Acusação a Lula, até agora, é só discurso de ódio ~ Pacatuba Em Foco
Tecnologia do Blogger.

APEOC

Postagens Populares

Sample Text

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation test link ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate another link velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur.

Arquivo do blog

Categories

Definition List

Definition list
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.
Lorem ipsum dolor sit amet
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.

Pages

Support

Need our help to upload or customize this blogger template? Contact me with details about the theme customization you need.

Ordered List

  1. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  2. Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  3. Vestibulum auctor dapibus neque.

Unordered List

  • Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  • Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  • Vestibulum auctor dapibus neque.

Futebol Ao Vivo

Futebol Ao Vivo

Participe pelo Whatsapp 85 988 621 206

Acusação a Lula, até agora, é só discurso de ódio


Assisto agora a fala de Deltan Dallagnol, o jovem chefe da Força Tarefa.

Até agora, o Doutor não entrou em uma prova fática.

Foi um discurso político que só encontra suporte na histeria anti-Lula com que a mídia fez impregnar este país.

Diz que, se diretores indicados em acordos políticos com outros partidos roubavam, isso indicava que Lula é pessoalmente responsável por seus atos, porque as nomeações só poderiam ter intenção “arrecadatória”.

Lula, berrava ele – não sei o que me fazia lembrar daquele sujeito do “Revoltados Online”, tinha de saber. Mais, não só sabia como fez com essa intenção.

Domínio do fato virou “domínio das suposição”.

“Toda a prova apresentada até aqui” – disse Dallagnol, sem apresentar qualquer uma que não fossem os desvios praticados por diretores da Petrobras – é suficiente para “incriminar Lula como comandante deste esquema de corrupção”.

Interessante é que ele aponta vários beneficiários de vantagens gigantescas – entre eles Pedro Barusco, com mais de R$ 100 milhões – diz que Lula teria “recebido”, sem dizer como, valores de R$ 3,7 milhões.

Que comandante modesto, não é?

Ainda acompanho o “pronunciamento” do revoltado promotor, à espera de alguma prova para o que ele chama de “propinocracia”. Prova mesmo, não o que ele diz que “são pedaços da realidade que permitem formar uma convicção” de crime, para chamá-lo de “general” do esquema.

Até agora não é a entrevista de quem vai apresentar uma acusação por benefícios no chamado “triplex” do Guarujá, que não é dele, e a guarda de umas caixas num depósito.

Estes são fatos. O resto é histeria acusatória que, infelizmente, parece ter substituído a aplicação da lei.

←  Anterior Proxima  → Inicio

FanPage do Pacatuba Em Foco

Mais Acessadas

APEOC

SERIPAN

RADIOSNET