Contra a criminalização do movimento social ~ Pacatuba Em Foco
Tecnologia do Blogger.

APEOC

Postagens Populares

Sample Text

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation test link ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate another link velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur.

Arquivo do blog

Categories

Definition List

Definition list
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.
Lorem ipsum dolor sit amet
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.

Pages

Support

Need our help to upload or customize this blogger template? Contact me with details about the theme customization you need.

Ordered List

  1. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  2. Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  3. Vestibulum auctor dapibus neque.

Unordered List

  • Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  • Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  • Vestibulum auctor dapibus neque.

Futebol Ao Vivo

Futebol Ao Vivo

Participe pelo Whatsapp 85 988 621 206

Contra a criminalização do movimento social

 
A ação da polícia na manhã desta sexta-feira (4) foi truculenta; a repressão invadiu uma escola ligada ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), em São Paulo, e agiu contra a mesma organização popular no Paraná e no Mato Grosso do Sul. E demonstra a mesma sanha quando classifica como “baderneiros” os estudantes que, pacificamente, ocupam escolas em protesto contra medidas conservadoras pretendidas pelo o governo ilegítimo.

A escalada da repressão é intolerável. Ela resulta da intolerância crescente no Brasil desde o golpe consumado em 31 de agosto, que depôs a presidenta eleita Dilma Rousseff e alçou a seu lugar o ilegítimo Michel Temer.

A ação policial é propagada pela mídia golpista para jogar a população contra os lutadores do movimento social e os estudantes que não aceitam a pretendida “deformação” do ensino que o MEC quer impor.

O governo ilegítimo de Michel Temer, com o apoio da mídia golpista, criminaliza a luta social, que cresce e resiste. Acusa o MST de ser uma “organização criminosa”, e vê da mesma maneira os estudantes que ocupam mais de mil escolas em todo o Brasil.

Diante das sucessivas ações repressivas cresce a insatisfação e a solidariedade aos que são vítimas dos abusos e agressões. A invasão policial às instalações do MST recebeu ampla repulsa de diversas instituições nacionais e internacionais, assim como de personalidades dos mais diversos segmentos. O apoio aos que lutam por seus direitos amplia a rejeição e ilegitimidade do governo Michel Temer que insistem e dar segmento a um programa contrário aos interesses do Brasil e dos brasileiros.

Os democratas, patriotas e progressistas não podem aceitar violência de nenhuma espécie, sobretudo a ação repressiva do Estado a serviço de um governo golpista e ilegítimo. E já há uma data um grande repúdio à repressão e defesa da democracia: 11 de novembro, quando ocorrerá a manifestação nacional convocada pela Frente Brasil Popular, Frente Povo Sem Medo, centrais sindicais e movimentos sociais. O fascismo e sua violência precisam ser detidos!
 
←  Anterior Proxima  → Inicio

FanPage do Pacatuba Em Foco

Mais Acessadas

APEOC

SERIPAN

SOARTE

RADIOSNET

Total de Transeuntes