Médicos cubanos zeram mortalidade infantil em município do Piauí ~ Pacatuba Em Foco
Tecnologia do Blogger.

APEOC

Postagens Populares

Sample Text

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation test link ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate another link velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur.

Arquivo do blog

Categories

Definition List

Definition list
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.
Lorem ipsum dolor sit amet
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.

Pages

Support

Need our help to upload or customize this blogger template? Contact me with details about the theme customization you need.

Ordered List

  1. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  2. Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  3. Vestibulum auctor dapibus neque.

Unordered List

  • Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  • Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  • Vestibulum auctor dapibus neque.

Futebol Ao Vivo

Futebol Ao Vivo

Participe pelo Whatsapp 85 988 621 206

Médicos cubanos zeram mortalidade infantil em município do Piauí

Mais precisamente, são os médicos cubanos Omar Diaz e Olívia Rodriguez Gonzalez. Eles exercem a Medicina que Hipócrates ensinou.

Os médicos cubanos são professores no curso de Medicina da Universidade Che Guevara. Em tempo: em Cuba não se vende diploma de Medicina, como se vende no Brasil.

E qual a diferença?

A diferença é que, na escola particular, o critério de aprovação é o carnê de pagamento em dia. Ninguém reprova um aluno que está em dia com a mensalidade – senão, o pai o retira da escola.

E aí, já se viu como é…

Domingo, o Fantástico denunciou que 500 mil pacientes morrem no Brasil todos os anos devido a erros médicos e contaminação hospitalar.

Interessante é que 10 mil e 500 médicos cubanos estão trabalhando no Brasil e nenhum caso de erro médico e morte de pacientes assistidos por eles foi registrado.

Milagre?

Vale ressaltar que os médicos cubanos estão trabalhando em 17 Países simultaneamente sem um registro sequer de negligência ou erro médico.

Alguém pode explicar isso?

←  Anterior Proxima  → Inicio

FanPage do Pacatuba Em Foco

Mais Acessadas

APEOC

SERIPAN

SOARTE

RADIOSNET

Total de Transeuntes