Cunha faz a primeira delação contra governo Temer ~ Pacatuba Em Foco
Tecnologia do Blogger.

APEOC

Postagens Populares

Sample Text

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation test link ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate another link velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur.

Arquivo do blog

Categories

Definition List

Definition list
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.
Lorem ipsum dolor sit amet
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.

Pages

Support

Need our help to upload or customize this blogger template? Contact me with details about the theme customization you need.

Ordered List

  1. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  2. Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  3. Vestibulum auctor dapibus neque.

Unordered List

  • Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  • Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  • Vestibulum auctor dapibus neque.

Futebol Ao Vivo

Futebol Ao Vivo

Participe pelo Whatsapp 85 988 621 206

Cunha faz a primeira delação contra governo Temer

O ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB) fez neste sábado (17) o que pode ser considerada a primeira ‘delação pública’ contra o governo ilegítimo de Michel Temer (PMDB).

Magoado com a cassação de seu mandato, Cunha entregou de bandeja o secretário Privatizações Moreira Franco. Para o ex-presidente da Câmara, o homem de confiança de Temer está enrolado em escândalos do Porto Maravilha, no Rio, financiado pelo bilionário fundo FI-FGTS.

“Quem criou o FI-FGTS na Caixa foi o Moreira Franco. No programa de privatização, dos R$ 30 bilhões anunciados, R$ 12 bilhões vêm de onde? Do Fundo de Investimento da Caixa. Ele sabe de onde tirar dinheiro. Esse programa de privatização começa com risco de escândalo. Nasce sob suspeição”, disse Cunha ao Estadão.

“vai ficar muito difícil a permanência do Moreira no governo”, prevê.

Ainda segundo o deputado cassado, Temer não tem legitimidade para “radicalizar” com a retirada de direitos dos trabalhadores.

Para Cunha, é difícil fazer uma coisa muito radical, no meio de um mandato, com alguém sem a legitimidade de estar discutindo isso debaixo de um processo eleitoral.

Eduardo Cunha disse que deveria ter sido mais “Renan Calheiros“, o presidente do Senado, ao invés de Eduardo Cunha durante o processo de impeachment. “Renan é jogador, é falso, é dissimulado”, atacou, antecipando seu próximo alvo.

←  Anterior Proxima  → Inicio

FanPage do Pacatuba Em Foco

Mais Acessadas

SERIPAN

Ir para o Topo