Delator afirma que governo de SP cancelou contrato para forçar propina ~ Pacatuba Em Foco
Tecnologia do Blogger.

APEOC

Postagens Populares

Sample Text

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation test link ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate another link velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur.

Arquivo do blog

Categories

Definition List

Definition list
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.
Lorem ipsum dolor sit amet
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.

Pages

Support

Need our help to upload or customize this blogger template? Contact me with details about the theme customization you need.

Ordered List

  1. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  2. Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  3. Vestibulum auctor dapibus neque.

Unordered List

  • Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  • Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  • Vestibulum auctor dapibus neque.

Futebol Ao Vivo

Futebol Ao Vivo

Participe pelo Whatsapp 85 988 621 206

Delator afirma que governo de SP cancelou contrato para forçar propina

Atual presidente da Assembleia Legislativa, Fernando Capez (PSDB), e secretário estadual de Logística e de Transportes, Duarte Nogueira, são acusados de participação em esquema de fraude nos contratos ligados à merenda escolar do estado

De acordo com o ex-presidente da Coaf (Cooperativa Orgânica Agrícola Familiar) Cássio Chebabi, a Secretaria da Educação do governo Geraldo Alckmin (PSDB) cancelou um contrato com a entidade para pressioná-lo a pagar propina. A informação foi dada ao Ministério Público durante a investigação que aponta para um esquema de fraude em merenda escolar em São Paulo.

Chebabi afirmou que a cooperativa venceu, sem licitação, uma chamada pública para fornecer cerca de R$ 13 milhões em suco de laranja para a merenda da rede estadual. Porém, logo depois o governo cancelou o contrato. Em seu depoimento, o ex-presidente da Coaf disse que coube a Marcel Ferreira Julio, um dos operadores do esquema, a função de ligar para o deputado Fernando Capez (PSDB), atual presidente da Assembleia Legislativa, para resolver a questão.

Mas, para isso, teria sido necessário fazer um acordo e pagar um percentual, o que foi aceito pelo delator. O secretário estadual de Logística e de Transportes Duarte Nogueira também foi acusado de ser beneficiário da propina de 10% sobre os contratos da Secretaria de Educação. Todos os envolvidos negam qualquer participação no caso.

←  Anterior Proxima  → Inicio

FanPage do Pacatuba Em Foco

Mais Acessadas

APEOC

SOARTE

RADIOSNET