A vergonha do golpe passou em Cannes. Vai passar na Globo? ~ Pacatuba Em Foco
Tecnologia do Blogger.

APEOC

Postagens Populares

Sample Text

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation test link ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate another link velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur.

Arquivo do blog

Categories

Definition List

Definition list
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.
Lorem ipsum dolor sit amet
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.

Pages

Support

Need our help to upload or customize this blogger template? Contact me with details about the theme customization you need.

Ordered List

  1. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  2. Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  3. Vestibulum auctor dapibus neque.

Unordered List

  • Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  • Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  • Vestibulum auctor dapibus neque.

Futebol Ao Vivo

Futebol Ao Vivo

Participe pelo Whatsapp 85 988 621 206

A vergonha do golpe passou em Cannes. Vai passar na Globo?

A foto aí de cima é da equipe do filme Aquarius, que teve sua exibição ontem à noite no Festival de Cannes, na França.
E o que aconteceu é descrito pelo UOL:

A sessão de gala de “Aquarius”, filme brasileiro que concorre à Palma de Ouro no Festival de Cannes 2016, foi marcada nesta terça-feira (17) por protestos contra o governo interino de Michel Temer.

Ao chegar ao topo da escadaria que leva ao Palácio dos Festivais, o diretor Kléber Mendonça Filho, os atores Humberto Carrão e Maeve Jinkings e outros integrantes da equipe mostraram cartazes com frases em inglês e francês com dizeres como “O mundo não pode aceitar este governo ilegítimo”, “Um golpe está acontecendo no Brasil”, “54.501.118 de votos foram queimados”, “Misóginos, racistas e impostores como ministros”, e “Dilma, vamos resistir com você”. 

Ainda no topo das escadas, Thierry Fremaux, diretor do festival, fez uma pausa no protocolo e pediu que a equipe do evento filmasse os cartazes.

Durante a passagem pelo tapete vermelho, outros convidados e membros da equipe também empunharam cartazes com frases como “Nós resistiremos”, “O povo não pode aceitar um governo ilegítimo”, e “O Brasil não é mais uma democracia”. Depois da entrada na sala de exibição, os convidados do filme estenderam uma faixa com a frase “Stop the coup in Brazil” (parem o golpe no Brasil).

Na sala de imprensa do festival, jornalistas que acompanhavam o evento por um telão aplaudiram em apoio.

Abaixo, o vídeo. Será que vai passar na Globo?



←  Anterior Proxima  → Inicio

FanPage do Pacatuba Em Foco

Mais Acessadas

APEOC

SERIPAN

SOARTE

RADIOSNET