Globo e “musa golpista” sofrem no carnaval ~ Pacatuba Em Foco
Tecnologia do Blogger.

APEOC

Postagens Populares

Sample Text

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation test link ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate another link velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur.

Arquivo do blog

Categories

Definition List

Definition list
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.
Lorem ipsum dolor sit amet
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.

Pages

Support

Need our help to upload or customize this blogger template? Contact me with details about the theme customization you need.

Ordered List

  1. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  2. Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  3. Vestibulum auctor dapibus neque.

Unordered List

  • Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  • Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  • Vestibulum auctor dapibus neque.

Futebol Ao Vivo

Futebol Ao Vivo

Participe pelo Whatsapp 85 988 621 206

Globo e “musa golpista” sofrem no carnaval

Por Altamiro Borges

Nem tudo é diversão e alegria neste carnaval. Alguns tiveram que pagar por seus pecados na festança pagã. Que o diga a TV Globo. Em várias locais, a emissora foi hostilizada por foliões que discordam das suas práticas golpistas e manipuladoras. Na manhã de domingo (7), durante a cobertura do bloco "Cordão do Boitatá", um dos mais tradicionais do Rio de Janeiro, a equipe de jornalismo da emissora ficou constrangida com a resposta de um homem a uma tentativa de entrevista, ao vivo, da repórter da GloboNews: "Ali Kamel é um nazista. Eu não falo com a Globo", afirmou o folião nada alienado.

A repórter Cecília Flesch ainda tentou contornar o ridículo: "Ihh, o pessoal não gosta da Globo. Aí fica difícil. Vamos tentar arrumar outros entrevistados", afirmou, encerrando a matéria e devolvendo a palavra ao estúdio, onde a declaração foi ignorada. E esta não foi a única cena de constrangimento para o império global. Segundo relato da revista Fórum, no sábado, também no Rio de Janeiro, houve uma situação semelhante. "Uma foliã, ao ser questionada pelo repórter da emissora, também ao vivo, disparou: 'Ei, Rede Globo, vai tomar no cu', e saiu sorrindo. A transmissão foi interrompida na hora". A máscara da emissora, que inferniza diariamente os telespectadores, não resistiu ao carnaval.

O oportunismo desnudado

A poderosa TV Globo, porém, não foi a única desmascarada na festança. A "musa do impeachment" Juliana Isen, que ficou famosa ao ficar nua nas marchas golpistas do ano passado e já anunciou a sua candidatura a vereadora, também foi desnudada no seu oportunismo. No segundo dia dos desfiles do Grupo Especial de São Paulo, no sábado (6), ela perdeu a pose. Desfilando como destaque da Unidos do Peruche, "Ju" Isen foi expulsa pelo presidente da Liga das Escolas de Samba depois de tirar a sua fantasia no meio da passarela, o que pode prejudicar a escola na pontuação do carnaval paulista.

Segundo reportagem da revista Fórum, "a atitude da modelo foi um protesto por ter sido proibida pela escola a usar um tapa-sexo com a caricatura da presidenta Dilma. De acordo com Sidney de Moraes, presidente da agremiação, a Unidos do Peruche não queria fazer apologia ao impeachment e, por isso, proibiu a modelo de desfilar usando o adereço. Ele contou ao portal UOL que Isen 'já vinha dando problemas durante os ensaios técnicos' e que estuda processá-la. 'Ela não poderia ter desfilado nua. Foi convidada, mas assinou contrato com determinados termos a serem seguidos', afirmou".

 
←  Anterior Proxima  → Inicio

FanPage do Pacatuba Em Foco

Mais Acessadas

APEOC

SERIPAN

SOARTE

RADIOSNET

Total de Transeuntes