Os 39 kg de cocaína de Escobar versus a meia tonelada do helicoca. Por Paulo Nogueira ~ Pacatuba Em Foco
Tecnologia do Blogger.

APEOC

Postagens Populares

Sample Text

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation test link ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate another link velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur.

Arquivo do blog

Categories

Definition List

Definition list
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.
Lorem ipsum dolor sit amet
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.

Pages

Support

Need our help to upload or customize this blogger template? Contact me with details about the theme customization you need.

Ordered List

  1. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  2. Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  3. Vestibulum auctor dapibus neque.

Unordered List

  • Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  • Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  • Vestibulum auctor dapibus neque.

Futebol Ao Vivo

Futebol Ao Vivo

Participe pelo Whatsapp 85 988 621 206

Os 39 kg de cocaína de Escobar versus a meia tonelada do helicoca. Por Paulo Nogueira

Por : Paulo Nogueira

Juntos.

Reflitamos juntos.

Pablo Escobar virou celebridade na Colômbia quando foi apanhado com 39 quilos de cocaína.

A imprensa colombiana notou: havia um novo rei do tráfico no país.

No Brasil, o helicóptero de um senador é apanhado com meia tonelada de pasta de cocaína e, bem, e não acontece nada.

A Polícia Federal, tão operosa e tão espetaculosa quando se trata de vazar informações ou pseudoinformações e de prender os suspeitos de sempre, não esclarece nada.

E a imprensa tratou o assunto como se tivesse sido encontrada meia tonelada de pasta de amendoim. (O único esforço de reportagem foi do DCM. Graças à contribuição de seus leitores, pudemos investigar o caso. Produzimos um documentário que pode ser visto aqui. O responsável pelos trabalhos, Joaquim Carvalho, está agora investigando a Lista de Furnas, e outra vez pedimos sua ajuda para financiar a reportagem.)

Em suma: 39 quilos semearam a fama mundial de Escobar. Meia tonelada semeou coisa nenhuma.

Há uma única razão para isso.

É que o dono do helicóptero, o senador Perrela, é amigo de Aécio.

Blindagens se transmitem.

E amigo de baladas, como mostram fotos em que os dois não estão exatamente sóbrios.

O silêncio criminoso da mídia sobre o helicoca veio em hora boa para Aécio, em plena campanha presidencial.

Isso tem que ser lembrado sempre: Aécio conseguiu perder mesmo com uma operação fabulosa de favorecimento pela imprensa.

Mas o helicoca sobreviveu na mente e na consciência de quem não se deixa manipular por jornais e revistas altamente comprometidos.

Na semana passada, Luciana Genro evocou-o numa treta no Twitter com Feliciano.

Luciana defende, com razão, a descriminalização das drogas. Pablos Escobares nascem exatamente da guerra às drogas.

Ela expôs sua tese no Twitter. E afirmou que há traficantes até no Congresso.

Feliciano pediu que ela explicasse isso. E ela citou o helicóptero do senador Perrela.

O resultado é que quem está tendo dor de cabeça com o helicóptero não é seu dono, mas Luciana.

A Câmara decidiu interpelá-la judicialmente, por iniciativa de Feliciano e com o apoio de Eduardo Cunha.

E então nós ficamos assim.

Menos de 40 quilos consagraram o banditismo histórico de Pablo Escobar – cuja história você pode ver na brilhante série Narcos, da Netflix.

Meia tonelada de pasta consagrou a impunidade de um certo grupo privilegiado de brasileiros para os quais pau que bate em Chico não bate em Francisco.

Sobrou para Luciana Genro.

http://www.diariodocentrodomundo.com.br/os-39-kg-de-cocaina-de-escobar-versus-a-meia-tonelada-do-helicoca-por-paulo-nogueira/

←  Anterior Proxima  → Inicio

FanPage do Pacatuba Em Foco

Mais Acessadas

APEOC

SERIPAN

SOARTE

RADIOSNET

Total de Transeuntes