Funaro fala em R$ 2,5 milhões da Bertin para Temer ~ Pacatuba Em Foco
Tecnologia do Blogger.

APEOC

Postagens Populares

Sample Text

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation test link ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate another link velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur.

Arquivo do blog

Categories

Definition List

Definition list
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.
Lorem ipsum dolor sit amet
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.

Pages

Support

Need our help to upload or customize this blogger template? Contact me with details about the theme customization you need.

Ordered List

  1. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  2. Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  3. Vestibulum auctor dapibus neque.

Unordered List

  • Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  • Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  • Vestibulum auctor dapibus neque.

Futebol Ao Vivo

Futebol Ao Vivo

Participe pelo Whatsapp 85 988 621 206

Funaro fala em R$ 2,5 milhões da Bertin para Temer


O operador Lúcio Funaro afirmou em depoimento nesta terça-feira ter presenciado acerto de propina para o presidente Michel Temer (PMDB). para o ministro da Secretaria Geral da Presidência da República, Moreira Franco (PMDB) e para os deputados Eduardo Cunha e Cândido Vacerezza (PTdoB, ex-PT). De acordo com Funaro, Temer recebeu”R$ 2 milhões ou R$ 2,5 milhões” em propina do grupo Bertin quando era candidato a vice-presidente. Cunha e Moreira teriam ficado, cada um , com R$ 1 milhão.

O dinheiro entraria como doação oficial ao PMDB, mas acabaria sendo apropriado por eles, pessoalmente.

Na Folha:

O delator disse que ele próprio monitorava quais empresas do grupo faziam as doações e repassava as informações aos políticos. Explicou que o controle dos pagamentos foi feito por ele próprio numa agenda apreendida pela Polícia Federal, na qual registrava informações como “cobrar Natalino Bertin de doação para o Temer”. Dados a respeito também teriam sido anotados num caderno de Natalino, também de posse da PF.

Assista o que foi ao ar há pouco na Globonews:
←  Anterior Proxima  → Inicio

FanPage do Pacatuba Em Foco

Mais Acessadas

APEOC

SERIPAN

SOARTE

RADIOSNET

Total de Transeuntes