Eduardo Cunha é condenado a 15 anos de prisão pela Justiça Federal do Paraná ~ Pacatuba Em Foco
Tecnologia do Blogger.

APEOC

Postagens Populares

Sample Text

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation test link ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate another link velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur.

Arquivo do blog

Categories

Definition List

Definition list
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.
Lorem ipsum dolor sit amet
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.

Pages

Support

Need our help to upload or customize this blogger template? Contact me with details about the theme customization you need.

Ordered List

  1. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  2. Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  3. Vestibulum auctor dapibus neque.

Unordered List

  • Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  • Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  • Vestibulum auctor dapibus neque.

Futebol Ao Vivo

Futebol Ao Vivo

Participe pelo Whatsapp 85 988 621 206

Eduardo Cunha é condenado a 15 anos de prisão pela Justiça Federal do Paraná

Ex-deputado cumprirá pena pelos crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e evasão de divisas


A Justiça Federal de Curitiba (JFPR) condenou o ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha a 15 anos e quatro meses de prisão pelos crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e evasão de divisas. Além da reclusão, foi fixada uma multa de mais de R$ 250 mil a ser paga pelo ex-deputado.

A sentença, proferida pelo juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, foi publicada no final da manhã desta quinta (30), no sistema eletrônico da JFPR. 

Na denúncia oferecida à Justiça Federal, o Ministério Público Federal (MPF) acusou Cunha de receber propina em contrato da Petrobras para a exploração de petróleo no Benin, na África.

O ex-deputado é o único réu deste processo, que estava no Supremo Tribunal Federal (STF) e foi encaminhado à 13ª Vara da Justiça Federal no Paraná após sua cassação.

Por ser uma condenação de primeira instância, Cunha poderá recorrer a um tribunal superior. Neste caso, porém, o peemedebista deverá responder sob regime de prisão cautelar, conforme previsto no despacho da decisão judicial.

←  Anterior Proxima  → Inicio

FanPage do Pacatuba Em Foco

Mais Acessadas

SERIPAN

Ir para o Topo