Procuradores elaboram denúncia contra Lula sobre sítio em Atibaia e tríplex no Guarujá ~ Pacatuba Em Foco
Tecnologia do Blogger.

APEOC

Postagens Populares

Sample Text

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation test link ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate another link velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur.

Arquivo do blog

Categories

Definition List

Definition list
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.
Lorem ipsum dolor sit amet
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.

Pages

Support

Need our help to upload or customize this blogger template? Contact me with details about the theme customization you need.

Ordered List

  1. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  2. Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  3. Vestibulum auctor dapibus neque.

Unordered List

  • Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  • Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  • Vestibulum auctor dapibus neque.

Futebol Ao Vivo

Futebol Ao Vivo

Participe pelo Whatsapp 85 988 621 206

Procuradores elaboram denúncia contra Lula sobre sítio em Atibaia e tríplex no Guarujá

Reportagem do jornal O Globo diz que investigadores já consideram haver provas para sustentar acusação contra o ex-presidente por crimes como corrupção passiva, ocultação de patrimônio e lavagem de dinheiro. PF aponta “vantagens ilícitas” de R$ 2,4 milhões propiciadas pela OAS

Investigadores já consideram haver provas suficientes para sustentar acusação formal contra o ex-presidente Lula por crimes como corrupção passiva, ocultação de patrimônio e lavagem de dinheiro, como decorrência de transações referentes a um tríplex no Guarujá e um sítio em Atibaia, ambos no Estado de São Paulo. Para procuradores da Operação Lava Jato envolvidos no caso, no entanto, ainda não está decidido se o petista será acusado de ter praticado os três crimes em conjunto, ou qual deles será apontado.

Segundo reportagem do jornal O Globo deste domingo (28), a denúncia será feita à Justiça Federal mesmo ante à indefinição sobre a delação premiada do ex-presidente da construtora OAS Léo Pinheiro. Nesta semana, Lula e sua esposa, Dona Marisa, foram indiciados por suposto usufruto financeiro oferecido pela empreiteira, um dos pivôs do esquema de corrupção descoberto pela Polícia Federal na Petrobras – protocolado no sistema eletrônico da Justiça Federal no Paraná, o indiciamento aponta irregularidades na aquisição do apartamento tríplex e em reforma nas dependências do edifício em questão. De acordo com a PF, o casal recebeu “vantagens ilícitas” da OAS que totalizaram R$ 2,4 milhões.

De acordo com a defesa de Lula, trata-se de “peça de ficção” o indiciamento de Lula, uma vez que parte do argumento de que houve a “entrega” do imóvel ao ex-presidente “sem nenhum elemento que possa justificar tal afirmação”. “Aliás, nem mesmo o Delegado que subscreve o Relatório sabe quando teria ocorrido essa “entrega” que ele atribui a nosso cliente: ‘Houve a reforma após a entrega do imóvel, possivelmente no segundo semestre de 2014’. Lula esteve uma única vez no imóvel acompanhado de D. Marisa – para conhecê-lo e verificarem se tinham interesse na compra. O ex-Presidente e os seus familiares jamais usaram o imóvel e muito menos exerceram qualquer outro atributo da propriedade, tal como disposto no art. 1.228, do Código Civil (uso, gozo e disposição)”, explicam os advogados de Lula em nota.

Segundo a reportagem, uma fonte que acompanha de perto as investigações garantem que o indiciamento está a caminho. Os procuradores consideram que os indícios colhidos desde o início das investigações demonstram que o ex-presidente é o verdadeiro dono do sítio, propriedade registrada em nome dos empresários Fernando Bittar e Jonas Suassuana. No entanto, o Ministério Público diz que eles são apenas “testas de ferro” no esquema.

“Os investigadores entendem que Lula e a mulher Marisa Letícia não teriam mandado fazer reformas, enviar parte da mudança e frequentar com regularidade o sítio se não fossem proprietários do imóvel. Para eles, Lula e Marisa estavam no completo usufruto da propriedade até o caso ter se tornado público durante as investigações da Lava Jato”, diz o jornal.

Um investigador diz que a denúncia vindoura contra Lula está fundamentada em perícias e outros documentos amealhados no transcorrer da apuração – e que, nesse sentido, a acusação independe da versão que Léo Pinheiro e outros executivos da OAS, por enquanto com o acordo de delação suspenso, apresentaram ou venham a apresentar às autoridades da Lava Jato. Mesmo tendo sido indiciada pela PF, Dona Marisa pode ficar livre da denúncia dos procuradores, uma vez que não exercia cargo público à época das negociações mencionadas.
 
←  Anterior Proxima  → Inicio

FanPage do Pacatuba Em Foco

Mais Acessadas

APEOC

SERIPAN

RADIOSNET