Após 13 anos de sucesso, “Farmácia Popular” é extinta por Temer ~ Pacatuba Em Foco
Tecnologia do Blogger.

APEOC

Postagens Populares

Sample Text

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation test link ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate another link velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur.

Arquivo do blog

Categories

Definition List

Definition list
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.
Lorem ipsum dolor sit amet
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.

Pages

Support

Need our help to upload or customize this blogger template? Contact me with details about the theme customization you need.

Ordered List

  1. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  2. Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  3. Vestibulum auctor dapibus neque.

Unordered List

  • Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  • Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  • Vestibulum auctor dapibus neque.

Futebol Ao Vivo

Futebol Ao Vivo

Participe pelo Whatsapp 85 988 621 206

Após 13 anos de sucesso, “Farmácia Popular” é extinta por Temer

Nesta quarta-feira (7) completa 13 anos que o então presidente Luiz Inácio Lula da Silva lançou um dos programas mais bem avaliados e queridos dos brasileiros: o “Farmácia Popular”. Pela primeira vez, a população teve acesso a 125 medicamentos oferecidos gratuitamente ou com desconto de 90% nos preços em uma rede própria de farmácias.

Dois anos depois de lançar o programa, Lula expandiu e criou o “Aqui Tem Farmácia Popular”, disponibilizando medicamentos também em redes privadas conveniadas. Nesses 13 anos, 43 milhões de brasileiros foram beneficiados.

Esse seria um dia para comemorar não fosse o fato do governo golpista de Michel Temer ter “presenteado” a população com o anúncio do fechamento de todas as farmácias da rede até o final deste ano. Desde janeiro, foram fechadas 111 das 533 unidades, segundo informou o Ministro da Saúde em entrevista coletiva concedida na terça-feira (6).

Em sua justificativa, o governo federal disse que está fechando as farmácias a fim de “cortar gastos” com as estruturas próprias e destinar o orçamento apenas aos medicamentos priorizando as redes conveniadas.

Segundo dados do Ministério da Saúde, a rede conveniada oferece 42 produtos, sendo 25 gratuitos pelo programa, enquanto as farmácias populares possuem 125 tipos de medicamentos.

Porém, o então Ministro da Saúde do governo Dilma, Alexandre Padilha, atribui à PEC da Morte o motivo do corte no programa.

“Ele aprovou uma PEC da Morte que durante 20 anos deixaria de ampliar os recursos para área da saúde. Quando você congela, você não prevê que vai nascer mais gente, que a população vai envelhecer. A cada ano aumenta o número de hipertensos e diabéticos. É como fechar os olhos para o fechamento de hospitais, como temos visto, por exemplo”.

O “Farmácia Popular” criado pelo ex-presidente Lula tornou-se referência internacional e inspirou outros países a implantarem programas semelhantes.

←  Anterior Proxima  → Inicio

FanPage do Pacatuba Em Foco

Mais Acessadas

APEOC

SOARTE

RADIOSNET