VEJA SUGERE QUE ODAIR DENUNCIE PT AO STF ~ Pacatuba Em Foco
Tecnologia do Blogger.

APEOC

Postagens Populares

Sample Text

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation test link ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate another link velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur.

Arquivo do blog

Categories

Definition List

Definition list
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.
Lorem ipsum dolor sit amet
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.

Pages

Support

Need our help to upload or customize this blogger template? Contact me with details about the theme customization you need.

Ordered List

  1. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  2. Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  3. Vestibulum auctor dapibus neque.

Unordered List

  • Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  • Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  • Vestibulum auctor dapibus neque.

Futebol Ao Vivo

Futebol Ao Vivo

Participe pelo Whatsapp 85 988 621 206

VEJA SUGERE QUE ODAIR DENUNCIE PT AO STF

O caminho da salvação para o deputado Odair Cunha (PT-MG), que relatou a CPI do caso Cachoeira, seria denunciar as supostas pressões que sofreu da "falconaria petista" para que o jornalista Policarpo Júnior fosse denunciado por formação de quadrilha. Segundo a revista, Odair pode sair "engrandecido do episódio" denunciando a "coerção que sofreu". Veja diz ainda que no "coração e mente dos brasileiros de bem sempre cabe mais um Joaquim Barbosa";  e, então, Odair, vai recuar?

: Veja quer conquistar o coração do deputado Odair Cunha (PT-MG), relator da CPI do caso Cachoeira. Como se sabe, o esquema Cachoeira nasceu a partir de jogos ilegais, nas bancas de bicho, e se diversificou. Até recentemente, envolvia uma das maiores empreiteiras do País, o senador que posava como paladino da ética e a maior revista semanal do País.

Cachoeira, que comandava um esquema de grampos clandestinos, ajudava a produzir escândalos, onde o ponto central era o interesse da Delta – e não o interesse público. Foi assim, por exemplo, quando o bicheiro comemorou ter colocado no r… do Pagot (Luiz Antônio Pagot, ex-diretor do Dnit), quando uma reportagem de Veja ajudou a derrubá-lo.

Nesse esquema, Cachoeira levantava as informações, muitas vezes passando por cima das leis (como na invasão de privacidade do Hotel Naoum), Veja publicava e Demóstenes Torres fazia barulho no Congresso. Um dos alvos da turma, o governador Agnelo Queiroz, do Distrito Federal, foi alvo de denúncias em série de Veja, plantadas por Cachoeira, e de pedidos de impeachment feitos pelo ex-senador Demóstenes Torres. Tudo concatenado.

Dada a abrangência da parceria, Odair Cunha sugeriu à comissão, em seu relatório final, que Policarpo seja indiciado por formação de quadrilha – artigo 288 do Código Penal. Numa reação avassaladora, no entanto, diversos parlamentares da oposição e veículos de comunicação se fecharam na defesa do diretor de Veja (leia mais Mídia Proclama: "Somos todos Policarpos").

Odair, certamente, terá dificuldades para aprovar seu relatório. Mas Veja quer que ele recue, retirando o nome não só de Policarpo, como também do procurador-geral da República, Roberto Gurgel, que segundo um dos principais integrantes da quadrilha de Cacheira, o ex-senador Demóstenes Torres, prevaricou (leia mais aqui).

Em sua reportagem da semana sobre o caso, Veja diz que Policarpo não fez nada demais - e que, portanto, a relação de parceria entre a revista e um contraventor que se vale de grampos ilegais, intimidação e chantagem é normal. Afirma ainda que Odair fez um relatório duro, contra a sua vontade, apenas porque foi pressionado pela "falconaria petista", liderada pelo presidente da legenda, Rui Falcão. Se não o fizesse, Odair seria transformado num "pária" dentro do partido.

Veja ainda não transformou o relator no inimigo público número 1 da revista. Ele ainda tem uma salvação. Segundo a revista, Odair pode sair "engrandecido do episódio" denunciando a "coerção que sofreu". Veja diz ainda que no "coração e mente dos brasileiros de bem sempre cabe mais um Joaquim Barbosa".

A bola está com o relator.

 

http://www.brasil247.com/+w6ctl

←  Anterior Proxima  → Inicio

FanPage do Pacatuba Em Foco

Mais Acessadas

APEOC

SERIPAN

SOARTE

RADIOSNET