SAQUES EM DINHEIRO NO GOVERNO FHC REFORÇAM DELAÇÃO DE VALÉRIO ~ Pacatuba Em Foco
Tecnologia do Blogger.

APEOC

Postagens Populares

Sample Text

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation test link ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate another link velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur.

Arquivo do blog

Categories

Definition List

Definition list
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.
Lorem ipsum dolor sit amet
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.

Pages

Support

Need our help to upload or customize this blogger template? Contact me with details about the theme customization you need.

Ordered List

  1. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  2. Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  3. Vestibulum auctor dapibus neque.

Unordered List

  • Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  • Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  • Vestibulum auctor dapibus neque.

Futebol Ao Vivo

Futebol Ao Vivo

Participe pelo Whatsapp 85 988 621 206

SAQUES EM DINHEIRO NO GOVERNO FHC REFORÇAM DELAÇÃO DE VALÉRIO

Documentos da CPMI dos Correios ignorados pelo Ministério Público durante as investigações do mensalão, em 2005, reforçam denúncias do empresário Marcos Valério sobre desvios no Banco do Brasil em benefício de sua agência de publicidade, a DNA Propaganda; os papéis apontam saques de R$ 2 milhões em dinheiro por pessoas físicas, parte dos R$ 17,3 milhões que a agência recebeu da Visanet em 2001, durante o governo FHC; segundo Valério, o contrato da agência com o BB tinha como objetivo desviar para políticos; Aécio Neves recebia mensalmente 2% do faturamento bruto do contrato, segundo ele



Saques em dinheiro realizados durante o governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, como apontam documentos da CPMI dos Correios que foram ignorados pelo Ministério Público durante as investigações do mensalão, em 2005, confirmam a delação do empresário Marcos Valério contra o governo tucano e o senador Aécio Neves (PSDB-MG), segundo reportagem do jornal O Globo.

Relatórios do Banco do Brasil mostram que a DNA Propaganda, agência de Valério, recebeu R$ 17,3 milhões que a agência recebeu da Visanet em 2001 por serviços de publicidade. Desse montante, R$ 2 milhões foram sacados em dinheiro por pessoas físicas, entre elas funcionários da agência. Na época, a CMPI sugeriu que o MP investigasse a utilização dos recursos sacados, o que nunca ocorreu.

Segundo diz Valério em sua delação premiada firmada com a Polícia Federal na semana passada, o contrato da agência com o BB tinha como objetivo desde o início realizar desviar para políticos quando ele virou sócio da agência, em 1997. O senador Aécio Neves, de acordo com ele, recebia mensalmente 2% do faturamento bruto do contrato.

←  Anterior Proxima  → Inicio

FanPage do Pacatuba Em Foco

Mais Acessadas

APEOC

SERIPAN

RADIOSNET