Cunha manobra de novo e troca relator da cassação ~ Pacatuba Em Foco
Tecnologia do Blogger.

APEOC

Postagens Populares

Sample Text

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation test link ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate another link velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur.

Arquivo do blog

Categories

Definition List

Definition list
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.
Lorem ipsum dolor sit amet
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.

Pages

Support

Need our help to upload or customize this blogger template? Contact me with details about the theme customization you need.

Ordered List

  1. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  2. Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  3. Vestibulum auctor dapibus neque.

Unordered List

  • Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  • Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  • Vestibulum auctor dapibus neque.

Futebol Ao Vivo

Futebol Ao Vivo

Participe pelo Whatsapp 85 988 621 206

Cunha manobra de novo e troca relator da cassação

Um dia depois de tentar impor um golpe na votação do impeachment, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) voltou a debochar do País ao promover a troca do relator de seu processo na Comissão de Ética da Casa.

Por determinação da Mesa Diretora, o presidente do colegiado, deputado José Carlos Araújo (PSD-BA), nomeou Zé Geraldo (PT-PA) para o lugar de Fausto Pinato (PRB-SP).

O petista se disse surpreendido com a mudança, mas afirmou que "encampa" na íntegra o relatório apresentado por Pinato, que defende a admissibilidade da investigação contra Cunha.

Pinato disse respeitar a decisão da Mesa Diretora, mas que não concorda. "A imparcialidade assusta", afirmou, pedindo a Araújo que recorra da decisão no plenário.

Como demonstra o colunista Paulo Moreira Leite, Eduardo Cunha representa um perigo para a sociedade brasileira (leia mais).

Leia abaixo reportagem da Agência Câmara e Agência Brasil:

Presidente do Conselho de Ética designa deputado Zé Geraldo como novo relator

O presidente do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar, deputado José Carlos Araújo (PSD-BA), nomeou o deputado Zé Geraldo (PT-PA) como novo relator do processo contra o presidente Eduardo Cunha.

Segundo Araújo, ele acatou a decisão do primeiro vice-presidente da Câmara, deputado Waldir Maranhão (PP-MA), de afastar o relator, deputado Fausto Pinato (PRB-SP). "Renovo a confiança no deputado Fausto Pinato, na certeza que ele agiu da melhor forma possível, honrando este Conselho". Araújo afirmou que vai recorrer ainda hoje ao Plenário da Casa.

Pinato agradeceu a confiança e pediu que Araújo recorra da decisão. "A imparcialidade assusta muito e a falta de coragem de fazer uma defesa assusta também", disse.

O novo relator do processo contra Eduardo Cunha, deputado Zé Geraldo (PT-PA), se disse surpreendido com a mudança e afirmou que vai manter a integralidade do relatório apresentado pelo relator afastado por decisão da Mesa, que pede a admissibilidade do processo contra Cunha.

Esta é a sexta sessão do Conselho de Ética que tenta votar o relatório de Pinato. Ontem, após uma série de falas de parlamentares, teve início a ordem do dia no plenário, impedindo que qualquer votação no conselho fosse iniciada.

Também ontem, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso negou pedido da defesa de Cunha para substituir Pinato na relatoria. De acordo com Barroso, essa não é uma questão constitucional, e sim do Regimento Interno da Câmara.

Hoje, o presidente do Conselho de Ética tentou evitar o reinício do debate sobre a substituição da relatoria. No entanto, o deputado Manoel Júnior (PMDB-PB) apresentou um requerimento para adiar os trabalhos, até que a questão fosse definida.

O pedido de cassação do mandato de Cunha foi protocolado no dia 13 de outubro pelo PSOL e a Rede. Cunha foi denunciado ao STF por suspeita de ter recebido US$ 5 milhões em propina, no esquema investigado pela Operação Lava Jato.

O pedido se baseia em documento encaminhado pela Procuradoria-Geral da República (PGR), atestando como verdadeiras as informações de que Cunha e parentes dele têm contas na Suíça e que teriam recebido dinheiro, fruto do pagamento de propina em contratos da Petrobras. O parlamentar nega e diz que os recursos no exterior vêm de negócios de venda de carne no continente Africano.

https://www.brasil247.com/pt/247/brasilia247/208809/Conselho-de-%C3%89tica-troca-relator-do-caso-Cunha.htm

←  Anterior Proxima  → Inicio

FanPage do Pacatuba Em Foco

Mais Acessadas

APEOC

SERIPAN

SOARTE

RADIOSNET

Total de Transeuntes