Maia diz que decisão do STF de cassar mandatos é ‘precária’ e deve recorrer ~ Pacatuba Em Foco
Tecnologia do Blogger.

APEOC

Postagens Populares

Sample Text

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation test link ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate another link velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur.

Arquivo do blog

Categories

Definition List

Definition list
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.
Lorem ipsum dolor sit amet
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.

Pages

Support

Need our help to upload or customize this blogger template? Contact me with details about the theme customization you need.

Ordered List

  1. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  2. Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  3. Vestibulum auctor dapibus neque.

Unordered List

  • Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  • Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  • Vestibulum auctor dapibus neque.

Futebol Ao Vivo

Futebol Ao Vivo

Participe pelo Whatsapp 85 988 621 206

Maia diz que decisão do STF de cassar mandatos é ‘precária’ e deve recorrer

Presidente da Câmara evitou dizer que não cumprirá a determinação do Supremo, mas reiterou que a prerrogativa para perda de mandato é da Casa Legislativa

O presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), disse nesta segunda-feira que a instituição deve entrar com recurso contra a decisão tomada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) de cassar os mandatos dos três deputados condenados no julgamento do mensalão. Maia, no entanto, afirmou que esses recursos só poderão ser apresentados depois da publicação do acordão, prevista para o início do próximo ano.

Mensalão: STF decide cassar mandato de condenados e abre crise com a Câmara

Confira a cobertura completa do iG sobre o julgamento do mensalão

Câmara: Líderes contestam decisão do STF de cassar mandato

O presidente da Câmara disse ainda que a decisão tomada pelo STF é “precária” e insistiu na tese de que a prerrogativa para a cassação é “de competência da Câmara ou do Senado”. “Foi uma decisão precária, de 5 a 4 (placar no STF) . Além disso, não foi tomada de forma direta”, afirmou referindo-se ao fato de que a determinação não tem efeitos práticos imediatos e só passará a valer após o trânsito em julgado da sentença.

Alan Sampaio / iG Brasília

Marco Maia, presidente da Câmara, critica decisão do STF sobre perda de mandato e diz que deve recorrer

Recado à Câmara: STF tem 'monopólio da última palavra', diz Celso de Mello

Barbosa sobre mensalão: ‘STF não deve chamar para si processo desse tamanho’

Maia evitou afirmar que não cumprirá a decisão, como fez anteriormente, e também informou que se encontrou com o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AO), uma vez que a decisão afeta as duas Casas. “Vamos continuar cumprindo a Constituição de forma radical sem casuísmos. Vamos cumprir a Constituição que foi aprovada pela Câmara e pelo Senado em 1988”, disse o presidente da Câmara.

Alan Sampaio / iG Brasília

Marco Maia se reúne com Sarney após decisão do STF

Por 4 votos a 5, a decisão foi confirmada hoje (17) pelo STF , com a leitura do voto do ministro Celso de Mello. Com isso, devem perder os mandatos os deputados federais Valdemar Costa Neto (PR-SP), João Paulo Cunha (PT-SP) e Pedro Henry (PP-MT), condenados à prisão no julgamento do mensalão.

Leia também:  Resultado do mensalão deve ser publicado em 2013, diz ministra do STF

Na sessão do julgamento do mensalão, o decano do Supremo, o ministro Celso de Mello defendeu o "monopólio da última palavra" em seu voto para que a Câmara dos Deputados apenas declare a perda de mandatos dos deputados condenados no processo do mensalão. Sem citar as declarações de Maia, ele afirmou que eventual descumprimento da decisão poderia significar crime de prevaricação .

 

http://ultimosegundo.ig.com.br/politica/2012-12-17/maia-diz-que-decisao-do-stf-de-cassar-mandatos-e-precaria-e-deve-recorrer.html

←  Anterior Proxima  → Inicio

FanPage do Pacatuba Em Foco

Mais Acessadas

APEOC

SOARTE

RADIOSNET