Hoje na História: 1849 - Fiódor Dostoiévski é sentenciado à morte ~ Pacatuba Em Foco
Tecnologia do Blogger.

APEOC

Postagens Populares

Sample Text

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation test link ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate another link velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur.

Arquivo do blog

Categories

Definition List

Definition list
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.
Lorem ipsum dolor sit amet
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.

Pages

Support

Need our help to upload or customize this blogger template? Contact me with details about the theme customization you need.

Ordered List

  1. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  2. Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  3. Vestibulum auctor dapibus neque.

Unordered List

  • Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  • Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  • Vestibulum auctor dapibus neque.

Futebol Ao Vivo

Futebol Ao Vivo

Participe pelo Whatsapp 85 988 621 206

Hoje na História: 1849 - Fiódor Dostoiévski é sentenciado à morte

Célebre escritor russo foi condenado por suas supostas atividades anti-governamentais ligadas a um grupo intelectual radical

Por Max Altman

Em 16 de novembro de 1849, uma corte judicial russa sentenciou Fiódor Dostoiévski à morte por suas supostas atividades anti-governamentais ligadas a um grupo intelectual radical. Sua execução foi sustada no ultimo minuto.

O pai de Dostoiévski era um médico que trabalhava no Hospital de Moscou para os Pobres, onde se tornou suficientemente rico para comprar terras e servos. Após a morte de seu pai, Dostoiévsky, que sofria de epilepsia, estudou engenharia militar, tendo se tornado servidor civil enquanto secretamente escrevia seus romances. Seu primeiro romance Pobre gente e seu segundo, O duplo, ambos publicados em 1846, o primeiro um grande sucesso, o segundo, um fracasso.

Dostoiévski começou a participar de um grupo intelectual radical de discussão chamado Círculo Petrashevsky. O grupo era suspeito de atividades subversivas, o que levou Dostoiévsky à prisão em 1849 e a sua condenação à morte.

Em 22 de dezembro de 1849, ele foi conduzido diante do pelotão de fuzilamento, mas recebeu no derradeiro minuto um indulto, tendo sido enviado a um campo de trabalhos forçados na Sibéria, onde permaneceu por quatro anos.

Foi libertado em 1854, trabalhando como soldado na fronteira mongol. Casou-se com uma viúva e finalmente retornou à Rússia em 1859. No ano seguinte fundou uma revista e dois anos depois viajou pela Europa pela primeira vez.

Em 1864 e 1865, sua mulher e seu irmão morreram, a revista quebrou e o escritor se afundou em dívidas, exacerbadas pela sua dedicação a jogos de azar. No ano seguinte, publicou Crime e castigo, uma de suas mais populares obras. Em 1867 casou-se com uma estenógrafa e o casal fugiu para a Europa para escapar dos credores.

Seu romance, Memórias da casa dos mortos (1872), assim como O jogador e O idiota (1873) obtiveram pronto sucesso e o casal pôde retornar a São Petersburgo. Ali publicou talvez a sua obra mais importante Os irmãos Karamazov, em 1880, que recebeu consagração imediata, porém seu autor morreu um ano mais tarde.

Max Altman (1937-2016), advogado e jornalista, foi titular da coluna Hoje na História da fundação do site, em 2008, até o final de 2014, tendo escrito a maior parte dos textos publicados na seção. Entre 2014 e 2016, escreveu séries especiais e manteve o blog Sueltos em Opera Mundi.

http://operamundi.uol.com.br/conteudo/geral/7601/hoje+na+historia+1849+_+fiodor+dostoievski+e+sentenciado+a+morte.shtm
←  Anterior Proxima  → Inicio

FanPage do Pacatuba Em Foco

Mais Acessadas

APEOC

SERIPAN

RADIOSNET