Após pressão, 24 deputados mudam o voto na reforma trabalhista ~ Pacatuba Em Foco
Tecnologia do Blogger.

APEOC

Postagens Populares

Sample Text

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation test link ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate another link velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur.

Arquivo do blog

Categories

Definition List

Definition list
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.
Lorem ipsum dolor sit amet
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.

Pages

Support

Need our help to upload or customize this blogger template? Contact me with details about the theme customization you need.

Ordered List

  1. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  2. Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  3. Vestibulum auctor dapibus neque.

Unordered List

  • Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  • Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  • Vestibulum auctor dapibus neque.

Futebol Ao Vivo

Futebol Ao Vivo

Participe pelo Whatsapp 85 988 621 206

Após pressão, 24 deputados mudam o voto na reforma trabalhista

Em apenas 24 horas, 28 deputados federais mudaram seu posicionamento (incluindo abstenções) e votaram no 'sim' pela aprovação do requerimento de urgência da tramitação da proposta de reforma trabalhista, após pressão forte do governo Temer.

A urgência foi aprovada na noite desta quarta-feira 19, quando o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), foi acusado pela oposição de utilizar o "método Cunha" de votação: não ganhou em um dia, coloca em votação novamente para conseguir a aprovação. Na noite de terça, o mesmo requerimento havia sido rejeitado, numa derrota para o governo.

"É foda, foi pressão do partido, pressão muito grande, mas meu voto na reforma tá declarado, eu sou contra qualquer reforma", admitiu Tiririca (PR-SP), um dos que mudaram o voto.

Confira abaixo a lista dos parlamentares "vira-casaca":

Abel Mesquita Jr. (PDT-RR)
Celso Maldaner (PMDB-SC)
Dr. Jorge Silva (PROS-ES)
Dr. Sinval Malheiros (PV-SP)
Dulce Miranda (PMDB-TO)
Eros Biondini (PTB-MG)
Evair de Melo (PV-ES)
Expedito Netto (Solidariedade-RO)
Heráclito Fortes (PSB-PI)
JHC (Solidariedade-AL)
João Paulo Papa (PSDB-SP)
Júlio Delgado (PSB-MG)
Kaio Maniçoba (PHS-PE)
Lindomar Garçon (PMDB-RO)
Mandetta (DEM-MS)
Mara Gabrilli (PSDB-SP)
Marcelo Matos (PDT-RJ)
Marcos Abrão (PPS-GO)
Marcos Reategui (PSC-AP)
Paulo Foletto (PSB-ES)
Rafael Motta (PROS-RN)
Subtenente Gonzaga (PDT-MG)
Tereza Cristina PSB-MS)
Valadares Filho (PSB-SE)
Waldir Maranhão (PP-MA)


http://www.brasil247.com/pt/247/brasilia247/291351/Ap%C3%B3s-press%C3%A3o-28-deputados-mudaram-o-voto-sobre-urg%C3%AAncia-da-reforma-trabalhista.htm
←  Anterior Proxima  → Inicio

FanPage do Pacatuba Em Foco

Mais Acessadas

APEOC

SOARTE

RADIOSNET