Turistas tiram golfinho da água na Argentina para fazer 'selfies' e matam animal ~ Pacatuba Em Foco
Tecnologia do Blogger.

APEOC

Postagens Populares

Sample Text

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation test link ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate another link velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur.

Arquivo do blog

Categories

Definition List

Definition list
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.
Lorem ipsum dolor sit amet
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.

Pages

Support

Need our help to upload or customize this blogger template? Contact me with details about the theme customization you need.

Ordered List

  1. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  2. Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  3. Vestibulum auctor dapibus neque.

Unordered List

  • Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  • Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  • Vestibulum auctor dapibus neque.

Futebol Ao Vivo

Futebol Ao Vivo

Participe pelo Whatsapp 85 988 621 206

Turistas tiram golfinho da água na Argentina para fazer 'selfies' e matam animal

Turistas matam golfinho ao tirá-lo da água para fazer sessão de fotos. Golfinho do tipo franciscana mede entre 1,30 e 1,70 metro e é encontrado apenas na Argentina, Uruguai e Brasil; espécie está ameaçada de extinção

A fundação argentina Vida Silvestre denunciou que um golfinho morreu na cidade de Santa Teresita, na província de Buenos Aires, após ter sido removido da água por turistas para que tirassem fotos, conforme divulgado nesta terça-feira (16/02).

Segundo a fundação, há pelo menos dois registros de golfinhos do tipo franciscana — um dos menores do mundo, que mede entre 1,30 e 1,70 metro — sendo tirados da água por banhistas que posavam com os animais na praia. A entidade confirma que pelo menos um dos animais morreu poucos minutos depois e seu corpo foi deixado na areia.

“O franciscana, como outros golfinhos, não pode ficar muito tempo fora da água. Tem a pele muito grossa e gordurosa que, fora da água, rapidamente provoca desidratação e morte”, explicou a Vida Silvestre por comunicado.

O golfinho franciscana, ou golfinho-do-rio-da-prata, é uma espécie em extinção e só é encontrado na Argentina, Uruguai e Brasil. De acordo com a União Internacional para a Conservação da Natureza, devem existir menos de 30 mil golfinhos na costa argentina.

“Esta ocasião serve para informar a população sobre a necessidade urgente de devolver esses golfinhos ao mar quando encontrarem um na praia. É fundamental que as pessoas ajudem no resgate desses animais”, disse a fundação.

Já a Fundação Mundo Marinho esclareceu, em nota divulgada no último dia 13 de fevereiro e republicada hoje no Facebook, que quando sua equipe chegou ao local, o golfinho já não estava e, segundo relato de banhistas, o animal teria sido levado para mar adentro por um grupo de pessoas. A organização reforça que em casos como esse é preciso entrar em contato com entidades especializadas para socorrer os animais e não entrar em contato com eles.

←  Anterior Proxima  → Inicio

FanPage do Pacatuba Em Foco

Mais Acessadas

APEOC

SOARTE

RADIOSNET