Série C - Fortaleza na Série B - Festa cearense nas Minas Gerais ~ Pacatuba Em Foco
Tecnologia do Blogger.

APEOC

Postagens Populares

Sample Text

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation test link ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate another link velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur.

Arquivo do blog

Categories

Definition List

Definition list
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.
Lorem ipsum dolor sit amet
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.

Pages

Support

Need our help to upload or customize this blogger template? Contact me with details about the theme customization you need.

Ordered List

  1. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  2. Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  3. Vestibulum auctor dapibus neque.

Unordered List

  • Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  • Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  • Vestibulum auctor dapibus neque.

Futebol Ao Vivo

Futebol Ao Vivo

Participe pelo Whatsapp 85 988 621 206

Série C - Fortaleza na Série B - Festa cearense nas Minas Gerais

Acabou!!!

Foram oito longos anos no limbo da Série C, mas enfim o Fortaleza está de volta à Série B. Em um duelo duro, no qual entrou para se proteger e garantir a vantagem construída no primeiro jogo, o Tricolor foi derrotado por 1 a 0 para o Tupi, no Mário Helênio, em partida válida pela rodada de volta das quartas de final, e conquistou o acesso à Série B 2018, além da vaga na semifinal da terceira divisão.


Como venceu o primeiro jogo, no Castelão, por 2 a 0, o Leão entrou em campo podendo se classificar mesmo se fosse derrotado por um gol de diferença. Ao que parece, seguiu o regulamento à risca, sofreu durante o jogo todo, principalmente nos momentos finais, e conseguiu sair da tão incômoda Série C.

O acesso coloca fim a uma sequência de frustrações nos últimos anos de disputa das quartas de final. Em 2012, foi o Fortaleza foi eliminado pelo Oeste, na primeira vez na qual que conseguiu se classificar para a fase decisiva. Em 2013 ficou de fora das quartas e a disputou novamente nos três anos seguintes, sendo eliminado por Macaé (2014) , Brasil de Pelotas (2015) e Juventude (2016).

Em todas essas ocasiões, se classificou na liderança durante a primeira fase, com grandes campanhas, e acabou frustrado nas quartas. Na edição atual, enfrentou muitos momentos de crise e foi desacreditado em vários momentos, se classificando na terceira coloca. Por fim, o desfecho foi o melhor possível e o Tricolor encerrou o seu martírio.

Mas o campeonato ainda não acabou. Agora, a torcida do Fortaleza se concentra nas semifinais, nas quais terá o Sampaio Corrêa como adversário.

Logo nos primeiros momentos do jogo, o Tupi já mostrou que estava motivado para reverter o placar negativo do primeiro jogo. Com apenas dois minutos de bola rolando, o Galo Carijó chegou até a balançar a rede, com Romarinho, mas não valou porque o bandeira levantou a bandeira e o árbitro apitou o impedimento.

Com uma movimentação ofensiva diferente da que foi apresentada no Castelão, o time mineiro foi para cima e conseguiu pressionar uma pressão muito incômoda para a defesa tricolor. Aos 15 minutos, o goleiro Marcelo Boeck saiu mal e Romarinho apareceu de novo, desta vez em posição legal, livre e com o gol aberto, mas bateu muito mal e mandou por cima da trave.

O jogo continuou com jogadas cada vez mais duras e sem o Fortaleza esboçar um maior controle de jogo. O time mostrou dificuldade e errava muitos passes. Enquanto isso, o Tupi continuava melhor e quase abriu o placar aos 25 minutos, quando Ítalo recebeu de Andrey, dentro da área, e acertou o travessão. Poucos minutos depois, os alvinegros reclamaram bastante de um toque de mão do adversário dentro da área e o juiz não marcou nada.

A primeira vez que o Fortaleza conseguiu chegar com um certo perigo foi aos 33 minutos. Hiago puxou contra ataque e tocou para Lúcio Flávio, que errou o drible, mas ganhou na insistência. Depois, tocou para Hiago bater travado pela defesa e ver a bola sair pela linha de fundo.Aos 38, o mesmo Hiago criou outra chance, desta vez em chute de fora da área que bateu na rede pelo lado de fora. Assim, o primeiro tempo terminou com o Leão melhor em campo.

No início da etapa complementar, o Tupi se reorganizou e deu sequência a blitz interrompida pelo Leão nos minutos finais antes do intervalo. Aos seis minutos, a bola foi lançada na área e um desvio de Ligger no meio de o caminho quase complicou o goleiro Marcelo Boeck e bateu no travessão antes de sair.

Um minuto depois, aos sete, um lance de causou polêmica. Andrey fez o gol, mas a arbitragem marcou o impedimento. O jogador alvinegro estava em posição legal no momento do passe, mas houve um impedimento no lance anterior. No entanto, a marcação causou indignação porque foi apitada pelo lance de Andrey.

Ainda indignados por terem o segundo gol anulado, os jogadores do Tupi se esforçaram para manter o foco e a pressão continuou. Aos 14 minutos, Marcelo Boeck salvou o Tricolor após um chute forte de fora da área. O Fortaleza só conseguiu responder aos 24 minutos, quando Leandro Lima levantou na área e Lúcio Flávio cabeceou com muito perigo, mas a bola foi para fora.

Com pouco mais de 30 minutos de jogo, alguns torcedores já deixavam o estádio, mas o o Galo Carijó não deixou de acreditar e enfim abriu o placar. Aos 36 minutos, Marcelo Boeck não segurou após cruzamento na área e Fernando empurrou para o fundo da rede na sobra. Três minutos depois, o goleiro tricolor fez grande defesa após chute forte de Ítalo e evitou o segundo gol alvinegro.

FICHA TÉCNICA

Tupi- MG 1 x 0 Fortaleza- CE 
Quartas de Final
2ª rodada
Data : 23/09/2017
Horário: 20h30
Local: Radialista Mário Helênio - Juiz de Fora (MG)

Árbitro
Marcelo de Lima Henrique - RJ
Assistentes
Michael Correia - RJ e Silbert Faria Sisquim - RJ

Cartões Amarelos: Tupi-MG: Helder, Fernando, Marcel
Fortaleza-CE: Leandro Lima, Ligger, Jô

Gols: Tupi-MG: Fernando 36' 2T

Tupi-MG
Paulo Henrique; Fernando, Helder (Carlos Júnior) e Edmário;
Afonso (Johnatan), Marcel, Leandro Brasília (Kalu), Andrey e Bruno Santos;
Romarinho e Ítalo
Técnico: Aílton Ferraz

Fortaleza-CE
Marcelo Boeck;
Felipe, Adalberto, Ligger e Bruno Melo;
Anderson Uchôa, Pablo, Leandro Lima (Edimar) e Everton (Jô);
Hiago e Lúcio Flávio (Leandro Cearense).Técnico: Antônio Carlos Zago

←  Anterior Proxima  → Inicio

FanPage do Pacatuba Em Foco

Mais Acessadas

APEOC

SERIPAN

SOARTE

RADIOSNET

Total de Transeuntes