ONG cria site só para Notícias censuradas ~ Pacatuba Em Foco
Tecnologia do Blogger.

APEOC

Postagens Populares

Sample Text

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation test link ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate another link velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur.

Arquivo do blog

Categories

Definition List

Definition list
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.
Lorem ipsum dolor sit amet
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.

Pages

Support

Need our help to upload or customize this blogger template? Contact me with details about the theme customization you need.

Ordered List

  1. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  2. Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  3. Vestibulum auctor dapibus neque.

Unordered List

  • Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  • Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  • Vestibulum auctor dapibus neque.

Futebol Ao Vivo

Futebol Ao Vivo

Participe pelo Whatsapp 85 988 621 206

ONG cria site só para Notícias censuradas

Notícias proibidas por governos, em qualquer lugar do planeta, contam desde esta terça-feira (27) com uma “zona livre” em que poderão ser automaticamente divulgadas. É o site We Fight Censorship (“Nós Combatemos a Censura”), abrigado no portal da ONG Repórteres Sem Fronteira. De início, as notícias serão publicadas em francês, inglês e na língua original, se for outra.
Christophe Deloire, diretor-geral da RSF, define o site como “um instrumento de dissuasão”, para forçar os governos autoritários a respeitar a liberdade de informação, “que é a liberdade que possibilita a existência de todas as outras”. Ele explica sua missão: “Queremos demonstrar que prender o autor de um artigo, confiscar os exemplares de um jornal ou bloquear o acesso a um site de vídeos não evitará que o conteúdo em questão dê a volta ao mundo.”
Para tornar possível a ideia, a RSF, que tem 150 repórteres nos cinco continentes, criou uma espécie de caixa-forte digital protegida, para a qual um jornalista - ou qualquer outra fonte - pode enviar anonimamente conteúdos candidatos à divulgação. Um “kit de sobrevivência digital” terá programas em código criptografado para proteger as fontes.
O site (cujo endereço é www.wefightcensorship.org) já está no ar em teste, há duas semanas e traz notícias censuradas de Eritréia, Irã, Chade e Belarus. Cobrado sobre como filtrar as notícias, Deloire garantiu: “Não seremos um WikiLeaks-2”.

http://www.otempo.com.br/noticias/ultimas/ong-cria-site-so-para-noticias-censuradas

←  Anterior Proxima  → Inicio

FanPage do Pacatuba Em Foco

Mais Acessadas

APEOC

SOARTE

RADIOSNET