Tecnologia do Blogger.

APEOC

Postagens Populares

Sample Text

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation test link ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate another link velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur.

Arquivo do blog

Categories

Definition List

Definition list
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.
Lorem ipsum dolor sit amet
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.

Pages

Support

Need our help to upload or customize this blogger template? Contact me with details about the theme customization you need.

Ordered List

  1. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  2. Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  3. Vestibulum auctor dapibus neque.

Unordered List

  • Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  • Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  • Vestibulum auctor dapibus neque.

BOFF: CÁRMEN TRAZ GOLPE 'COM SUPREMO, COM TUDO'

O teólogo Leonardo Boff afirma que a relutância da ministra Cármen Lúcia em pautar a questão das prisões em segunda instância confirma que o golpe de 2016 é, como disse o senador Romero Jucá (MDB-RR), um "golpe com Supremo, com tudo"; "Está se realizando o que o incorruptível Jucá propôs:"um acordão com o STF e tudo".Os juizes, parecidos com aqueles da Alemanha daquele tempo sombrio,entraram no acordão. As demonstrações são claras.E a cristianíssima Carmen Lúcia nem pensa em colocar na pauta o h.corpus de Lula", afirma; ontem, Cármen Lúcia se reuniu, fora da agenda, com Michel Temer, já denunciado como corrupto e chefe de quadrilha, além de investigado por propinas no setor portuário


O teólogo Leonardo Boff afirma que a relutância da ministra Cármen Lúcia em pautar a questão das prisões em segunda instância confirma que o golpe de 2016 é, como disse o senador Romero Jucá (MDB-RR), um "golpe com Supremo, com tudo". "Está se realizando o que o incorruptível Jucá propôs: 'um acordão com o STF e tudo'.Os juizes, parecidos com aqueles da Alemanha daquele tempo sombrio ,entraram no acordão. As demonstrações são claras.E a cristianíssima Carmen Lúcia nem pensa em colocar na pauta o h.corpus de Lula", afirma.

Ontem, Cármen Lúcia se reuniu, fora da agenda, com Michel Temer, já denunciado como corrupto e chefe de quadrilha, além de investigado por propinas no setor portuário. Confira o tweet de Boff e reportagem da Reuters a respeito:



Está se realizando o que o incorruptível Jucá propôs:"um acordão com o STF e tudo".Os juizes, parecidos com aqueles da Alemanha daquele tempo sombrio,entraram no acordão. As demonstrações são claras.E a cristianíssima Carmen Lúcia nem pensa em colocar na pauta o h.corpus de Lula.


SÃO PAULO (Reuters) - O presidente Michel Temer se reuniu neste sábado com a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, informou a assessoria de imprensa do Palácio do Planalto, que acrescentou que o encontro serviu para discutir assuntos relacionados à segurança pública.

O encontro, que não constava da agenda oficial do presidente para este sábado divulgada na véspera, acontece dias depois de o ministro Luís Roberto Barroso, do STF, determinar a quebra de sigilo bancário de Temer no chamado inquérito dos portos, em que o presidente é investigado por suspeita de ter recebido propina para editar um decreto que mudou regras do setor portuário para beneficiar a empresa Rodrimar.

Temer nega ter recebido propina e afirma que o decreto foi resultado de um grupo de trabalho do governo e que não beneficiou a Rodrimar. Ele afirmou ainda que não tem nada a esconder e que disponibilizará seus extratos bancários à imprensa. Auxiliares próximos ao presidente —como os ministros da Casa Civil, Eliseu Padilha, e da Secretaria de Governo, Carlos Marun— criticaram a decisão de Barroso.

O encontro com Cármen Lúcia também ocorre dias depois de o ministro Edson Fachin, também do STF, determinar a inclusão de Temer no rol de investigados de um inquérito que investiga o suposto recebimento de recursos ilícitos repassados pela empreiteira Odebrecht em 2014.

Após a reunião com a presidente do Supremo, Temer se ainda recebeu no Palácio do Jaburu os ministros da Fazenda, Henrique Meirelles, e da Secretaria-Geral da Presidência, Moreira Franco, informou a assessoria do Planalto. O tema do encontro, no entanto, não foi divulgado.

No domingo, Temer embarca para o Chile onde acompanhará a posse de Sebastián Piñera na Presidência do país.

←  Anterior Proxima  → Inicio

FanPage do Pacatuba Em Foco

Mais Acessadas

Total de visualizações de página

Votar ao Topo