Por 17 votos a 3, Comissão da Câmara rejeita convocação de Geddel ~ Pacatuba Em Foco
Tecnologia do Blogger.

APEOC

Postagens Populares









Seja nosso Parceiro, anuncie na Melhor Calçada Virtual ! Entre em contacto: (85) 988621206

VEM COMIGO !


quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Por 17 votos a 3, Comissão da Câmara rejeita convocação de Geddel

O Congresso Nacional atual revive o período FHC, época em que qualquer tipo de investigação era tratorada no parlamento. Nesta quarta, por 17 votos a 3, Comissão de Fiscalização Financeira rejeitou a convocação de Geddel para prestar esclarecimentos. Blindagem foi encabeçada por PMDB, PSDB, DEM, PP e PTB


Por 17 votos a três, a Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara rejeitou nesta quarta-feira (23) requerimento apresentado pelo PT para que o ministro Geddel Vieira Lima (Secretaria de Governo) fosse convocado ao colegiado para explicar a denúncia feita pelo ex-ministro da Cultura Marcelo Calero de que ele o teria pressionado a produzir um parecer técnico para liberar a construção de um prédio no qual adquiriu um apartamento.

Votaram a favor do requerimento apenas três deputados do PT: Adelmo Leão (MG), Paulão (AL) e Jorge Solla (BA), que apresentou o requerimento. Os que votaram para que a convocação fosse derrotada são do PMDB, partido de Geddel, PP, PTB, Pros, PR, PRB, PV, DEM, PSDB e SD.

“Ele [Geddel] acha que não é nada demais prevaricar. Ele acha normal tentar mudar um parecer de um órgão público para fins pessoais”, disse Solla antes da votação.

Em votação simbólica, governistas também derrotaram outro requerimento apresentado por Solla, desta vez para que Calero fosse convidado à comissão.

Geddel Vieira Lima é investigado pela Comissão de Ética da Presidência da República. Ele teria pressionado o ex-ministro da Cultura, Marcelo Calero, a produzir um parecer técnico para liberar um empreendimento de luxo na Bahia. Geddel fez uma promessa de compra e venda de uma unidade no condomínio avaliada em mais de R$ 2 milhões.
Xingamentos

Em defesa de Geddel, o deputado Wladimir Costa (SD-PA) fez uma série de xingamentos ao PT e ao deputado Paulão (PT-AL).

“O PT nada mais é que uma grande organização criminosa. Vagabundos, desrespeitosos que vêm usar de ilações para atrair holofotes. Lave a boca com soda cáustica para falar do ministro Geddel. Seus imundos, irresponsáveis, desqualificados, despreparados”, continuou.

Paulão reagiu e disse que Wladimir já havia sido preso. “Isso é um bandido!”, bradou o petista.

O deputado pelo Pará, então, baixou o nível. “Preso foi a tua mãe, seu vagabundo! Só se foi a prostituta da tua mulher!”, disse aos gritos.

Ainda há requerimentos de convocação de Geddel na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado.

←  Anterior Proxima  → Inicio

Futebol Ao Vivo

Futebol Ao Vivo

Participe pelo Whatsapp 85 988 621 206

Mais Acessadas