bonecas”, em 1973, no Teatro Rival, na Cinelândia. O espetáculo foi o primeiro show de atrizes travestis e transsexuais a obter licença do governo militar depois de terem sido banidos pela censura em 1969. O espetáculo levou a atriz a apresentar um dos números na novela Espelho Mágico, da TV Globo, em 1977, onde contracenou com Sonia Braga.

Sua participação na novela, no entanto, foi cancelada depois que a imprensa celebrou a primeira travesti na TV.

"Antes, ninguém sabia que eu era travesti, nem Daniel Filho. Ninguém nunca me perguntou! E, como ficou muito ti-ti-ti, tiraram os capítulos que eu já tinha feito", contou a atriz em entrevista à revista "Geni", em 2013.

Em 1988, a artista foi a primeira travesti a fazer uma novela do início ao fim: “Olho por olho”, na extinta TV Manchete. Em 2016, Claudia foi homenageada na primeira edição do Festival TransArte, evento que trata de identidade de gênero e sexualidade. A atriz era casada com o ator e bailarino Paulo Wagner.

←  Anterior Proxima  → Inicio

FanPage do Pacatuba Em Foco

Mais Acessadas

Votar ao Topo