Nome do mascote da Copa causa controvérsia ~ Pacatuba Em Foco
Tecnologia do Blogger.

APEOC

Postagens Populares

Sample Text

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation test link ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate another link velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur.

Arquivo do blog

Categories

Definition List

Definition list
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.
Lorem ipsum dolor sit amet
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.

Pages

Support

Need our help to upload or customize this blogger template? Contact me with details about the theme customization you need.

Ordered List

  1. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  2. Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  3. Vestibulum auctor dapibus neque.

Unordered List

  • Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  • Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  • Vestibulum auctor dapibus neque.

Futebol Ao Vivo

Futebol Ao Vivo

Participe pelo Whatsapp 85 988 621 206

Nome do mascote da Copa causa controvérsia

Mais de 1,7 milhão de internautas votaram e a mascote da Copa de 2014 foi batizada. Nada de Zuzeco ou Amijubi: o nome do tatu-bola é Fuleco. E está longe de ser unanimidade.

Nas ruas, redes sociais e sites de notícias, não é muito difícil detectar o estranhamento do público quando o nome é pronunciado. “Que vergonha e mal gosto a escolha do nome da mascote. É muita falta de criatividade e desrespeito com nossa pátria”, comentou Alan Alves, no Portal Esportes O POVO. Em nota oficial lançada no site da entidade, a Fifa reforçou o conceito sustentável que embasa o Fuleco. União das palavras “futebol” e “ecologia”, representadas por um animal que corre risco de extinção. Mas, ainda assim, de nada evitou a chacota por parte dos leitores, que usaram o próprio portal da entidade para criticar a ação.

Para o publicitário Getsêmane Machado, a escolha do tatu-bola como mascote foi acertada. Mas a ideia do nome foi um equívoco. “Se existe essa ideia de comunicação passando pela ecologia, poderia ser potencializada. Perguntar ao público comum e checar se ele identificaria isso no nome, por exemplo. Da forma como foi feito, pareceu apenas um pretexto forçado”, analisou.

ONG aprovou o nome

A Associação Caatinga, organização não-governamental que sugeriu o tatu-bola para mascote da Copa, gostou do nome. Segundo a coordenadora técnica da ONG, Liana Sena, Fuleco contempla o trabalho feito em prol da espécie. “Lançamos a campanha com essa intenção, para conscientização ambiental de todo mundo. Nosso desejo é que esse símbolo ajude ao nosso projeto de conservação dos tatus-bola”, disse.

 

http://www.opovo.com.br/app/opovo/esportes/2012/11/27/noticiaesportesjornal,2960961/fuleco-o-controverso.shtml

←  Anterior Proxima  → Inicio

FanPage do Pacatuba Em Foco

Mais Acessadas

APEOC

SERIPAN

SOARTE

RADIOSNET

Total de Transeuntes