As preciosas reflexões de Xico Sá sobre a imprensa, a Justiça e Sérgio Moro. ~ Pacatuba Em Foco
Tecnologia do Blogger.

APEOC

Postagens Populares

Sample Text

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation test link ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate another link velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur.

Arquivo do blog

Categories

Definition List

Definition list
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.
Lorem ipsum dolor sit amet
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.

Pages

Support

Need our help to upload or customize this blogger template? Contact me with details about the theme customization you need.

Ordered List

  1. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  2. Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  3. Vestibulum auctor dapibus neque.

Unordered List

  • Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  • Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  • Vestibulum auctor dapibus neque.

Futebol Ao Vivo

Futebol Ao Vivo

Participe pelo Whatsapp 85 988 621 206

As preciosas reflexões de Xico Sá sobre a imprensa, a Justiça e Sérgio Moro.

Por Paulo Nogueira

Xico Sá é um exemplar do jornalista ideal: imparcial e apartidário. Ninguém pode acusá-lo de ser patrocinado pelo PT, ou por que partido seja. Ele é patrocinado, caso raro no jornalismo brasileiro moderno, pela própria consciência.

ADVERTISEMENT

Fora estes atributos, é um sujeito inteligente, agudo, sagaz. E franco.

Por isso tudo, deve-se ouvi-lo com atenção.

Poucas vozes captam com tamanha precisão o estado da mídia brasileira. Não só da mídia, a rigor – mas da cena política nacional.

Nas últimas horas, Xico Sá produziu alguns haicais – como eram conhecidos os poemas sintéticos japoneses – que jogam luzes nas sombras da Lava Jato.

Ele os postou no Twitter.

Grande juiz Moro/ só no cu fácil da vaca/ jamais no cu do touro.

Clap, clap, clap. De pé.

Mil linhas que você pode escrever não substituem o haikai de Xico Sá.

Mais que um poema, é um lamento, um manifesto pungente, um grito de indignação pelo que está acontecendo no Brasil.

Que Justiça é esta? Que mídia é esta?

Ninguém pode acusar Xico Sá de ser petista, torcedor, militante.

Ele é apenas um jornalista honrado que se cansou de ver tanta sujeira no país em favor da plutocracia.

Ele vem, aos poucos, no Twitter, mostrando bastidores da mídia que o grande público ignora.

Contou nesta terça, por exemplo, que em seus tempos de jovem repórter havia dois personagens “indenunciáveis”.

Quer dizer: nenhum jornalista podia falar mal deles que o patrão não deixava.

Eram Serra e Romeu Tuma. Serra é Serra e Tuma, “grande fonte” de Xico, foi um homem poderoso na polícia.

Por que Tuma era blindado?

Segundo Xico, por gratidão pelos serviços prestados. Tuma foi vital, na narrativa de Xico, para que as empresas de jornalismo importassem equipamentos para as redações a partir de 1975.

Sem pagar impostos.

Alguns tuítes de Xico sobre o tema:

1) “O bravo Tuma importou ilegalmente os equipamentos para o Brasil.”

2) “Que tal pedir para a mídia metida a honesta que apresenta nota fiscal do equipamento importado de 1975 para cá?”

3) “O maior personagem da mídia brasileira é Romeu Tuma, minha grande fonte. Importou os equipamentos para Estadão, Globo e Folha.”

Você tem que ser muito cínico, hoje, para trabalhar nas grandes corporações de mídia.

Xico Sá não aguentou.

Ainda bem para a sociedade, que por ele pode saber de coisas que permaneriam escondidas por toda a eternidade.

http://www.diariodocentrodomundo.com.br/as-preciosas-reflexoes-de-xico-sa-sobre-a-imprensa-a-justica-e-sergio-moro-por-paulo-nogueira/

←  Anterior Proxima  → Inicio

FanPage do Pacatuba Em Foco

Mais Acessadas

APEOC

SOARTE

RADIOSNET