Justiça aceita denúncia e Cid Gomes se torna réu por improbidade ~ Pacatuba Em Foco
Tecnologia do Blogger.

APEOC

Postagens Populares

Sample Text

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation test link ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate another link velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur.

Arquivo do blog

Categories

Definition List

Definition list
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.
Lorem ipsum dolor sit amet
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.

Pages

Support

Need our help to upload or customize this blogger template? Contact me with details about the theme customization you need.

Ordered List

  1. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  2. Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  3. Vestibulum auctor dapibus neque.

Unordered List

  • Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  • Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  • Vestibulum auctor dapibus neque.

Futebol Ao Vivo

Futebol Ao Vivo

Participe pelo Whatsapp 85 988 621 206

Justiça aceita denúncia e Cid Gomes se torna réu por improbidade

Ex-governador do Ceará e outras sete pessoas responderão por empréstimo feito junto ao Banco do Nordeste. De acordo com MPF, operação financeira firmada com o Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste não respeitou regras estabelecidas na linha de crédito

O ex-governador do Ceará, Cid Gomes, se tornou réu após a Justiça Federal aceitar denúncia feita pelo Ministério Público Federal (MPF) contra o político por improbidade administrativa. Ele é investigado por um empréstimo feito junto ao Banco do Nordeste (BNB) enquanto ainda comandava o Executivo do estado.

De acordo com as apurações do MPF, o montante foi usado para a construção de galpões em um terreno de propriedade do ex-governador. Em denúncia, o órgão destaca que a operação financeira, firmada com o Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste, não respeitou as regras estabelecidas na linha de crédito concedida a Cid.

Também foram denunciados o ex-assessor de Cid, Ricardo Sérgio Farias Nogueira e a empresa Corte Oito Gestão e Empreendimentos Ltda., da qual ambos são sócios. Outras seis pessoas responderão ao mesmo processo. As investigações apontam atos ilícitos como lesão ao erário e violação dos princípios da administração pública.

Na denúncia enviada pelo MPF à Justiça Federal no Ceará, o órgão detalha que além dos trâmites que envolvem o empréstimo, existem ainda as alterações promovidas pelos sócios em documentos apresentados ao Banco do Nordeste para que a transação fosse possível, como alterações nos valores de faturamento da Corte Oito.

Em nota enviada pela assessoria de imprensa, Cid Gomes afirma que ao aceitar a denúncia, a Justiça Federal “dá chance” aos investigados “de se defenderem e mostrarem que não têm nenhuma irregularidade” nos trâmites realizados junto ao BNB.

Entenda

Em 2014, Cid Gomes solicitou o empréstimo de R$ 1,3 milhão para construir um galpão na cidade de Sobral. Apesar disso, não apresentou nenhuma garantia ao Banco do Nordeste. Mesmo assim, o MPF identificou que a aprovação do empréstimo foi feita em tempo recorde, mesmo sem apresentar nenhum comprovante de faturamento ou balanços da Corte Oito.

Além disso, o prazo de amortização da dívida, estabelecido em 18 meses, e os juros aplicados sobre a transação bem abaixo dos valores de mercado (6,8%) passaram a ser questionados pelo Ministério Público.

O processo vai tramitar na 10ª Vara da Justiça Federal do Ceará.
 
←  Anterior Proxima  → Inicio

FanPage do Pacatuba Em Foco

Mais Acessadas

APEOC

SOARTE

RADIOSNET