Depois de Jean Wyllys e Bolsonaro, alunos da UnB fazem “cuspe ao alvo” ~ Pacatuba Em Foco
Tecnologia do Blogger.

APEOC

Postagens Populares

Sample Text

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation test link ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate another link velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur.

Arquivo do blog

Categories

Definition List

Definition list
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.
Lorem ipsum dolor sit amet
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.

Pages

Support

Need our help to upload or customize this blogger template? Contact me with details about the theme customization you need.

Ordered List

  1. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  2. Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  3. Vestibulum auctor dapibus neque.

Unordered List

  • Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  • Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  • Vestibulum auctor dapibus neque.

Futebol Ao Vivo

Futebol Ao Vivo

Participe pelo Whatsapp 85 988 621 206

Depois de Jean Wyllys e Bolsonaro, alunos da UnB fazem “cuspe ao alvo”

Participantes do Circuito Universitário de Cultura e Arte trataram com muita irreverência a cusparada dada pelo deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) em Jair Bolsonaro (PSC-RJ). Eles fizeram um “cuspe ao alvo”. A brincadeira contou com uma estrutura simples, mas suficiente para chamar a atenção dos estudantes nessa terça-feira (19/4)


Uma foto de Bolsonaro impressa em um papel A3 foi colada na escada e uma caixa de som reproduzia em looping seu último discurso no plenário da Câmara dos Deputados, em que dedicou seu voto ao coronel reformado Carlos Brilhante Ustra, morto no ano passado. Ustra foi chefe do Doi-Codi de São Paulo, um dos mais sangrentos centros de tortura do regime militar.


Wyllys admitiu ter cuspido em Bolsonaro. Ele disse que foi insultado e ter o braço puxado por “ele ou alguém que estivesse perto dele” no domingo (17). “Na hora em que fui votar esse canalha (Bolsonaro) decidiu me insultar na saída e tentar agarra meu braço. Ele ou alguém que estivesse perto dele. Quando ouvi o insulto eu devolvi, cuspi na cara dele que é o que ele merece”, explicou.

Bolsonaro, por sua vez, disse que Jean Wyllys “perdeu a noção” e “precisa se submeter a um tratamento psicológico”.

Na noite de terça, o presidente da OAB no Rio de Janeiro, Felipe Santa Cruz, afirmou que a seccional recorrerá ao Supremo Tribunal Federal (STF) e, se necessário, à Corte Interamericana de Direitos Humanos, na Costa Rica, para pedir a cassação do mandato de Bolsonaro.


←  Anterior Proxima  → Inicio

FanPage do Pacatuba Em Foco

Mais Acessadas

APEOC

SERIPAN

SOARTE

RADIOSNET

Total de Transeuntes