Reunião tenta pôr fim aos conflitos na República Democrática do Congo ~ Pacatuba Em Foco
Tecnologia do Blogger.

APEOC

Postagens Populares

Sample Text

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation test link ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate another link velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur.

Arquivo do blog

Categories

Definition List

Definition list
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.
Lorem ipsum dolor sit amet
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.

Pages

Support

Need our help to upload or customize this blogger template? Contact me with details about the theme customization you need.

Ordered List

  1. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  2. Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  3. Vestibulum auctor dapibus neque.

Unordered List

  • Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  • Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  • Vestibulum auctor dapibus neque.

Futebol Ao Vivo

Futebol Ao Vivo

Participe pelo Whatsapp 85 988 621 206

Reunião tenta pôr fim aos conflitos na República Democrática do Congo

O presidente da República Democrática do Congo, Joseph Kabila, começou uma reunião neste sábado com líderes da região em Kampala, na Uganda, para tentar acabar com o conflito iniciado por militares insurgentes nesta semana.

Na terça (21), os rebeldes do grupo M23 tomaram a cidade de Goma, na Província de Kivu, no leste do país, e começaram uma ofensiva que terminou com o domínio de toda a parte leste do país. Em meio aos confrontos, centenas de militares também desertaram.

Na reunião, se encontrarão os líderes de onze países da região que formam o chamado bloco da região dos Grandes Lagos, na região central africana. Dentre eles, estarão os presidentes de Uganda, Yoweri Museveni, e do Burundi, Pierre Nkurunziza. Os dois países são acusados por Kabila de apoiar os rebeldes.

A mesma reclamação do governo congolês é feita sobre Ruanda, cujo presidente, Paul Kagame, não irá ao evento. Ele será representado pela chanceler Louise Mushikiwabo. Ambos os países negam que apoiam os rebeldes.

O chefe do braço político do grupo rebelde M23, Jean-Marie Runiga, também está em Uganda, mas ainda não se sabe se negociará diretamente a trégua com Kabila.

MILITARES REBELDES

O M23 é formado por soldados congoleses amotinados e supostamente fiéis ao rebelde Bosco Ntaganda, procurado pelo Tribunal Penal Internacional (TPI) por crimes de guerra e contra a humanidade.

Os rebeldes, que nos últimos dias intensificaram sua ofensiva, se sublevaram em abril para protestar pela perda de poder que o Executivo de Kinshasa tinha imposto a seu líder, e reivindicam novas negociações com o governo.

O país está imerso ainda em um frágil processo de paz após a segunda guerra do Congo (1998-2003), que envolveu vários países africanos, e tem desdobrada a maior missão de paz da ONU (Organização das Nações Unidas).

No entanto, as tropas internacionais não interferiram no conflito, o que gerou duras críticas dos congoleses, de outros países africanos e da União Europeia.

 

http://www1.folha.uol.com.br/mundo/1190702-reuniao-tenta-por-fim-aos-conflitos-na-republica-democratica-do-congo.shtml

←  Anterior Proxima  → Inicio

FanPage do Pacatuba Em Foco

Mais Acessadas

APEOC

SOARTE

RADIOSNET