Tecnologia do Blogger.

APEOC

Postagens Populares

Sample Text

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation test link ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate another link velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur.

Arquivo do blog

Categories

Definition List

Definition list
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.
Lorem ipsum dolor sit amet
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.

Pages

Support

Need our help to upload or customize this blogger template? Contact me with details about the theme customization you need.

Ordered List

  1. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  2. Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  3. Vestibulum auctor dapibus neque.

Unordered List

  • Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  • Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  • Vestibulum auctor dapibus neque.

Ministro tira inquérito sobre Aécio do STF

Alexandre de Moraes envia investigação sobre tucano e outros seis casos para a primeira instância em Minas Gerais, aplicando decisão do Supremo de restringir foro privilegiado para senadores e deputados.

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), enviou nesta terça-feira (08/05) um dos oito inquéritos sobre o senador Aécio Neves (PSDB) que tramitam na Corte para a primeira instância da Justiça de Minas Gerais, em Belo Horizonte.

Além da investigação envolvendo Aécio, Moraes enviou outros cinco inquéritos e uma ação penal do STF para instâncias inferiores.

Moraes aplicou a decisão adotada pelo plenário do STF na semana passada de restringir o foro privilegiado para senadores e deputados. Os ministros aprovaram que a Corte julgue apenas crimes cometidos durante o mandato e relacionados ao exercício do cargo.

A investigação contra Aécio em questão diz respeito a desvios nas obras da Cidade Administrativa, sede do governo mineiro, e foi aberta com base na delação premiada de executivos da Odebrecht.

Os empresários relataram o repasse de 5,2 milhões de reais em propinas ao senador. Os crimes de corrupção teriam ocorrido no período em que Aécio foi governador de Minas gerais, a partir de 2007.

Quando o caso veio à tona, a defesa de Aécio disse ser "falsa e absurda” a acusação de irregularidades nas obras da Cidade Administrativa e que todas as etapas da obra foram acompanhadas pelos órgãos de fiscalização responsáveis.

←  Anterior Proxima  → Inicio

FanPage do Pacatuba Em Foco

Mais Acessadas

Total de visualizações de página

Votar ao Topo