Beto Richa quer que 29 de abril “sirva de exemplo” aos servidores públicos do Brasil ~ Pacatuba Em Foco
Tecnologia do Blogger.

APEOC

Postagens Populares

Sample Text

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation test link ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate another link velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur.

Arquivo do blog

Categories

Definition List

Definition list
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.
Lorem ipsum dolor sit amet
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.

Pages

Support

Need our help to upload or customize this blogger template? Contact me with details about the theme customization you need.

Ordered List

  1. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  2. Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  3. Vestibulum auctor dapibus neque.

Unordered List

  • Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  • Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  • Vestibulum auctor dapibus neque.

Futebol Ao Vivo

Futebol Ao Vivo

Participe pelo Whatsapp 85 988 621 206

Beto Richa quer que 29 de abril “sirva de exemplo” aos servidores públicos do Brasil

O governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), disse nesta quarta (16) esperar que o massacre de 29 de abril de 2015 “sirva de exemplo” aos servidores públicos do país — em particular aos educadores paranaenses. A declaração do tucano foi em alusão ao arquivamento, nesta terça (15), da ação civil pública do Ministério Público pela juíza Patrícia de Almeida Gomes Bergonse, da 5ª Vara de Fazenda Pública de Curitiba.

“Já esperava que isso acontecesse. Comemorar não dá porque aquele dia os fatos e imagens foram chocantes e lamentáveis. A gente espera que isso sirva de exemplo e não aconteça nunca mais”, afirmou Richa.

No dia do massacre, há um ano e 4 meses, correligionários do governador — e o próprio? –comemoravam as bombas despejadas nos manifestantes contrários ao confisco da poupança previdenciária. Naquele triste dia, 213 pessoas ficaram feriadas em virtude da violência da PM. A maioria das vítimas era mulheres, educadoras das escolas da rede pública.

Pelo sim pelo não, diante a rejeição da ação, o MP informou que irá recorrer da decisão da magistrada. Os promotores requerem na ação a condenação por improbidade administrativa de Beto Richa, do ex-secretário e atual deputado Fernando Francischini (SD) e do comando da PM na época do massacre no Centro Cívico.

Relembre a comemoração do massacre pelo Palácio Iguaçu:


←  Anterior Proxima  → Inicio

FanPage do Pacatuba Em Foco

Mais Acessadas

APEOC

SOARTE

RADIOSNET