Professora faz relato emocionante dando conta que alunos da Escola Airton Teixeira sofreram contrangimentos no Shopping Parangaba ~ Pacatuba Em Foco
Tecnologia do Blogger.

APEOC

Postagens Populares

Sample Text

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation test link ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate another link velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur.

Arquivo do blog

Categories

Definition List

Definition list
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.
Lorem ipsum dolor sit amet
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.

Pages

Support

Need our help to upload or customize this blogger template? Contact me with details about the theme customization you need.

Ordered List

  1. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  2. Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  3. Vestibulum auctor dapibus neque.

Unordered List

  • Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  • Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  • Vestibulum auctor dapibus neque.

Futebol Ao Vivo

Futebol Ao Vivo

Participe pelo Whatsapp 85 988 621 206

Professora faz relato emocionante dando conta que alunos da Escola Airton Teixeira sofreram contrangimentos no Shopping Parangaba

Relato da Professora Anne Shérida
" Hoje, 27/10/2016, fomos eu e mais 4 professores com um grupo de 120 alunos para uma sessão especial de cinema no Shopping Parangaba. Fomos bem recebidos pelos funcionários do cinema, o filme foi muito bom e os alunos amaram, muitos deles estavam tendo essa experiência pela primeira vez. 

No entanto, quando o filme terminou, tínhamos uma hora para passear e merendar pelo shopping, que era o tempo que demoraria para o ônibus vir nos buscar. Mas, infelizmente, foi muito constrangedor o que passamos (e não digo isso por mim porque eu sei me defender, mas pelos meus alunos). 

Logo que o filme terminou, uma segurança me abordou e disse que os clientes do shopping estavam incomodados com os alunos, que eu pedisse para que eles fizessem silêncio. Como assim? Incomodados? Parece piada, né. Olhei nos olhos dela e disse que eles eram tão clientes quanto aquele poucos que estavam ali almoçando. Pensei que o problema estava resolvido, grande ilusão!
Combinamos o horário e lugar de encontro com os alunos e deixamos eles irem passear, mas quando os mesmos estavam descendo a escada rolante do 3° piso em direção ao 2° piso, foram abordados por uns 3 seguranças e uma bombeira dizendo que eles não poderiam circular pelo shopping 😤😤. Não consigo descrever a raiva que senti ao ver os meus alunos todos fardados e identificados "presos" naquele cubículo do 2° piso simplesmente por serem alunos da escola pública, porque foi exatamente isso que aconteceu : PRECONCEITO!!! Pois haviam lá alunos com a farda do Farias Brito, do Teleyos, mas eles podiam circular livremente pelo shopping, mas os nossos alunos não. Indignei-me com aquela situação e fui lá com a coordenadora, perguntamos qual era problema, dissemos que eles iriam passear sim caso contrário iríamos chamar a polícia. 

Os alunos passearam, merendaram, jogaram no Game Station, pois eles haviam se preparado financeiramente para aquele momento, mas, infelizmente, mesmo depois que conversamos com os seguranças e fizemos uma reclamação à administração do shopping, os alunos ainda sofreram constrangimentos por parte daqueles seguranças desalmados e mal treinados proibindo os meninos de usarem o elevador, tirar selfie. Um absurdo sem tamanho! Estou extremamente decepcionada com o treinamento que o shopping dá aos seus funcionários.

Para finalizar, quando estávamos indo embora, um aluno do 6° ano, uma criança de 11 anos de idade, olhou para mim e disse assim: -Tia, eu amei o cinema, eu nunca tinha vindo, amei o passeio; que pena que eles não gostaram muito da gente, né?! Vai ter outro, Tia?
Aquilo me doeu na alma. Olhei nos olhos dele, tão empolgados pela aquela nova experiência, e disse: - Nós não precisamos que eles gostem da gente! E, sim, vai ter outros sim! Eles vão ter que engolir o preconceito deles e nos aceitar! Vamos vir quantas vezes quisermos! 

E um sorriso brotou naquele rosto tão inocente. "
Obs: Peço que, se puderem, repasse esse post, pois isso é um absurdo!Aconteceu com alunos da EM Airton Teixeira
←  Anterior Proxima  → Inicio

FanPage do Pacatuba Em Foco

Mais Acessadas

APEOC

SOARTE

RADIOSNET