O Hospital e Maternidade de Santa Luísa de Marillac em Aracati anuncia que fechará suas portas ~ Pacatuba Em Foco
Tecnologia do Blogger.

APEOC

Postagens Populares









Seja nosso Parceiro, anuncie na Melhor Calçada Virtual ! Entre em contacto: (85) 988621206

VEM COMIGO !


domingo, 19 de fevereiro de 2017

O Hospital e Maternidade de Santa Luísa de Marillac em Aracati anuncia que fechará suas portas

Em comunicado, a direção do Hospital explica que depois de mais de 60 anos de serviços prestados ao povo aracatiense, o Hospital e Maternidade Santa Luísa de Marillac anuncia que fechará suas portas no dia 1º de março. A causa do problema é o déficit mensal de R$ 150.000,00 e um acumulado de R$ 1.200.000,00 que precisa ser corrigido. Outros esclarecimentos serão dados numa coletiva de imprensa, marcada para sábado (18) às 9 horas no auditório do HSLM.

Em nota a direção do hospital lembra que é a única maternidade que atende as cidades de Aracati, Fortim, Itaiçaba e Icapuí, por isso, as gestões das respectivas cidades terão de apresentar um plano de emergência para atender a toda a demanda do Sus de Obstetrícia e Pediatria. Imaginem todos a aflição que terá uma gestante em trabalho de parto sem encontrar maternidade na região.
Nota de esclarecimento

A Prefeitura de Aracati deve R$ 462.544,00 referentes aos serviços prestados em 2016. Não interessa que a dívida seja de outra gestão. O que importa é que os médicos receberam apenas metade do mês de outubro, além de não terem recebido nada em novembro, dezembro e janeiro, e ninguém, em bom juízo pode deixar de dar razão a eles.

Foi decidido em reunião do Corpo Clínico, na última terça feira, 14/02/2017, às 19 horas, que obstetras, pediatras e anestesistas não mais disponibilizarão seus nomes para a escala de plantonistas a partir de 1º de março, ou seja, não haverá atendimento médico às crianças e às gestantes.

Foi aprovado pelo Corpo Clínico por unanimidade uma proposta a ser enviada ao prefeito municipal Bismarck Maia com o seguinte teor: 1. Pagamento integral do débito do ano de 2016, no valor de R$ 462.544,00; 2. Renovação do convênio, retroativo a janeiro de 2017, no qual a Prefeitura de Aracati repassará mensalmente ao Santa Luísa o valor de R$ 94.397,95 correspondente à parcela do rateio com os demais municípios.

Aprovou também que, em não havendo acordo seriam tomadas as seguintes medidas após 10 horas da manhã do dia 17/02/2017: 1- O Hospital convocará uma coletiva de imprensa para anunciar a paralização de 01/03/2017; 2 – Serão comunicados dessa decisão o Conselho Regional de Medicina, o Ministério Público, a Secretaria de Saúde do Estado, o Tribunal de Contas dos Municípios, o Conselho Estadual de Saúde, as Câmaras de Vereadores e a população.

Nada foi feito

A população precisa saber que desde meados do ano passado, o Hospital e Maternidade vem realizando reuniões junto à administração pública, inclusive acionando o Ministério Público e alertando entidades de classe para a situação financeira crítica do Hospital pelos compromissos não honrados pelo poder público.

Nada deu certo, nem na gestão anterior, nem na atual. Todos concordam e nenhuma providência é tomada. Até a manhã desta sexta-feira, o corpo clínico e a direção do Hospital esperaram uma posição da Prefeitura de Aracati sobre o problema, o que não aconteceu.

Lutamos enquanto foi possível; apelamos a quem achamos que poderia resolver o problema, mas, infelizmente, não temos mais forças para lutar sozinhos. Nossa vocação e obstinação não foram reconhecidos.

Muitos chamam de campanha emocional ou tentam politizar o descaso com o Hospital, mas a verdade é que estamos falando de vidas de mães, gestantes, crianças e bebês, além dos mais de 93 funcionários que ganham o seu sustento diretamente através do Hospital e Maternidade Santa Luíza de Marillac.

Juntos poderíamos ser mais fortes, mas sozinhos estamos condenados a padecer. O HMSLM sofre bastante com essa decisão, não apenas por essa página triste na história da Instituição, mas pela consequência disso na vida de quem mais precisa, especialmente os mais pobres.
 
←  Anterior Proxima  → Inicio

Futebol Ao Vivo

Futebol Ao Vivo

Participe pelo Whatsapp 85 988 621 206

Mais Acessadas