~ Pacatuba Em Foco
Tecnologia do Blogger.

APEOC

Postagens Populares

Sample Text

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation test link ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate another link velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur.

Arquivo do blog

Categories

Definition List

Definition list
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.
Lorem ipsum dolor sit amet
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.

Pages

Support

Need our help to upload or customize this blogger template? Contact me with details about the theme customization you need.

Ordered List

  1. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  2. Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  3. Vestibulum auctor dapibus neque.

Unordered List

  • Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  • Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  • Vestibulum auctor dapibus neque.

Futebol Ao Vivo

Futebol Ao Vivo

Participe pelo Whatsapp 85 988 621 206
A presidente Dilma Rousseff veiculou na internet um pronunciamento de seis minutos e 39 segundos como alternativa ao que chegou a cogitar, para ser transmitido neste sábado(16), em rede nacional de rádio e TV – mas que, antes mesmo de ser judicialmente desautorizado, foi desaconselhado pelo ministro-chefe da Advocacia-Geral da União (AGU), José Eduardo Cardozo. No vídeo, postado no Youtube e no site do Partido dos Trabalhadores, Dilma volta a atacar a oposição e, em estocada nos parlamentares investigados na Operação Lava Jato, disse que não é mencionado em listas de propina de qualquer esquema de corrupção.

“Meu nome não está em nenhuma lista de propina. Tampouco sou suspeita de qualquer delito contra o bem comum. A denúncia contra mim em análise no Congresso Nacional não passa de uma fraude. A maior fraude jurídica e política da história de nosso país”, discursa Dilma, em referência indireta a listas como a que a Polícia Federal encontrou com um executivo da Odebrecht no fim de março – e que, como este site mostrou no dia 8 daquele mês, reúne mais de 300 nomes de 25 partidos, em que figuram 48 prefeitos, 33 vereadores e 23 deputados estaduais.

Em outro ponto do pronunciamento, Dilma se refere, sem citar nomes, aos artífices do que diz considerar “uma aventura golpista”. “Vejam quem está liderando este processo e o que propõem para o futuro do Brasil. Os golpistas já disseram que, se conseguirem usurpar o poder, será necessário impor sacrifícios à população brasileira. Com que legitimidade? Querem revogar direitos e cortar programas sociais como o Bolsa Família e o Minha Casa, Minha Vida”, acrescenta a presidente, em outra referência indireta – desta vez ao vice-presidente Michel Temer (PMDB), que vazou áudio em que, falando com se já fosse presidente da República, garantiu que não extinguiria programas como o Bolsa Família. “O que move os golpistas são os nossos acertos.”

Assista ao vídeo:


O rol de queixas também remete à eleição presidencial de 2014. “Desde que fui eleita, parte da oposição, inconformada, pediu a recontagem dos votos, tentou anular as eleições e passou a conspirar pelo impeachment. Os derrotados mergulharam o país em um estado permanente de instabilidade política, impedindo a recuperação da economia com o único objetivo de tomar à força o que não conquistaram nas urnas. Não há razão para o pedido de impeachment contra mim. Acusam-me sem nenhuma base legal”, emendou a presidente, acrescentando que não cometeu crime de responsabilidade ou se envolveu em corrupção ou desvio de dinheiro público.

A petista também sinaliza que, a despeito do risco de ser deposta pelo Congresso, rejeita a tese de renúncia. “O que está em jogo na votação do impeachment não é apenas o meu mandato, que pretendo defender e honrar até o último dia, conforme estabelecido na Constituição. O que está em jogo é o respeito à vontade soberana do povo brasileiro, o respeito às urnas”, arremata a presidente.

Vigília
 
A jornada de três dias até a votação final, no domingo (17), do relatório favorável ao impeachment de Dilma está a pleno vapor na Câmara. Desde a manhã desta sexta-feira (15), líderes de bancada e demais deputados se revezam em discurso em plenário contra e a favor da deposição presidencial. Mais de 100 deputados já discursaram em mais de 15 horas de sessão, ininterruptamente.

No transcorrer do dia, em meio às preparações para a sessão definitiva na Câmara, governo e oposição se movimentaram em busca de votos. Enquanto partidos punem e chegam a ameaçar parlamentares de expulsão caso votem a favor de Dilma, por outro lado governadores anti-impeachment estão em Brasília para tentar convencer conterrâneos a votar contra o processo.

A oposição precisa de 342 (2/3 dos deputados) para aprovar a continuidade do processo e enviá-lo ao Senado, a quem cabe a análise do conteúdo das denúncias. Com ausências e abstenções a lhe beneficiar, Dilma faz as contas para que ao menos 172 deputados votem contra a matéria, ao passo em que se mantém de olho nos diversos partidos da base (PP, PR, PSD, etc) que a abandonaram e trabalham para votar majoritariamente pelo impedimento.

http://congressoemfoco.uol.com.br/noticias/dilma-%E2%80%9Cmeu-nome-nao-esta-em-lista-de-propina%E2%80%9D/
←  Anterior Proxima  → Inicio

FanPage do Pacatuba Em Foco

Mais Acessadas

APEOC

SERIPAN

SOARTE

RADIOSNET

Total de Transeuntes